A Caixa finaliza nesta quarta-feira de 30 de junho o ciclo 3 de créditos da terceira parcela do Auxílio Emergencial 2021 para os inscritos pelo app e site da Caixa e também para o público do Bolsa Família. Os últimos a receberem o crédito hoje são os nascidos em novembro e dezembro e também os beneficiários do Bolsa Família com NIS terminado em 0.

Para o público geral, que possui dois calendários, um de crédito e outro para saque, os nascidos em janeiro poderão sacar a nova parcela já nesta quinta de 1º de julho - veja abaixo o calendário de saque.

Os calendários da terceira parcela de crédito e saque foram antecipados e a Caixa já anunciou que vai antecipar também a 4ª parcela do auxílio. Veja os últimos pagamentos da terceira parcela a serem feitos nesta quarta (30).

Calendário atualizado da 3ª parcela (público geral)

Mês de nascimento Data do crédito em conta Data para saque em dinheiro
Janeiro 18 de junho 01 de julho
Fevereiro 19 de junho 02 de julho
Março 20 de junho 05 de julho
Abril 22 de junho 06 de julho
Maio 23 de junho 08 de julho
Junho 24 de junho 09 de julho
Julho 25 de junho 12 de julho
Agosto 26 de junho 13 de julho
Setembro 27 de junho 14 de julho
Outubro 29 de junho 15 de julho
Novembro 30 de junho 16 de julho
Dezembro 30 de junho 19 de julho

Já o grupo do Bolsa Família, que tem o crédito e o saque liberados no mesmo dia, os depósitos seguem o final do NIS - Número de Identificação Social (sem o dígito). Veja:

Calendário da 3ª parcela para o Bolsa Família

Dígito final do NIS Data de pagamento
1 17 de junho
2 18 de junho
3 21 de junho
4 22 de junho
5 23 de junho
6 24 de junho
7 25 de junho
8 28 de junho
9 29 de junho
0 30 de junho


O governo já anunciou também que vai prorrogar o auxílio em 2021 por mais 3 meses, segundo o ministro da economia, Paulo Guedes.

O valor do auxílio em 2021 é variável, conforme a formação da família do beneficiário, sendo:

  • R$ 150 para pessoas que moram sozinhas (família unipessoal);
  • R$ 250 para casais com ou sem filhos;
  • R$ 375 para mulheres chefes de família (família monoparental).

Para consultar se você é elegível ou teve o auxílio cortado, basta acessar o site da Dataprev e do Ministério da Cidadania - https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/ e fazer a consulta por meio do CPF, data de nascimento e nome da mãe. Por lá, também é possível contestar a negativa.