11/01/2021
15/01/2021
R$ 5.900,00
1

Anexos

No estado de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Felixlândia abriu um novo processo seletivo simplificado que busca preencher uma vaga, além de formar cadastro de reserva no cargo de Supervisor Clínico Institucional, no Centro de Atenção Psicossocial de Felixlândia - CAPS I da Rede de Atenção Psicossocial, no âmbito da Política Estadual de Saúde Mental, álcool e outras drogas do Estado de Minas Gerais.

A função exige curso superior em Medicina, reconhecido pelo MEC e registro no Conselho Regional de Medicina ou Curso superior completo de graduação em Medicina; comprovação da especialidade de Psiquiatra (Título fornecido pela sociedade da especialidade, reconhecido pela AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros ou certificado de conclusão de Residência Médica reconhecido pela CNRM/MEC - Comissão Nacional de Médicos Residentes/Ministério da Educação ou Título da especialização registrado no CRM - Conselho Regional de Medicina); registro profissional expedido pelo Conselho Regional de Medicina; ou Curso superior completo em Psicologia, reconhecido pelo MEC e registro profissional, como psicólogo, junto ao Conselho Regional de Psicologia; Curso superior completo em nível de graduação em Enfermagem e registro profissional junto ao Conselho Regional de Enfermagem; ou Curso superior completo em Serviço Social, reconhecido pelo MEC e registro no CRESS, além de possuir experiência profissional comprovada com atuação recente na prática clínica nos serviços substitutivos da Rede de Atenção Psicossocial do SUS pelo período mínimo de cinco anos, formação com carga horária mínima de 120 horas e/ou experiência em supervisão clínico institucional comprovada através de certificado, declaração, diploma reconhecido pelo MEC no caso de formação e contrato de trabalho no caso de experiência e preferencialmente tenha atuado na Atenção Primária à Saúde, Centro de Atenção Psicossocial ou Serviço Residencial Terapêutico.

O salário será de R$ 5.900,00 por regime de trabalho de 20 horas por semana.

Inscrição

As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 11 e 15 de janeiro de 2021, 08h às 11h e das 13h às 17h, forma presencial na Divisão de Pessoal da Prefeitura Municipal, localizada na Rua Menino Deus, n° 86, bairro Centro, Felixlândia-MG. No ato da inscrição o candidato deverá entregar os seguintes documentos:

  • Ficha de inscrição preenchida (disponível no anexo III);
  • Diploma ou Declaração e Histórico Escolar, de acordo com as exigências da função, obtido em instituição de ensino público ou privado, devidamente reconhecida pelo MEC;
  • Carteira de trabalho, ou cópia do contrato de trabalho, ou similares;
  • Curriculum Vitae;
  • Registro ou declaração devidamente assinada pelo órgão competente atualizado (Conselho de Classe), comprovando que o candidato está apto ao exercício profissional, se for o caso (fotocópia);
  • Título de eleitor (fotocópia);
  • Comprovante de quitação eleitoral (fotocópia);
  • Certificado de Reservista (fotocópia);
  • Carteira de Identidade (fotocópia);
  • CPF (fotocópia);
  • Certidão de nascimento ou casamento (fotocópia);
  • Comprovante de residência atualizado (fotocópia);
  • Certidão de nascimento de filhos, se for o caso (fotocópia);
  • Documentos, se houver, que comprovem a pontuação para classificação por títulos.

Das provas

A seleção será feita por meio de prova de títulos no valor de 80 pontos onde serão avaliados a qualificações profissionais e tempo de experiência na área. O resultado final será divulgado no dia 25 de janeiro.

Das atribuições do cargo

  • Assessorar e apoiar a equipe do CAPS e outros serviços da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) referente ao processo de trabalho a ser realizado no cotidiano;
  • Analisar o funcionamento do serviço, identificar os principais impasses e dificuldades vivenciadas pela equipe na perspectiva de construir estratégias e ações com todos os profissionais para qualificar o cuidado ofertado, em conformidade com a Resolução SES/MG Nº 7.168, de 20 de julho de 2020, bem como com as diretrizes e premissas da Política Estadual de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, em consonância com o SUS e a Reforma Psiquiátrica;
  • Assessorar e discutir com a equipe os casos clínicos associados ao contexto institucional, ao serviço, à rede, e à gestão;
  • Apoiar a equipe na construção do Projeto Institucional do Serviço, considerando que atualmente os municípios referenciados pelo CAPS I são: Inimutaba, Morro da Garça, Presidente Juscelino e Felixlândia;
  • Assessorar e apoiar a equipe do CAPS I na construção dos projetos terapêuticos individuais dos usuários;
  • Assessorar, e discutir junto à equipe do CAPS I acerca da aplicação da prática profissional dentro das normas e Política Estadual de Saúde Mental, álcool e outras drogas em consonância com o SUS e a Reforma Psiquiátrica, entre outras.

Anexos