O pagamento do Auxílio Brasil está em sua última fase no valor de R$ 400. O programa, que substitui o Bolsa Família, contempla famílias brasileiras em situação de pobreza e de extrema pobreza e chegará para 18 milhões de famílias, antes da inclusão de novos grupos.

Na quarta (27), receberam beneficiários com o NIS final 8 (Número de Identificação Social). Já nesta quinta (28) vão receber aqueles com NIS final 9 e na sexta (29) o último grupo, daqueles com NIS final 0.

Neste mês, o governo repassa o valor médio de R$ 408,80 para um grupo de 18,13 mil famílias cadastradas. Mas isso vai mudar em breve.

Aumento Auxílio Brasil

Para o mês de agosto, o valor do benefício do Auxílio Brasil terá um aumento para R$ 600, de acordo com a PEC dos benefícios aprovada pelo Congresso Nacional. Serão incluídas mais de 1,6 milhão de novas famílias aptas a receber o benefício social. A PEC 01/22 (Proposta de Emenda à Constituição) também garante a ampliação do Auxílio Gás, criação do Auxílio Caminhoneiro e Auxílio Taxista de R$ 1 mil mensais, entre outros benefícios.

A PEC prevê gastos de 41,2 bilhões e terá validade até o final do ano, referente ao estado de emergência declarado pelo Governo Federal.

A consulta de quem vai ingressar no programa no próximo mês pode ser feita por meio do App Auxílio Brasil, que informa a situação das parcelas do Auxílio Brasil, o extrato detalhado, calendários, e outros.

Auxílio Brasil de agosto começa antes

O calendário do Auxílio Brasil para o próximo mês de Agosto foi antecipado e vai chegar antes aos agora quase 20 milhões de beneficiários.

Confira o calendário completo:

Data de pagamento Final do NIS
9 de agosto 1
10 de agosto 2
11 de agosto 3
12 de agosto 4
15 de agosto 5
16 de agosto 6
17 de agosto 7
18 de agosto 8
19 de agosto 9
22 de agosto 0

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil tem como objetivo ajudar financeiramente famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza (renda mensal por pessoa de R$ 105,01 a R$ 201) ou extrema pobreza (renda mensal por pessoa de até R$ 105). Para participar do programa, as famílias precisam ter entre seus membros gestantes ou pessoas menores de 21 anos.

A inscrição é feita pelo CadÚnico (Cadastro Único) do Governo Federal, realizado nas secretarias de Assistência Social das Prefeituras locais.