Concurso TJ SP 2017: Gabaritos saem no dia 05 de julho

A Fundação Vunesp aplicou as provas objetivas do grande concurso do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que tem 590 vagas para Escrevente. O salário do cargo é de R$ 4.473,16.

Por: Adrien Carlos Duarte
0
0 share
0 tweets
0 share

Será divulgado nesta quarta-feira, 05 de julho, os gabaritos preliminares das provas do concurso público do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário (concurso TJ-SP 2017). Com inscrições até 17 de maio, a seleção que busca preencher 590 vagas para lotação nas comarcas da 1ª e da 4ª Região Administrativa Judiciária do Estado somou 233.437 inscritos na disputa pelos cargos. Do total de vagas, 20% ficam destinadas a candidatos negros e pardos e outros 5% serão para candidatos portadores de deficiência.

Na 1ª Região Administrativa Judiciária, com sede em São Paulo-SP, foram 175.284 inscritos, sendo 137.916 disputando as vagas na Comarca da capital. Já para a 4ª Região Administrativa Judiciária, com sede em Campinas-SP, mais 58.153 candidatos disputam as vagas, sendo a Comarca de Campinas a com maior número de interessados, 15.209. Os cadernos de prova já foram divulgados e os gabaritos oficiais serão divulgados no site da Vunesp nesta quarta-feira, em: www.vunesp.com.br/TJSP1701.

Tribuna de Justiça-SP abre concurso para EscreventesPara tomar posse no cargo, os candidatos devem possuir escolaridade de nível médio e ter idade mínima de 18 anos. A remuneração do cargo é fixada em R$ 4.473,16, mais auxílios para alimentação no valor de R$ 900,00, auxílio-saúde de R$ 300,00 e vale-transporte - veja o edital de abertura do concurso.

As inscrições no concurso foram até as 14 horas do dia 17 de maio de 2017, pelo endereço eletrônico da organizadora Vunesp - www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição estava fixada em R$ 68,00.

Prepare-se: Apostila de estudo para Escrevente do TJ-SP

Os aprovados na prova objetiva, em número limitado, conforme a tabela divulgada no edital e conforme a região, passarão por uma prova prática de digitação e formatação numa segunda etapa, que acontecerá em data ainda a ser definida.

As provas objetivas foram compostas de 100 questões de múltipla escolha sobre Língua Portuguesa, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Normas da Corregedoria Geral de Justiça, Atualidades, Informática, Raciocínio Lógico e Matemática.

O concurso terá validade de um ano, a contar da data da homologação, prorrogável ainda por igual período, dependendo do interesse do TJSP e da disponibilidade orçamentária.

Os aprovados serão lotados nas Circunscrições Judiciárias localizadas nas cidades de São Bernardo do Campo, Diadema, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul, Osasco, Barueri, Carapicuiba, Jandira, Santana de Parnaíba, Guarulhos, Arujá, Mairiporã, Santa Isabel, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Itapecerica da Serra, Cotia, Embu das Artes, Embu Guaçu, Itapevi, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista, Cosmópolis, Paulínia, Valinhos, Jundiaí, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itatiba, Itupeva, Louveira, Várzea Paulista, Vinhedo, Bragança Paulista, Atibaia, Jarinu, Nazaré Paulista, Pinhalzinho, Piracaia, Mogi Mirim, Artur Nogueira, Conchal, Itapira, Mogi Guaçu, Rio Claro, Brotas, Itirapina, Limeira, Araras, Cordeirópolis, Pirassununga, Leme, Porto Ferreira, Santa Rita do Passa Quatro, Piracicaba, Capivari, Cerquilho, Laranjal Paulista, Monte Mor, Rio das Pedras, São Pedro, Tietê, São João da Boa Vista, Aguaí, Espírito Santo do Pinhal, Vargem Grande do Sul, Americana, Hortolândia, Nova odessa, Santa Bárbara d?oeste, Sumaré, Amparo, Águas de Lindóia, Jaguaríuna, Pedreira, Serra Negra e Socorro.

Este novo concurso atende o projeto aprovado pela Assembleia Legislativa do estado (Projeto de Lei 714/10) que criou 2.419 cargos de Escrevente Técnico Judiciário no TJSP, visando a substituição de servidores municipais que vêm prestando serviços em comarcas do interior do estado. De acordo com o informado pela justificativa do PL 714/2010, a criação dos cargos objetiva o atendimento de determinação feita pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ. Os cargos serão criados de forma escalonada até 2019, sendo 50 de Juíz em 2017, 2018 e 2019; e 807 de Escrevente em 2017, mais 806 em 2018 e outros 806 em 2019.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.3/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar