Concurso SEDUC-AM 2018 para 8 mil vagas tem editais publicados

Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (Seduc-AM) abre o concurso com 8.175 vagas em 2018. Os salários são de até R$ 4.143,06.

Por: Adriano G. Maas
0
0 share
0 tweets
0 share

Está aberto o novo concurso público da Secretaria de Educaçãoo do estado do Amazonas. O órgão publicou os três editais da seleção pública que vai preencher 8.175 vagas no quadro geral de pessoal para professores, cargos de nível superior, médio e fundamental de apoio e também na área indígena (concurso Seduc-AM). O Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego coordenará as etapas da seleção que vai preencher vagas na capital Manaus, e em diversas cidades do interior do estado.

Governo do Amazonas anuncia concurso com 8 mil vagas na educação para 2018

O concurso já havia sido anunciado pelo governador do estado, Amazonino Mendes. Um dos editais tem 6.787 vagas, sendo 6.416 para professores do ensino regular, mediação tecnológica e educação especial; além de 151 vagas para Pedagogo 20 horas; 40 vagas para Pedagogo 40 horas; 37 vagas para Assistente Social, 50 vagas para Bibliotecário, 5 para Contador, 7 para Engenheiro, 2 para Estatístico, 3 para Fonoaudiólogo, 40 para Nutricionista e 36 para Psicólogo.

Os professores e pedagogos terão remuneração de R$ 4.143,06 por jornada de 40 horas semanais e de R$ 2.076,54 por 20 horas. Os demais cargos de nível superior terão jornada de 30 horas semanais e remuneração de R$ 3.114,84.

Um segundo edital tem 708 vagas na área de apoio, sendo 108 vagas para o cargo de Assistente Técnico e 600 vagas para o cargo de Merendeiro. O cargo de Assistente Técnico exige ensino médio e tem salário de R$ 1.779,24 por jornada de trabalho de 30 horas semanais. Já para Merendeiro é exigido ensino fundamental incompleto (2ª série) e o salário será de R$ 1.525,00, também por 30 horas na semana.

O edital 03/2018 é apenas para atuação na educação indígena e tem 680 vagas para Profissionais do magistério nas áreas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza (ensino fundamental e médio), Ciências Humanas, Ciclo e Formas de Educar. O salário será de R$ 2.076,54 por jornada de trabalho de 20 horas semanais.

Prepare-se: Apostila de estudo para cargos da SEDUC-AM

A seleção reserva ainda 10% das vagas para candidatos com deficiência e 2% a candidatos portadores de Síndrome de Down - veja os três editais SEDUC-AM 2018.

Além do vencimento inicial, os candidatos aprovados e nomeados terão auxílio alimentação de R$ 420,00 para aqueles lotados em escolas e de R$ 220,00 para os servidores lotados em outras unidades administrativas da Secretaria de Educação, diferente de prédios escolares, além de vale transporte no valor de R$ 167,00.

As inscrições no concurso vão de 21 de abril a 20 de maio de 2018, pelo site da organizadora - https://concursos.institutoacesso.org.br/. As taxas são de R$ 70,00 para professores e demais cargos de nível superior, de R$ 60,00 para Assistente Técnico e de R$ 50,00 para Merendeiro.

A seleção dos candidatos terá prova escrita objetiva e prova escrita discursiva para todos, mais avaliação de Títulos e prova Prática para alguns cargos. As provas serão realizadas na capital e outras 61 cidades do Estado do Amazonas, na data provável de 08 de julho de 2018. Elas ocorrerão em Alvarães, Japurá, Amaturá, Juruá, Anamã, Jutaí, Anori, Lábrea, Apuí, Manacapuru, Atalaia do Norte, Manaquiri, Autazes, Manaus, Barcelos, Manicoré, Barreirinha, Maraã, Benjamin Constant, Maués, Beruri, Nhamundá, Boa Vista do Ramos, Nova Olinda do Norte, Boca do Acre, Novo Airão, Borba, Novo Aripuanã, Caapiranga, Parintins, Canutama, Pauini, Carauari, Presidente Figueiredo, Careiro, Rio Preto da Eva, Careiro da Várzea, Santa Isabel do Rio Negro, Coari, Santo Antônio do Içá, Codajás, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, São Paulo de Olivença, Envira, São Sebastião do Uatumã, Fonte Boa, Silves, Guajará, Tabatinga, Humaitá, Tapauá, Ipixuna, Tefé, Iranduba, Tonantins, Itacoatiara, Uarini, Itamarati, Urucará, Itapiranga e Urucurituba.

Os gabaritos das provas sairão no dia 9 de julho e os resultados estão previstos para 7 de agosto de 2018, com consulta no site da organizadora.

Bonificações

A Secretaria anunciou recentemente o pagamento da quarta parcela do abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Foram 24 mil servidores beneficiados, entre professores e pedagogos, que receberam R$ 6.700 por 20 horas, o correspondente a uma cadeira.

Foi instituído também no quadro do estado o Programa Estadual de Desenvolvimento Acadêmico e Profissional Docente do Amazonas (Prodea), que regulamenta o afastamento remunerado de docentes para o curso de mestrado e doutorado. Segundo Melo, "essa é uma medida importantíssima, pois facilitará a qualificação do docente que vai poder cursar seu mestrado ou doutorado com tranquilidade. Atualmente, aqueles que se dispõem a cursar uma pós nesse nível muitas vezes utilizam licenças por interesse particular e ficam sem a remuneração".

Além do concurso na educação, o governo do Amazonas já anunciou a realização de certame na área de segurança pública, com editais para as polícias Militar e Civil.

Últimos - O governo do Amazonas realizou seu último concurso na educação em 2014. Sob coordenação da Fundação Getúlio Vargas (FGV), três editais somaram 7.043 vagas nas funções de Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Estatístico, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo, Professor de Ciclo Regular, Professor de Artes, Professor de Biologia, Professor de Ciências, Professor de Educação Especial, Professor de Português, Professor de Libras, Professor Tradutor Intérprete de Libras, Professor de Matemática, Professor de Educação Física, Professor de Ensino Religioso, Professor de Filosofia, Professor de Física, Professor de Geografia, Professor de História, Professor de Língua Espanhola, Professor de Língua Inglesa, Professor de Metodologia, Professor de Química, Professor de Sociologia, Pedagogo, Assistente Técnico e Merendeira. A avaliação desse concurso foi feita por meio de provas objetiva, discursiva e de títulos. A remuneração dos professores na época era de  R$ 3.133,80.

Já entre 2015 e 2016, foram abertas 6.736 vagas temporárias para professores de Artes, Biologia, Séries Iniciais (1º a 5º ano), Ciências, Educação Especial (1º a 5º ano), Língua Portuguesa, Matemática, Libras, Tradutor Intérprete de Libras, Educação Física, Ensino Religioso, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Metodologia, Química, Sociologia e Tecnológico - Centro de MÍD, com salários de R$ 3.264,49 por 40 horas de trabalho semanais. A avaliação do seletivo foi realizada por meio de análise de titulação.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.1/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
JUNTE-SE À DISCUSSÃO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar
  • Thiago Silva Thiago Matheus Lima da Silva Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 5 meses
    Que boa notícia pra aqueles que desejam engrenar na carreira de magistério. Ótima noticia!
    0 Responder
  • Ana Pereira Ana Suely Pereira Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 5 meses
    Ótima noticia.....muito bom ????
    0 Responder
  • Kennys Mendes Kennys Mendes Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 2 meses
    Olá, sou formado em pedagogia mas, nos requisitos do concurso da seduc 2018 esta assim:
    habilitação e/ou apostilamento em: Supervisão Educacional, Orientação
    Educacional, Administração e Inspeção Escolar, fornecido por instituição de ensino superior
    reconhecida pelo MEC. Quer dizer que tenho que ter especialização além da formação em pedagogia? não entendi essa parte.
    0 Responder