22/01/2021
11/02/2021
21/03/2021
R$ 23.692,74
1.500
23/03/2021

Anexos

A Polícia Federal confirmou que solicitou ao Ministério da Economia o aval orçamentário para  realização de um novo concurso público em 2020 com 3.460 vagas. O pedido foi enviado no dia 30 de maio de 2019.

Do quantitativo de vagas solicitadas, 3.103 vagas serão destinadas a diversas áreas ainda não especificadas e outras 357 são para postos da área administrativa. O preenchimento de cargos seria para o período compreendido entre 2020 e 2022. Na área administrativa, 234 serão para candidatos de ensino médio e 123 para nível superior com remunerações iniciais que variam de R$ 4.746,16 a R$ 7.847,95.

Recentemente, o Deputado Federal e filho do presidente da República, Eduardo Bolsonaro,se manifestou por meio de redes sociais defendendo a contratação de mais Agentes Administrativos para o quadro de servidores da Polícia Federal para aumentar o efetivo da área.

Cargos a serem contemplados no novo concurso da PF

Agente Administrativo

O requisito para ingressar no cargo é ter nível médio completo. A remuneração do cargo é de R$ 2.279,16 além da gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico-administrativo de R$ 2.467,00, totalizando R$ 4.746,16 mensais.

Cargos de nível superior

Para nível superior, as vagas solicitadas são para os cargos de Médicos (62), Psicólogo (09), Administrador (18), Arquivista (08), Assistente Social (14), Contador (09), Enfermeiro (02) e Farmacêutico (01). Para todos os cargos, com exceção de médico, a remuneração é de R$ 5.776,47 (R$ 2.402,74 de vencimento básico e com R$ 3.374,00 de gratificação de atividade de apoio técnico-administrativo). Para os cargos de Médico, a remuneração inicial é de R$ 7.841,95 (salário básico de R$ 4.804,95 e gratificação de R$ 3.037). 

Vale lembrar que o presidente Jair Bolsonaro divulgou, no último dia 29 de março, o Decreto 9.739 de 28/03/2019 que estabelece normas sobre concursos públicos. Dentre essas normas, consta que a Polícia Federal de adora em diante não precisará mais solicitar a abertura de concursos ao Ministério da Economia. De acordo com o decreto, os atos serão realizados pelo Diretor-Geral da Polícia Federal. O único aval que precisa ser dado pela Economia é apenas no aspecto orçamentário.

Último concurso da PF na Área Administrativa foi há 6 anos

O último concurso para Agente Administrativo da PF foi realizado em 2013 com 566 vagas. Na época as vagas foram destinadas aos Estados do Acre (22 vagas), Alagoas (14 vagas), Amazonas (29 vagas), Amapá (25 vagas), Bahia (48 vagas), Ceará (32 vagas), Distrito Federal (548 vagas), Espírito Santo (32 vagas), Goiás (25 vagas), Maranhão (38 vagas), Minas Gerais (48 vagas), Mato Grosso do Sul (47 vagas), Mato Grosso (38 vagas), Pará (45 vagas), Paraíba (09 vagas), Pernambuco (35 vagas), Piauí (14 vagas), Paraná (48 vagas), Rio de Janeiro (58 vagas), Rio Grande do Norte (29 vagas), Rondônia (32 vagas), Roraima (25 vagas), Rio Grande do Sul (50 vagas), Santa Catarina (29 vagas), Sergipe (18 vagas), São Paulo (70 vagas) e Tocantins (22 vagas). Mais de 320 mil candidatos se inscreveram.

A banca organizadora foi o Cespe e a prova objetiva contou com 120 questões para todos os cargos, sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos do tipo Certo e Errado, além de prova discursiva para os cargos de nível superior.

As provas objetivas e a prova discursiva para os candidatos de nível superior foram realizadas somente em Brasília/DF. Já as provas objetivas para os cargos de nível intermediário foram realizadas nas 26 capitais dos estados da Federação e no Distrito Federal - veja aquele edital

Anexos