Concursos abertos somam 27636 vagas

Concursos previstos podem abrir até 13142 vagas

Ministério da Fazenda encerra inscrições do concurso aberto em 2014 para 1.026 vagas no dia 16 de fevereiro

Escola de Administração Fazendária - ESAF recebe inscrições do concurso para Assistente Técnico-Administrativo do Ministério da Fazenda até o próximo domingo. São 1.026 vagas para candidatos de nível médio com salário inicial de R$ 3.050,82. A lotação se dará nos estados de AC, AL, AP, BA, CE, SE, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, RO, RR, SC, SE e TO. Por: Adriano G. MaasAtualizado em: 14/02/2014 às 11:03:12Publicado em: 14/02/2014 às 11:03:12

Seguem abertas até o próximo domingo, dia 16 de fevereiro, as inscrições do concurso público do Ministério da Fazenda em 2014, que busca preencher 1.026 vagas no cargo de Assistente Técnico-Administrativo para lotação em todo o país. A função exige nível médio completo e oferece salário inicial de R$ 3.050,82

As vagas estão distribuídas entre os estados do Acre (18 vagas), Alagoas (14), Amazonas (28), Amapá (6), Bahia (80), Ceará (53), Espírito Santo (14), Goiás (31), Maranhão (30), Minas Gerais (101), Mato Grosso do Sul (34), Mato Grosso (27), Pará (55), Paraíba (20), Pernambuco (52), Piauí (17), Paraná (97), Rio de Janeiro (61), Rio Grande do Norte (17), Rondônia (13) Roraima (8), Rio Grande do Sul (155), Santa Catarina (74), Sergipe (9) e Tocantins (12).

O salário do cargo de Assistente Técnico-Administrativo é de R$ 3.050,82 mensais, já incluídas as gratificações, sendo que todos os nomeados deverão cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais - Veja o edital completoAlém da exigência de nível médio completo, o candidato interessado em ingressar no órgão deve estar quite com as obrigações eleitorais e do Serviço Militar (sexo masculino) e não ter sido condenado em processo criminal nos últimos cinco anos.

Ministério Fazenda inscreve até dia 16 para concurso ATA 2014A seleção está a cargo da Escola de Administração Fazendária (ESAF), a qual será responsável por aplicar a etapa de avaliação. Os nomeados serão empossados pelo regime jurídico único dos servidores civis da União.

Inicie seus estudos: Apostila para Assistente Técnico Administrativo

As inscrições vão até o dia 16 de fevereiro de 2014, exclusivamente via internet, através do endereço eletrônico da ESAF, sendo que as mesmas só serão efetivadas mediante pagamento da taxa de inscrição, fixada no valor de R$ 62,00. No ato da inscrição o candidato deverá optar pelo local de lotação e cidade de realização da prova escrita objetiva.

As provas objetivas ocorrerão em todas as capitais dos estados da federação na data provável de 27 de abril de 2014. A avaliação terá 70 questões sobre conhecimentos básicos e específicos sobre disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Conhecimentos de Informática, Atualidades, Gestão de Pessoas e do Atendimento ao Público, Ética do servidor na Administração Pública, Administração Pública Brasileira e Regime Jurídico dos Agentes Públicos.

A validade do concurso para nomeação dos aprovados será de um ano, prorrogável por igual período, contado a partir da data de homologação do resultado final do concurso, a critério do Ministério da Fazenda. Podem ser nomeados mais candidatos do que o número de vagas oferecidas, caso houver necessidade.

Cadastre-se no portal e fique por dentro dos concursos abertos e previstos pelo país.

Concurso de 2009

Último concurso do Ministério da Fazenda para Assistente Técnico-Administrativo ocorreu em 2009 e ofertou 2.000 vagas para todos os estados da Federação, com maior número de oportunidades para estados de São Paulo (368), Rio de Janeiro (226), Minas Gerais (217), Bahia (123), Distrito Federal (112) e Rio Grande do Sul (108). Seleção foi organizada pela Escola de Administração Fazendária (ESAF) e teve edital lançado dia 26 de fevereiro de 2009.

Cargo de Assistente Técnico-Administrativo exigiu ensino médio completo e remuneração ofertada era de R$ 2.590,42. Segundo edital, aprovados devem atuam na execução de atividades técnicas, administrativas, logísticas e de atendimento, de nível intermediário, relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do Ministério da Fazenda.

Avaliação dos inscritos constou de provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos com 80 questões sobre disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Conhecimentos Básicos de Informática, Conhecimentos Básicos de Direito Administrativo e Constitucional e Conhecimentos básicos de Direito Tributário. O prazo de validade do concurso era de um ano, sendo prorrogado por igual período.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.8/5.0)

Desenvolve Web ® - Todos os direitos reservados - V5.1

Gostou das informações do site?
Acompanhe também nas redes sociais:

Ou receba por email:

Clique aqui e cadastre-se

Não quero participar