13/07/2021
11/08/2021
10/10/2021
R$ 7.838,08
6
11/10/2021

Anexos

A Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb) não deverá ter mais seu concurso aberto. Com previsão de ter edital até 2020 e com banca já definida (Objetivas), a Companhia deverá ser privatizada em breve.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em agosto que 9 estatais do governo seriam privatizadas, dentre elas a Trensurb. Ainda não há prazo para que isso aconteça, no entanto, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende acelerar o processo para aumentar as receitas do executivo. Segundo o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, com a inclusão dessas novas 9 empresas, a lista de privatizações sobe agora para 17.

Concurso TRENSURB

No total, seriam abertas 4 vagas para contratação imediata, mais formação de cadastro reserva, para vagas de nível médio, técnico e superior. As opções de cargos seriam as seguintes: Agente Metroviário, Técnico de Serviços, Técnico Metroviário, Administrador, Analista Administrativo e Analista Metroviário. Dentro desses cargos há diferentes ocupações. Por exemplo, dentro da carreira de Técnico de Serviços, há vagas para Técnico de Administração, Técnico de Contabilidade e Técnico de Enfermagem do Trabalho.

As contratações imediatas seriam para os cargos de Agente Metroviário, na função de Segurança Metroviário (3 vagas) e no cargo de Analista Administrativo, função de Médico do Trabalho (1 vaga). Nos demais cargos seria formado um cadastro reserva onde as chamadas ocorrem conforme a abertura de vagas - veja o projeto básico do concurso

A seleção valeria por 2 anos e poderia ainda ser prorrogada pelo mesmo período, a critério da Trensurb.

Confira abaixo a lista de cargos e funções que estavam previstas para o próximo concurso da Trensurb:

AGENTE METROVIÁRIO

Ocupação: Segurança Metroviária

TÉCNICO DE SERVIÇOS

Ocupação: Técnico de Administração

Ocupação: Técnico de Contabilidade

Ocupação: Técnico de Enfermagem do Trabalho

TÉCNICO METROVIÁRIO

Ocupação: Técnico em Edificações

Ocupação: Técnico em Eletromecânica

Ocupação: Técnico em Eletrônica

Ocupação: Técnico em Eletrotécnica

Ocupação: Técnico em Estradas

Ocupação: Técnico em Mecânica

Ocupação: Técnico em Telecomunicações

ADMINISTRADOR

Ocupação: Administrador

ANALISTA ADMINISTRATIVO

Ocupação: Analista de Sistemas

Ocupação: Arquivista

Ocupação: Assistente Social

Ocupação: Bibliotecária

Ocupação: Economista

Ocupação: Jornalista

Ocupação: Médico do Trabalho

Ocupação: Nutricionista

Ocupação: Publicitário

Ocupação: Relações Públicas

Ocupação: Secretária Executiva

ANALISTA METROVIÁRIO

Ocupação: Arquiteto

Ocupação: Engenheiro Ambiental

Ocupação: Engenheiro de Segurança do Trabalho

Ocupação: Engenheiro em Eletrônica

Ocupação: Engenheiro Mecânico

[RELACIONADO]

Provas

O edital de cotação eletrônica também previa que as provas exigiriam conhecimentos de português, matemática, raciocínio lógico, conhecimentos gerais, conhecimentos específicos, conhecimentos de administração pública, informática e legislação, variando a exigência de acordo com o cargos. Para agente metroviário, por exemplo, será exigido conhecimentos de português, matemática, raciocínio lógico, conhecimentos gerais e legislação.

A taxa de inscrição no certame já estava definida e seria de R$ 120,00 para empregos de nível superior e de R$ 80,00 para os de nível técnico/médio. A previsão da própria Trensurb era de que cerca 8 mil pessoas se inscrevessem na seleção.

Último concurso

O último concurso do Trensurb aconteceu em 2014 sob realização da banca Objetiva. Foram 643 vagas, dentre imediatas e composição de cadastro reserva, nas funções de Segurança Metroviária, Técnico de Enfermagem do Trabalho, Técnico de Contabilidade, Técnico de Administração, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Edificações, Técnico em Eletromecânica, Técnico em Eletrônica, Técnico em Estradas, Técnico em Mecânica, Analista de Sistemas, Relações Públicas, Secretário Executivo, Jornalista, Publicitário, Médico do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Mecânico, Engenheiro em Eletrônica, Engenheiro Ambiental e Arquiteto.

Os candidatos passaram por prova objetiva com questões de Português, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Conhecimentos em Administração Pública, Conhecimentos Gerais, Legislação e Conhecimentos Específicos como única etapa avaliativa. Esse concurso tem validade até abril de 2019 - saiba mais no edital da última seleção.

No edital de cotação eletrônica a Trensurb faz questão de ressaltar que a realização do novo certame não afetará a contratação de servidores que passaram no último concurso e que ainda podem ser chamados: "Ficam asseguradas as admissões conforme necessidade de provimento dos candidatos classificados no concurso público anterior, realizado em 2014, para os Empregos e Ocupações ora em disputa até o término de suas vigências ou até o esgotamento do cadastro reserva, prevalecendo o que ocorrer primeiro", diz no documento.

Anexos