Prefeitura do Rio de Janeiro-RJ abre seleção com 31 vagas para Médicos

Município do Rio de Janeiro anuncia mais um processo seletivo para médicos em combate à COVID-19. As remunerações variam entre R$ 6.892,06 e R$ 7.918,03.

Por Clécio
Abertura inscrições 15/05/2020 Total de vagas 31
Encerra inscrições 18/05/2020 Salários até R$ 7.918,03

A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou por meio do Diário Oficial do município da edição de 15 de maio, o edital de n. 87/2020 para realização de mais um processo seletivo que busca contratar, por tempo determinado, 31 médicos nas especialidades de Obstetrícia, Pediatria/Sala de Parto, Geriatria , Cardiologia , Clinico, Infectologia, Intensivista Adulto e Neurocirurgia.

A contratação dos classificados será realizada de forma programada ao longo do período de validade do processo seletivo.

As inscrições estarão abertas entre os dias 15 e 18 de maio de 2020 no endereço eletrônico disponibilizado pela prefeitura. A inscrição será gratuita.

Não serão aceitas inscrições de profissionais a partir de 60 anos de idade ou que apresentem condições de saúde incluídas nos grupos de risco aumentado diante da incidência da COVID-19, conforme definição do Ministério da Saúde.

A seleção dos profissionais será feita apenas por meio de análise de currículo e o resultado sairá no dia 26 de maio de 2020.

Os médicos serão lotados no Hospital Maternidade Fernando Magalhães, Hospital Maternidade Herculano Pinheiro, Hospital Municipal Barata Ribeiro, Hospital Municipal Francisco da Silva Telles, Hospital Municipal Piedade, Hospital Municipal Lourenço Jorge, Hospital Municipal Salgado Filho, Hospital Municipal Souza Aguiar e na Policlinica Rodolpho Rocco.

O processo seletivo será coordenado pela Coordenação de Planejamento, Recrutamento e Seleção da Coordenadoria Técnica de Gestão de Pessoas.

A validade da seleção será de três meses a contar da publicação do resultado final.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais