02/12/2020
21/12/2020
11/07/2021
R$ 16.670,59
301
13/07/2021

Anexos

Neste domingo de 11 de julho ocorreu a primeira etapa de provas do concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, para os cargos de Agente e Escrivão. Já para o cargo de Delegado de Polícia, a primeira etapa ocorrerá no próximo domingo, 18 de julho.

Foram 61.042 candidatos inscritos que disputam 301 vagas, sendo 47 na carreira de Delegado de Polícia, 230 vagas para Agente de Polícia e mais 24 vagas para Escrivão de Polícia Civil Substituto. Os salários ofertados pelo órgão variam entre R$ 4.731,91 e R$ 16.670,59.

As provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, contaram com questões de múltipla escolha. Essas, serão avaliadas em uma escala de zero a 100 pontos, sendo considerado aprovado o concorrente que obtiver acertado, no mínimo, 50 pontos do total de questões da prova, considerados os empatados na última posição.

Juntamente com as provas objetivas, os candidatos realizaram provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório. Nesta etapa, serão considerados o grau de conhecimento do tema demonstrado pelo candidato e a fluência e a coerência da exposição, conforme itens de avaliação do edital.

Gabaritos da Polícia Civil-RN

O gabarito preliminar com as respostas das provas objetivas será divulgado por meio do endereço eletrônico da organizadora FGV na terça-feira, 13 de julho.

O concurso teve mais de 60 mil candidatos inscritos, sendo:

  • Agente de Polícia Civil Substituto - 230 vagas e 32.239 candidatos (140,17 por vaga);
  • Delegado de Polícia Civil Substituto - 47 vagas e 24.079 inscritos (512,32 por vaga);
  • Escrivão de Polícia Civil Substituto - 24 vagas e 4.724 candidatos (196,83 por vaga).

Concurso da PC-RN terá mais etapas

Além das provas objetiva e discursiva, o concurso terá Teste de Aptidão Física para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, realizado em data, local e horário a serem determinados em edital próprio. O teste, visa a avaliar a capacidade do candidato para suportar, física e organicamente, as exigências para desempenhar as tarefas típicas da categoria funcional.

Apenas para o cargo de Escrivão de Polícia Civil Substituto, haverá Prova Prática de Operador de Micro, de caráter eliminatório. Esta etapa, valerá 10 pontos e consistirá de elaboração de uma planilha no Excel, que deverá ser convertida em uma tabela para uso em um documento do Word. Demais informações a respeito da prova prática constarão no edital específico de convocação dessa fase.

Para os cargos de Agente de Polícia Civil Substituto e Delegado de Polícia Civil Substituto, haverá Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório. Esta, será realizada por uma Banca Examinadora a ser designada, que emitirá parecer conclusivo sobre os candidatos. Os testes psicológicos consistirão na avaliação objetiva e padronizada de características cognitivas e de personalidade dos candidatos, mediante o emprego de técnicas científicas. Após as avaliações, o concorrente será considerado apto ou inapto para exercício do cargo.

Serão convocados para o Exame Médico todos os candidatos considerados aptos na Avaliação Psicológica. Este, de caráter eliminatório, avaliará se o candidato possui as condições físicas necessárias para desempenhar as atribuições do cargo, sendo o candidato considerado apto ou inapto.

Os candidatos habilitados no Exame Médico, serão convocados para a Investigação Social, de caráter eliminatório. Esta, verificará a conduta irrepreensível e a idoneidade moral necessárias ao exercício do cargo objeto deste certame. Após a investigação o candidato será considerado recomendado ou não recomendado.

O prazo para a interposição de recursos será de dois dias úteis, a contar do dia subsequente ao da publicação do ato a ser recorrido.

Curso de Formação

Após serem considerados recomendados na Investigação Social, os candidatos serão convocados para o Curso de Formação. Este, terá caráter eliminatório e o candidato será considerado aprovado ou reprovado. O Curso de Formação, será realizado pela Academia de Polícia Civil, regido por edital próprio que estabelecerá a frequência e o rendimento mínimos a serem exigidos, bem como as demais condições de aprovação.

Durante o Curso de Formação, o candidato terá auxílio financeiro de 50% da remuneração básica do cargo.

A validade do concurso será de dois anos para chamamento dos aprovados, a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Anexos