Em breve
Em breve
A divulgar
A divulgar

A Manaus Previdência, autarquia responsável por gerir e administrar o Regime Próprio de Previdência do Município de Manaus, garantindo os benefícios previdenciários aos segurados e dependentes do Sistema de Previdência Municipal, anunciou que abrirá um novo concurso público em breve e, para tanto, possui banca definida. Criado em 2004, a ManausPrev tem autonomia administrativa, contábil, financeira, orçamentária e patrimonia, com sede à Av. Constantino Nery, número 2480, na capital do Amazonas.

De acordo com a publicação, vinculada no Diário Oficial do Municipio de Manaus, em edição de 12/11, por meio de dispensa licitatória, a Fundação Carlos Chagas (FCC) foi escolhida como banca oganizadora, responsável pela organização e realização de concurso público da autarquia, confira abaixo a publicação oficial:

Publicação de definição de banca
Publicação de definição de banca.

Com a banca definida, o próximo passo para a realização do futuro certame é a assinatura formal do contrato entre a Manaus Previdência e a Fundação Carlos Chagas (FCC). Após a assinatura, o edital já poderá ser lançado. A expectatitva, contudo, é que o edital de abertura do novo concurso público seja divulgado somente no ano de 2021.

Mais informações como o número de vagas que serão ofertadas, remunerações iniciais e quantitativo de cargos deverão ser divulgadas somente com a abertura do edital do futuro concurso. Acompanhe o Ache Concursos e adicione o site aos seus favoritos para não perder o lançamento deste edital!

Último concurso

O último concurso para a Manaus Previdência ocorreu no ano de 2015. Na ocasião, foram ofertadas 57 vagas em cargos de níveis médio e superior. Com salários que chegavam a R$ 6.000,00 mensais, no último concurso foram abertas oportunidades para os cargos de Analista e Técnico Previdenciário nas especialidades Administrativa (36), Contabilidade (2), Economia (2), Administração (2), Ciências Atuariais (1), Serviço Social (2), Psicologia (1), Arquivologia (2), Tecnologia da Informação (2) e Informática (2) e Procurador Autárquico (5).

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas abrangendo as disciplinas de Conhecimentos Gerais, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático e Conhecimentos Específicos. Foi cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 70,00 para os cargos de Técnico, R$ 100,00 para Analistas e R$ 120,00 para Procurador Autárquico.