03/12/2021
23/12/2021
06/02/2022
R$ 8.089,64
171
08/02/2022

Anexos

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) encerrou na quinta-feira de 23 de dezembro as inscrições para participar do grande concurso público aberto em 2021. O edital saiu no Diário Oficial da União de 29 de novembro e tem 171 vagas no órgão. O concurso havia sido autorizado no dia 6 de setembro pelo Ministério da Economia.

Com provas previstas para o dia 6 de fevereiro, o Cebraspe informou que os locais de realização serão divulgados nesta terça-feira, 1º de fevereiro. As informações sobre a realização das provas poderão ser conferidas no site da banca.

As provas objetivas e a prova discursiva para Analista Ambiental terão início às 8 horas. Já para Técnico Ambiental as provas começam às 15h.

Com o aval do governo, o órgão vinha se planejando para promover a nova seleção de servidores efetivos em carreiras de nível médio e superior. O provimento dos cargos será sob regime estatutário, que garante a estabilidade na carreira após aprovação em estágio probatório.

Na mesma oportunidade em que anunciou um novo concurso no ICMBio, o governo abriu também um novo concurso com mais de 500 vagas no IBAMA, que já teve edital lançado e inscreveu até dia 20/12. O Cebraspe coordena ambos.

Segundo a portaria de autorização, o edital tinha prazo para sair até março de 2022, mas veio bem antes. Veja os cargos abertos no novo concurso ICMBio:

Cargo Escolaridade Vagas Salário
Analista Ambiental Superior 61 R$ 8.089,64
Técnico Ambiental Médio 110 R$ 3.605,34

O cargo de Analista Ambiental pede diploma de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação. O cargo atua no exercício de atividades administrativas e logísticas a cargo do ICMBio. O salário do cargo é de R$ 8.089,64 por jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Já a carreira de Técnico Ambiental exigirá apenas curso de ensino médio (antigo segundo grau). O profissional atua no suporte e apoio técnico especializado às atividades dos Gestores e Analistas Ambientais, execução de atividades de coleta; seleção e tratamento de dados e informações especializadas voltadas para as atividades finalísticas; além de orientação e controle de processo voltados às áreas de conservação, pesquisa, proteção e defesa ambiental. O salário inicial da carreira é de R$ 3.605,34 também por 40 horas semanais.

As lotações podem ser conferidas no edital.

Prepare-se: Apostila de estudo específica para concurso do ICMBio

- Veja a autorização dos concursos para 739 vagas no IBAMA e ICMBio

Inscrição no concurso ICMBio

As inscrições no novo concurso foram até 18h do dia 23 de dezembro de 2021 pela internet, no endereço eletrônico www.cebraspe.org.br/concursos/icmbio_21.

A taxa de inscrição custará R$ 72,80 para o cargo de Técnico e R$ 104,00 para Analista.

As provas do concurso estão previstas para o dia 06 de fevereiro de 2022 e ocorrerão nas cidades de Belém-PA, Macapá-AP, Manaus-AM, Porto Velho-RO, Rio Branco-AC e São Luís-MA.

As provas serão do tipo Certo e Errado, sendo 120 questões para cargos de nível médio e 100 questões para nível superior. Haverá ainda prova discursiva - redação, para os dois cargos.

Prepare-se: Apostila de estudo para cargos do ICMBio

Os gabaritos sairão no dia 08 de fevereiro e os resultados no dia 07 de março de 2022.

Último concurso no ICMBio foi há 7 anos

O último concurso teve edital publicado no dia 13 de janeiro de 2014 e abriu 271 vagas em cargos de nível médio e superior para lotação nos estados de Mato Grosso, Pará, Amazonas, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, Maranhão, Distrito Federal e Pernambuco.

O concurso foi executado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cebraspe).

As vagas abertas de Analista Ambiental (foram 30 na ocasião) eram apenas para os estados de Mato Grosso (4) e Pará (26). Já para Técnico Ambiental as 53 vagas abertas tiveram distribuição entre os estados de Amazonas (22), Distrito Federal (4), Espírito Santo (2), Goiás (1), Maranhão (2), Minas Gerais (1), Pará (15), Paraíba (2), Pernambuco (1), Paraná (2) e São Paulo (1).

Anexos