Vale a pena viajar para fazer concursos?

Apesar de ser um investimento maior, muitas vezes viajar para prestar um concurso público pode ser uma boa ideia. Entenda os pontos.

Por Mateus Nunes de Paula

Se tem algo bem importante trazermos aqui e um assunto de grande relevância, é se vale a pena viajar o país para fazer concursos. Bem, apesar de ser uma questão muito pessoal e muito direcionada a cada carreira e a cada objetivo do concurseiro, em regra, viajar para prestar provas pode ser sim uma boa ideia.

Claro, antes de mais nada, quando se começa a viajar para fazer concursos os investimentos começam a ser colocados em questão, pois prestar uma seleção longe de casa pode ter um custo elevado. Além da inscrição, do material de estudo, você provavelmente gastará com deslocamento (passagens aéreas ou rodoviárias), transporte até o local da prova, hospedagem, alimentação, entre outros diretos ou indiretos.

Agora, superada a questão principal, do investimento financeiro direcionado a viagem, se é possível viajar para você realizar o seu concurso, vamos tratar algumas outras questões, que lhe auxiliarão a escolher se vale a pena viajar para tal fim.

Por que viajar para fazer concursos?

Antes de mais nada, viajar para fazer um concurso público é uma questão de estratégia! Por exemplo, se você é formado em Enfermagem, reside em uma capital onde há dezenas de faculdades de Enfermagem e na mesma semana são lançados 2 editais para o cargo de Enfermeiro: O primeiro deles para a Prefeitura de sua cidade com oferta de 2 vagas e um outro edital para a Prefeitura de uma cidade do interior do seu estado, mas com oferta de 3 vagas. Nessa situação hipotética apresentada, se você pesquisar e verificar que, por exemplo, na cidade do interior em que são ofertadas mais vagas, sequer há universidade de Enfermagem, você vai concluir, obviamente, terá muito mais chances no concurso "do interior" pois a concorrência certamente será menor.

Outro exemplo: concurseiros que se dedicam a áreas especificas: tribunais, fiscais, policiais, etc... Se você direciona seus estudos para concursos específicos, algumas vezes se faz até mesmo necessário viajar para prestar provas em outras cidades ou estados uma vez que, mesmo que você more no centro de São Paulo, se você estudar para concursos de áreas específicas, você acabará precisando viajar para aproveitar ao máximo a sua preparação e talvez lograr êxito em outra cidade.

Quando saber se estou mesmo preparado?

Como vimos no início do artigo, viajar para realizar concurso público em outra cidade ou em outro estado demanda um investimento muito mais alto se comparado aos concursos prestados em sua cidade ou cidades vizinhas. Se você já estuda a algum tempo, você sabe que nunca se sentirá preparado o suficiente para realizar um concurso! Então, sempre haverá um receio e um impedimento na sua cabeça que lhe dirá para não investir em uma viagem de concurso, onde você mesmo acredita que não estarás preparado.

Se você realmente deseja se tornar funcionário público, a uma certa altura, você perceberá que deve estar disposto a arriscar! Afinal, se você escolheu estudar para concursos, você já está arriscando. Você está abrindo mão de horas e horas de seu lazer, de seu descanso, de seu convívio com a sua família, de seu tempo (cada vez mais limitado), para um dia se tornar servidor público. Portanto, não tenha receio de arriscar, para conquistar o seu sonho.

Uma maneira eficiente para saber se vale a pena o investimento e se vale a pena viajar para fazer o concurso é resolvendo questões. Resolva a prova anterior do concurso que você planeja viajar ou então faça questões do conteúdo previsto no edital e veja o seu desempenho: se você tiver um índice de acerto igual ou superior a 80% das questões, você será competitivo no concurso que quer prestar e poderá, concretamente, ter chances de ser aprovado e classificado, mesmo não se sentindo confiante e preparado.

Transporte e Hospedagem

Outra questão bem importante é o transporte e a hospedagem. Por experiência própria, se você realizar um concurso em uma cidade distanciada em até 300 quilômetros da sua cidade de origem, alugar um carro e fazer um "bate e volta" pode acabar sendo mais econômico, com a dispensa da hospedagem. Claro, cada caso é um caso, depende muito da sua idade, da experiência como motorista, da condição da estrada. Parar em algum posto durante a volta e dormir por alguns minutos também pode ajudar.

Agora, se você pretende viajar mais de 300 quilômetros, se hospedar um dia antes na cidade torna-se uma questão de necessidade. Se você tentar ir e voltar ao mesmo dia, após a realização da prova, estará exausto da viagem, dependendo, sequer conseguirá se concentrar para realizar a prova.

Dependendo da cidade em que você mora, os voos também não costumam ser caros! Em algumas situações podem, inclusive, serem mais em conta que o combustível ou até mesmo a passagem de ônibus. Assim, tão logo que sair o edital pesquise os custos por todos os meios e encontre formas alternativas de transporte. Há aplicativos de carona, excursões de concursos, entre outras plataformas que podem te ajudar.

Em relação a hospedagem, há sites especializados em hotéis onde há como você reservar online um quarto e optar ainda pelo reembolso em caso de cancelamento. Como ultimamente há muitos concursos com datas de provas canceladas ou alteradas pelo surto de Coronavírus, esse recurso se torna bem interessante na medida que você não perde seu dinheiro e consegue reprogramar sua viagem.

Ainda, se você está no percentual dos 90% dos concurseiros, que possuem recursos financeiros limitados, o Airbnb pode ser uma ótima opção, onde você consegue hospedagens muito mais em conta e, muitas vezes, em locais bem próximos de onde costumam ser realizados as provas (centros, universidades, ...)

Se você já está na chuva...

Então se molhe... Se você já investiu boa parte de sua poupança ou de seus rendimentos nesta viagem para realizar o concurso e conquistar seu sonho de ser servidor, VÁ! Aproveite ainda para conhecer a cidade para a qual viajou. Após a prova ou até mesmo um dia antes para diminuir a ansiedade e o nervosismo, passeie e conheça pontos turísticos.

E por fim, independentemente do resultado do concurso, lembre-se que qualquer viagem para realizar um concurso não é um gasto, mas sim um investimento!

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso DEPEN 2020: Edital com 309 vagas é retificadoNível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Concurso DEPEN 2020: inscrições encerram nesta sexta (5)Nível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Concurso DEPEN tem 294 vagas de nível médio com salário de R$ 6 milNível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Ministério da Economia autoriza 249 vagas para Analista Administrativo e Engenheiros em 2020Nível: Superior09/06/2020249R$ 3.955,50
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais