10/06/2020
11/06/2020
A divulgar
A divulgar

Anexos

A Prefeitura de Pelotas no estado do Rio Grande do Sul abriu um novo processo seletivo simplificado que servirá para formar cadastro de reserva no cargo de Médico Plantonista. A função exige curso superior em Medicina e registro no CREMERS.

O salário será de R$ 75,00 a hora de plantão realizada de segunda a sexta-feira e de R$ 95,00 a hora de plantão realizada das 22h às 5h e nos sábados, domingos ou feriados. A Prefeitura oferece ainda auxílio-alimentação de até R$ 270,00 por mês.

Inscrição

As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.pelotas.com.br/oportunidades/selecaopublica-simplificada, entre os dias 10 de junho até as 23h59min de 11 de junho de 2020.

Tendo em vista que a presente seleção tem como objetivo a formação de cadastro de profissionais para triagem e atendimento direto ou indireto aos pacientes confirmados ou suspeitos de Coronavírus, fica vedada a participação e contratação de candidatos pertencentes ao grupo de pessoas consideradas vulneráveis frente ao novo Coronavírus (COVID-19), por apresentar as seguintes condições:

  • Diabetes insulino-dependente;
  • Insuficiência renal crônica;
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), enfisema pulmonar, asma moderada ou grave, tuberculose ativa ou sequela pulmonar decorrente de tuberculose;
  • Doenças cardíacas graves, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial sistêmica severa;
  • Imunodeprimidos, salvo aqueles acometidos com doenças autoimunes sem uso de imunossupressores;
  • Obesidade mórbida com IMC igual ou superior a 40;
  • Cirrose ou insuficiência hepática;
  • Gestantes ou lactantes de crianças até um ano de idade;
  • Responsáveis pelo cuidado ou que coabitam com uma ou mais pessoas com confirmação de diagnóstico de infecção por Coronavírus (COVID-19).

Provas

Os candidatos serão avaliados em seus currículos no que se refere à experiência comprovada nas atribuições pertinentes à função e cursos na área de atuação conforme segue:

  • Pós-graduação na área de saúde: 05 pontos por curso realizado nos últimos 5 anos, no máximo 15 pontos;
  • Experiência profissional na área de saúde: 15 pontos a cada 12 meses ininterruptos, no máximo 45 pontos;
  • Participação em projeto de pesquisa, extensão ou ensino: 10 pontos por projeto realizado nos últimos 2 anos, no máximo 40 pontos.

Anexos