Como conciliar trabalho e estudos para concurso; veja 5 dicas

Será mesmo possível passar no tão sonhado concurso público trabalhando e estudando ao mesmo tempo? Neste artigo vamos responder essa questão com algumas dicas valiosas para conseguir seu objetivo.

Por Mateus Nunes de Paula

Desde já cabe dizer que SIM! Ao conversar com alguns servidores públicos, podemos ver em suas histórias que há sempre aqueles que foram aprovados mesmo estudando e trabalhando; outros que passaram estudando para suas graduações e para concursos; muitos que decidiram abandonar seus empregos para estudar integralmente e até mesmo alguns que faziam as três coisas ao mesmo tempo (há de se falar daqueles que ainda cuidam do lar e dos filhos).

Dessa forma, há sim possibilidade da aprovação seja qual for as suas dificuldades ou contratempos. Mas para aqueles que trabalham e estudam, em especial, vamos listar algumas técnicas que podem melhorar seu desempenho para acelerar o seu processo de aprovação.

  1. Estabeleça uma rotina diária de estudos e cumpra;
  2. Estude nos seus intervalos;
  3. Aproveite para retomar os estudos no trajeto de ida e volta;
  4. Exercite sua motivação diária;
  5. Abra mão de certos lazeres, mas mantenha a saúde em dia

É possível conciliar trabalho com os estudos para concurso?É possível conciliar trabalho com os estudos para concurso?

 

  1. Estabeleça uma rotina diária de estudos

Para aqueles que trabalham e não têm tanto tempo disponível como aqueles que se dedicam integralmente; eficientize seu tempo de estudo. Uma vantagem dos concurseiros que trabalham em relação àqueles que não trabalham é a facilidade muito maior de estabelecer uma rotina de estudos. Os concurseiros em tempo integral, apesar de terem tempo de sobra, tendem a procrastinar mais. Por acharem que o tempo é quase que ilimitado, muitos acabam adiando tarefas e não estabelecendo uma rotina fixa.

Estabelecer uma rotina de estudos, faz com que você se comprometa diariamente com o horário estabelecido para tal. Após algumas semanas, você estará estudando de forma natural, sem maiores dificuldades e tornando essa rotina menos maçante e cansativa.

Alguns preferem estudar antes de ir ao trabalho, já outros ao chegar em casa. Vale lembrar que para ter eficiência e acostumar-se com essa rotina, os estudos devem ser diários em um horário ajustado e não algumas só vezes na semana. Claro que existem imprevistos como chegar em casa mais tarde por ter realizado hora extra, afazeres domésticos, filhos, faculdade e outras coisas. Assim, o importante é manter a organização da sua rotina estabelecendo os momentos certos para programar uma atividade e cumpri-la.

  1. Estude nos seus intervalos

Aproveite todos os intervalos e tempo disponível para estudar. Muitas empresas exigem horário mínimo de intervalo de 1h e para quem almoça perto do trabalho ou tem disponível refeitório dentro da empresa, por exemplo, tem condições de almoçar em um período de 20 ou 25 minutos e utilizar o tempo restante para estudar.

Para dias mais próximos das provas, vale a pena reduzir o almoço ou até mesmo substitui-lo por alguns lanches para sobrar mais tempo para estudar. Por mais que pareça pouco, 30 minutos diários do almoço dedicados aos estudos já são 2 horas e meia por semana.

Obviamente, você deve manter uma alimentação saudável, já que isso influencia muito no seu desempenho.

Importância de uma boa alimentação para os estudos

  1. Estudar no trajeto também serve

Outra vantagem para quem utiliza o transporte coletivo é usar o período diário no ônibus, metrô ou trem quando se desloca indo e voltando do trabalho. Para quem tem dificuldade em carregar o material de estudos no ônibus (livros e cadernos são pesados), existem alguns aplicativos de questões que podem ser baixados no celular, pode ainda colocar materiais em pdf, fazer upload de audioaulas, videoaulas. Ou seja, existem várias opções que você pode usar durante esse meio tempo.

  1. Aproveite sua motivação diária

Embora o tempo seja escasso, faça valer a sua motivação diária. A maioria dos concursos oferece salários de pelo menos 2x ou 3x mais do que se ganha na iniciativa privada, sem falar no quesito estabilidade.

Então, toda vez que chegar cansado do trabalho ou antes de ir para o trabalho pense: vale a pena eu continuar nesse emprego para sempre? Vou conseguir conquistar meus objetivos com esse salário e benefícios atuais? Se eu for para outra empresa, vou conseguir ganhar uma remuneração, benefícios a longo prazo e qualidade de vida no trabalho aparelhada com o cargo público que desejo? Até quando terei estabilidade no meu atual emprego?

Respondendo a essas perguntas, fica mais claro na sua mente saber o que realmente quer para o futuro. Por mais que a motivação não seja diária, deve pensar nas perguntas acima e procurar um incentivo, por mais difícil e cansativo que seja.

A questão é: como você mantém a chama dos seus sonhos acesa?

  1. Abra mão de certos lazeres

Já deve ter ouvido muitos concurseiros falar: Ah, eu não saio pra nada, só estudo... Ah, vou pra balada e não estou nem aí, não sou de ferro.

Bom, sabemos que os concursos estão cada vez mais acirrados e disputados, aqueles que trabalham possuem ainda menos tempo para estudar e se preparar. Por isso, se você tiver mesmo almejando um bom cargo público, deve estar disposto a abrir mão de certos lazeres, alguns finais de semanas, feriados, encontro com amigos e colegas.

Abrir mão disso tudo não é uma condição necessária e suficiente para passar em um concurso, contudo, se você trabalha e estuda pra concursos, deve estar disposto a dispensar alguns desses momentos para conquistar a sua vaga. Quanto mais você demorar para perceber isso mais vai demorar até conseguir a sua aprovação.

Embora essa seja uma decisão pessoal pense bem o que vale mais a pena: estudar muito e abrir mão de alguns finais de semana e lazer mas passar em 1 ano ou estudar sem abrir mão de seus finais de semana, lazeres e passar em 5 anos?

Claro que tudo deve ser feito com equilíbrio. O lazer e os momentos longe dos livros podem recarregar as suas energias. O que não é recomendável é gastar a maior parte do seu tempo com atividades ociosas.

Diante das técnicas e sugestões apontadas, acreditamos que você terá maiores chances de obter a tão sonhada aprovação mesmo trabalhando fora. O mais importante é jamais desistir, não arranjar desculpas para não estudar (seja a faculdade, o trabalho, o emprego, os filhos, a família ou qualquer outra justificativa que você encontre para afastar-se dos seus sonhos) e se manter sempre organizado com as suas tarefas.

De fato, aqueles que necessitam trabalhar para ajudar com as despesas de casa ou até mesmo para se manter precisam se esforçar muito mais que aqueles que não possuem essa necessidade. Contudo, isso não deve ser motivo de desânimo, e sim de incentivo e força para não abandonar o objetivo maior, o de ser aprovado!

Como diz a música: faça da suas dificuldades sua motivação! Todos os concurseiros têm condições de serem aprovados, seja qual for o concurso e área de atuação. Embora alguns tenham mais tempo e outros menos, alguns tenham que trabalhar e outros não, o que faz a diferença é a persistência e a dedicação de cada um.

Concluímos por aqui e esperamos que tenham gostado. 

Lembre-se de que para todo sacrifício há uma recompensa e certamente você será recompensado muito em breve pelo seu esforço!

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Minha foto