Portaria limita número de servidores da Caixa em 90 mil

O documento emitido pelo Ministério da Economia foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira, 8 de janeiro. Documento já está em vigor e influenciará no número de vagas de futuros concursos do órgão.

Por Luana Daniele Ciecelski
Abertura inscrições Em breve Total de vagas 2.000
Encerra inscrições Em breve Salários até R$ 3.100,00

90 mil vagas. Esse é o número máximo estabelecido para o quadro pessoal da Caixa Econômica Federal (CEF) através de uma portaria publicada nessa terça-feira, dia 8 de janeiro de 2019 no Diário Oficial da União (DOU). O documento (Portaria nº 219) foi emitido pelo Ministério da Economia, assinada pelo Secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), Fernando Antônio Ribeiro Soares, e já está em vigor.

Confira a portaria na imagem abaixo. 

Portaria limita número de servidores da Caixa em 90 mil

A medida é justificada como uma forma de controlar o limite do quantitativo de pessoal das empresas estatais federais e manter contabilizados assim, "empregados com contrato de trabalho suspenso por motivo de aposentadoria por invalidez, os empregados efetivos, ingressantes por intermédio de concursos públicos, os empregados que possuem cargos, empregos ou funções comissionadas, os empregados e servidores cedidos, os empregados anistiados com base na Lei nº 8.878, de 11.5.1994, os empregados reintegrados, os empregados contratados por prazo determinado e os empregados que estão afastados por doença, por acidente de trabalho ou por qualquer outra razão".

Além disso, dentro desse número de vagas também seriam considerados os empregados disponibilizados para a Caixa Participações S.A. e para a Caixa Seguridade. Ainda de acordo com o documento, compete à própria Caixa a gerência do quadro de pessoal, praticando atos de gestão para repor empregados desligados ou que vierem a se desligar do quadro funcional, desde que seja observado o limite estabelecido e o orçamento de cada exercício.

Privatização da Caixa está descartada, diz novo presidente

Há vagas

Levando em consideração informações divulgadas no fim do primeiro trimestre de 2018 sobre o número de servidores do banco, é possível afirmar que há vagas para realização de novas seleções. Naquela época o banco contava com uma estrutura de 86.334 funcionários, o equivalente ao número de servidores que o banco tinha em 2010, graças a uma redução gradativa de servidores.

Essas diminuições no quadro geral já eram esperadas e até mesmo incentivadas - por meio de fusões de áreas e de planos de desligamento voluntário criados, além de aposentadorias - por causa de mudanças no cenário econômico do país e também da modernização dos sistemas bancários que funcionam cada vez mais por meio de tecnologias e menos presencialmente, nas agências.

Dessa forma, pelos menos 3 mil vagas estariam abertas no banco atualmente. Além disso, o último certame realizado pelo órgão foi em 2014 e seu prazo de validade já encerrou em meados de 2016. Na época, foram abertas vagas para os cargos de Técnico Bancário (cadastro reserva), Engenheiro (7) e Médico do Trabalho (2) com remunerações entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso da Guarda de Belo Horizonte-MG terá cinco etapas: veja como serão as provasNível: Médio09/07/2019500R$ 2.869,37
Concurso da Prefeitura de São Paulo (SME-SP) 2019 já tem banca definidaNível: Médio, Técnico, Superior05/07/20191.737R$ 5.187,01
Prefeitura de Campo Grande-MS escolhe banca para novo concurso público em 2019Nível: Fundamental, Médio, Técnico, Superior14/07/2019633R$ 7.893,22
Concurso UNIVASF-PE 2019: Edital para Técnicos Administrativos já tem bancaNível: Médio, Técnico, Superior07/07/201938R$ 4.180,66
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais