Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo. Qual a diferença?

A dúvida costuma ser frequente na hora de escolher um curso de nível superior, principalmente entre os estudantes que desejam seguir a carreira pública após concluir a graduação. Os tipos de curso, entretanto, são bem diferentes um do outro.

Por: Adrien Carlos Duarte
0
0 share
0 tweets
0 share

A exigência de um diploma de nível superior para ingressar no mercado de trabalho tem levado cada vez mais estudantes a procurar uma graduação. Para prestar um concurso público a questão se torna ainda mais importante, já que os melhores cargos e salários são oferecidos somente para quem possui algum tipo de graduação. Além disso, as vagas destinadas a candidatos diplomados são bem menos concorridas, já que apesar da grande procura, ainda há poucos profissionais efetivamente graduados no país.

Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo; Qual a diferença?Na hora escolher um curso superior é importante entender a diferença entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo, que são os tipos de graduação oferecidos pelas universidades brasileiras. Isso porque cada tipo de curso confere um tipo diferente de diploma e forma um tipo específico de profissional.

Vamos conferir quais são as principais diferenças entre cada tipo de graduação:

Bacharelado

O bacharelado é a forma de graduação mais abrangente e os bacharéis podem atuar em diversos ramos de uma mesma área de conhecimento, já que a grade curricular oferece um panorama mais amplo da habilitação. O graduado nesse tipo de curso pode inclusive, se especializar em apenas uma das áreas através de pós graduação ou mesmo através de experiencia no mercado de trabalho. Para alguns tipos de profissão o grau de bacharel é obrigatório, como nas áreas de Direito, Engenharia, Medicina, Arquitetura, Farmácia, entre outros. Para concorrer a determinados cargos públicos também é obrigatório ser diplomado em bacharelado, principalmente as seleções da área judiciária.

Durante uma graduação, o estudante terá contato com diversas áreas de atuação, através de disciplinas teóricas e algumas práticas, podendo decidir durante a sua jornada acadêmica ou mesmo depois de formado, a área em que vai atuar. No curso de Administração, por exemplo, o aluno passará por disciplinas de Recursos Humanos, Gestão, Orçamento, entre outras e poderá atuar em todas estas especialidades. O mesmo acontece no bacharelado em Comunicação Social, que permite que o diplomado atue em áreas como Cinema, Televisão, Rádio, Assessoria de Imprensa e muitos outros. O tempo médio de duração de um curso de bacharelado é de 3 a 6 anos.

Licenciatura

Possui um currículo voltado principalmente à Pedagogia e à Didática e forma basicamente educadores. Os licenciados podem dar aula nos ensinos fundamental e médio. Além das disciplinas básicas da área o estudante de licenciatura terá seus estudos focados em formas de lecionar. Muitos cursos de licenciatura podem ter o mesmo nome de cursos de bacharelado, como por exemplo Química. Entretanto as grades curriculares são completamente diferentes. Um licenciado vai aprender a dar aulas sobre Química e um bacharél vai aprender a fazer pesquisas e atuar na indústria química.

O licenciado também pode concorrer em concursos públicos, uma vez que a maioria dos editais não especifica o tipo de curso superior que o candidato deve ter feito. A duração média de um curso de Licenciatura é de 4 a 5 anos.

Tecnólogo

O curso de tecnólogo é bastante especifico. Ele forma profissionais que vão atuar em áreas determinadas do mercado de trabalho. O currículo é composto basicamente de disciplinas práticas ligadas à área da atuação escolhida e o tecnólogo vai atuar em uma especialidade bem delimitada no mercado, como Gestão, Turismo, Logística, Comércio, Trânsito, entre outros. A escolha deste tipo de curso é indicada para o estudante que já tem certeza do trabalho que deseja exercer dentro de determinada área. Na área de meio ambiente, por exemplo, ele poderá focar em tratamento de resíduos sólidos, ou tratamento de água e esgoto. Na área da Administração ele poderá escolher entre Gestão Comercial, Comércio Exterior, entre diversos outros focos.

Embora muitos pensem o contrário, o curso de tecnólogo também é considerado curso de nível superior, e como tal, permite que os graduados concorram em concursos públicos, salvo exceções especificadas no edital de cada seleção, onde alguns cargos exigem Bacharelado na área. Além disso, os tecnólogos podem também cursar pós-graduações com ênfase na sua área de preferência. A duração média de um curso superior de tecnologia é, em média, de 2 a 3 anos.

Os cursos de nível superior possuem bastante em comum, principalmente o fato de formarem profissionais capacitados para o mercado de trabalho e permitir o ingresso dos graduados em cargos públicos bem remunerados. Vale lembrar que em todas as modalidades de curso, seja presencial ou à distância, a instituição de ensino escolhida pelo estudante deve ser reconhecida pelo Ministério de Educação (MEC). E você, já teve essa dúvida e tem algo para contribuir com a gente? Deixe seu comentário!

Avalie esta notícia

Nota:

(4.3/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar