Planejamento autoriza 100 nomeações na Polícia Rodoviária Federal para Agente Administrativo

A PRF já pode nomear mais 100 aprovados no concurso realizado em 2014 para a função de Agente Administrativo.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) obteve autorização para nomear 100 candidatos aprovados no seu concurso de 2014. A portaria 407 foi publicada no Diário Oficial da União de 1º de dezembro e permite as nomeações para a função de Agente Administrativo, que ocorrerá até 31 de dezembro de 2017, resultado de saldo remanescente no orçamento para provimento de cargos na União - veja no fim da página.

Dentre as exigências para a posse na função estão ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa, estando amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses; estar em gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino; estar quite com as obrigações eleitorais; ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; fiirmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal.

A carreira de Agente Administrativo exige nível médio completo e tem atribuições envolvidas na execução de atividades administrativas de nível intermediário, relativas às competências legais da PRF, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da instituição. O salário inicial do cargo era fixado em R$ 3.812,77 pelo edital, composto de R$ 2.043,17 de vencimento básico acrescido do valor da Gratificação de Desempenho de Atividade de Apoio Técnico-Administrativo à Polícia Rodoviária Federal/GDATPRF que vai de R$ 1.769,60 (80 pontos) a R$ 2.212,00 (100 pontos), ou seja, a remuneração varia de R$ 3.812,77 a R$ 4.255,17, dependendo da avaliação de desempenho do servidor. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O concurso foi aberto pela PRF em abril de 2014 e teve ofera de 216 vagas. Foram registrados 259.136 inscritos. O concurso foi realizado pela FUNCAB. A validade deste concurso vai até julho de 2018 - veja o edital.

Das 216 vagas abertas na seleção, 7 eram para lotação em Goiás, 9 em Mato Grosso, 15 para Mato Grosso do Sul, 17 para Minas Gerais, 1 vaga para o Rio de Janeiro, 10 vagas para lotação em São Paulo, 18 no Paraná, 19 em Santa Catarina, 25 no Rio Grande do Sul, 18 na Bahia, 12 para Pernambuco, 3 no Espírito Santo, 3 em Alagoas, 4 na Paraíba, 3 no Rio Grande do Norte, 3 no Ceará, 10 para o Piauí, 5 no Maranhão, 6 no Pará, 4 em Sergipe, 3 em Rondônia/Acre, 8 vagas para o Distrito Federal, 4 no Tocantíns, 3 no Amazonas, 3 no Amapá e 3 vagas para o estado de Roraima. O concurso reservou também 5% das vagas para candidatos portadores de deficiência. Veja todas as publicações do concurso.

Avalie esta notícia

Nota:

(5.0/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar