Concurso Receita Federal 2017: nova movimentação para autorização de 400 vagas

Projeto de Lei Orçamentária mostra que a Receita Federal pode abrir concurso com 400 vagas nos cargos de Auditor Fiscal e Analista Tributário, carreiras de nível superior. Uma nova movimentação no Ministério do Planejamento deve finalmente autorizar o certame.

Por: Adriano G. Maas
0
61 share
0 tweets
94 share

Deve sair nos próximos dias a autorização para abertura de um novo concurso público para provimento de cargos no quadro da Receita Federal do Brasil em 2017. Já com previsão na Lei Orçamentária Anual deste ano, a nova seleção será para 400 vagas em carreiras de nível superior. O documento cita a realização do concurso para os cargos de Auditor e Analista da Receita Federal, carreiras de nível superior, com previsão da contratação dos novos servidores. Veja o documento:

Concurso Receita Federal 2017 terá 400 vagas para nível médio e superiorUma nova movimentação do pedido no Ministério do Planejamento, datada de 27 de julho, mostra que, finalmente, a autorização do novo certame deve sair - acompanhe o pedido.

O órgão aguarda há bastante tempo a autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão para realizar um novo seletivo. A organização do concurso ainda esbarra nos cortes do orçamento da União, que realocou despesas, mantendo apenas a realização de concursos de extrema urgência. Recentemente, o MPDG autorizou 3 concursos para 700 vagas na AGU, ABIN e MAPA.

Atualmente, o quadro da Receita tem 26.727 servidores, sendo 10.178 Auditores, 7.070 Analistas, 6.031 Assistentes Administrativos, 1.486 estagiários e 1.962 funcionários do serviço externo do SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados). A ESAF é a responsável por organizar as seleções da RFB.

De acordo com a própria Receita Federal, o quadro apresenta um grande déficit de pessoal, principalmente para os cargos da carreira de auditoria, na qual estão inseridos os cargos de Auditor Fiscal e Analista Tributário. Visto que nos últimos anos o Planejamento tem autorizado o preenchimento de poucas vagas no órgão, a exigência de servidores da área se torna cada vez mais contundente, já que os profissionais efetivos do quadro já não conseguem suprir a demanda de trabalho da instituição, que desempenha funções de caráter vital para a União, como controle de fronteiras, arrecadação de tributos, entrada e saída de pessoas do país, além de ser responsável, desde o ano de 2007, do gerenciamento das Receitas Previdenciárias.

As carreiras no Ministério da Fazenda são algumas das mais disputadas entre os concurseiros de todo o Brasil, e justamente por isso, a falta de atualizações no processo de análise causa apreensão. Para acontecer, o concurso depende da disponibilidade orçamentária e da aprovação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, que é responsável por autorizar e repassar recursos para que os seletivos possam ocorrer. O pedido de um novo concurso foi feito ainda em maio de 2014, e desde então a solicitação vem tendo movimentações internas no Ministério, o que reforça a previsão da abertura em 2017.

A solicitação inicial era de 1.000 vagas, mas o órgão já acena com a possibilidade de abrir menos oportunidades, já que o Planejamento costuma autorizar apenas uma parcela do solicitado. Além de suprir o aumento na demanda de trabalho da Receita, um novo concurso serviria para repor pessoas do quadro de servidores que já estão aposentados ou afastados por problemas de saúde.

Último concurso

O último grande concurso do órgão aconteceu em 2012, visando a contratação de 750 candidatos para o cargo de Analista Tributário, cuja lotação se deu em diversas unidades da Receita Federal em todo o país. De acordo com a tabela de vencimentos da carreira, os salários mensais do cargo são de R$ 9.256,42, mais auxílio alimentação de R$ 458,00. Veja o edital do concurso do Ministério da Fazenda 2012.

De acordo com o Ministério da Fazenda, seriam necessários atualmente 16.000 Analistas Tributários para suprir a demanda atual de trabalho, porém a Receita opera hoje com apenas 7.900 profissionais do tipo, ou seja, ainda há a necessidade de selecionar pelo menos mais 9.000 servidores para o cargo.

Já em 2014 aconteceu uma seleção somente para o cargo de Auditor Fiscal, que  ofereceu 278 vagas na função e exigiu que os candidatos possuíssem diploma de conclusão de nível superior em qualquer área. Atualmente o cargo oferece remunerações que chegam a R$ 15.743,64, mais auxílio alimentação de R$ 458,00. Veja mais detalhes no edital do concurso de 2014.

Os candidatos de ambos os concursos foram selecionados através de várias etapas, sendo: Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos I, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos II, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; Prova Discursiva de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; e Sindicância de Vida Pregressa de caráter unicamente eliminatório, seguindo regras da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Os conteúdos programáticos das provas objetivas versaram sobre Língua Portuguesa, Espanhol e Inglês, Raciocínio Lógico Quantitativo, Administração Geral e Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributaria, Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Como sempre acontece nos concursos do órgão, as provas foram aplicadas nas 26 capitais dos estados da Federação e no Distrito Federal. Os candidatos aprovados em ambos os concurso tiveram lotação e exercício nas Unidades Centrais da Secretaria da Receita Federal do Brasil, em Brasília-DF, e nas Unidades descentralizadas da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.5/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
JUNTE-SE À DISCUSSÃO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar
  • Flávio Muraro Flávio Rogério Muraro Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 10 meses
    Quero participar aonde tem o que fazer a matrícula para participar desses concursos e o preço que dia que vai ser a prova
    0 Responder
  • Sergio Salazar Sergio Salazar Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 10 meses
    Isso é só uma previsão(indicação do órgão que se planejou para o concurso). A receita federal tem uma dotação orçamentária para realização do concurso público mas ainda depende da autorização do Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão para realização do concurso. Somente após a autorização é que se licitará a banca que realizará o concurso e aí sim se terá definidas as datas de inscrição e realização. Por hora é só se preparar e torcer para que o MPOG autorize o concurso.
    0 Responder
  • Francilene Guedes Francilene da Silva Guedes Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 8 meses
    Vai ter esses concursos aqui em juazeiro do norte, e quando vai ser?
    0 Responder
  • Gleiciane Souza Gleiciane Aparecida Almeida Souza Nível 1 Perg. 0 Resp. 4
    Há 2 meses
    Olá, meu nome é Gleiciane e gostaria muito que vocês pudessem disponibilizar uma oportunidade de emprego, ficarei muito agradecida, pela oportunidade.
    0 Responder
  • Lucinéia Moraes Lucinéia Olivio Alves Moraes Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 1 mês
    Também quero participar, como eu faço, preço, local e dia?
    0 Responder