07/06/2021
28/06/2021
15/08/2021
R$ 16.045,30
94
17/08/2021

Anexos

Saiu o esperado edital do novo concurso da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (concurso Sefaz-CE). O governador Camilo Santana divulgou no Diário Oficial de 21/05 as normas de abertura do concurso para 94 vagas em quatro carreiras de Auditor Fiscal. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos - Cebraspe é quem coordena o certame.

Os candidatos aprovados serão alocados nas unidades da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará, de acordo com a conveniência, oportunidade e necessidade administrativa. O salário inicial dos Auditores será de R$ 16.045,30, por regime de trabalho de 40 horas por semana.

Camilo Santana disse ainda que a nova seleção irá reservar 20% das vagas às pessoas negras, conforme lei estadual aprovada recentemente, em 25 de março. "autorizei o lançamento do edital do concurso da Sefaz para 94 vagas. As inscrições começam já em junho". frisou.

Cargos do concurso SEFAZ-CE

A seleção terá vagas em 4 áreas de atuação e abrangerá os cargos de:

  • Auditor Fiscal da Receita Estadual (50 vagas) - Exige nível superior em qualquer área de formação;
  • Auditor Fiscal Contábil-Financeiro da Receita Estadual (13) - Exige nível superior em ciências contábeis, administração ou economia;
  • Auditor Fiscal Jurídico da Receita Estadual (20) - Exige conclusão de curso de nível superior em direito;
  • Auditor Fiscal de Tecnologia da Informação da Receita Estadual (11 vagas) - Exige nível superior em ciências da computação, informática ou processamento de dados.

Haverá também reserva de vagas de 5% para os candidatos portadores de deficiência.

Inscrição no concurso SEFAZ-CE

As inscrições no concurso devem ser realizadas via internet, no endereço eletrônico do Cebraspe - www.cebraspe.org.br/concursos/sefaz_ce_21, das 10 horas do dia 07 de junho às 18 horas do dia 28 de junho de 2021 (horário oficial de Brasília/DF). O valor da taxa de inscrição está fixado em R$ 180,00.

Os candidatos inscritos passarão por três etapas de avaliação, sendo elas:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório com 160 questões de conhecimentos básicos e específicos;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório com duas questões discursivas e um estudo de caso;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva será realizada na data prevista de 15 de agosto de 2021, na cidade de Fortaleza-CE, nos locais a serem divulgados no dia 05 de agosto. Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados pelo Cebraspe a partir das 19 horas do dia 17 de agosto.

As provas objetivas envolverão os seguintes conteúdos:

Conhecimentos básicos para todos os cargos

  • Administração Pública;
  • Ética na Administração Pública;
  • Sociologia do Direito;
  • Educação Fiscal;
  • Finanças Públicas;
  • Informática;
  • Matemática e Raciocínio Lógico;
  • Legislação Tributária do Ceará;
  • Economia Brasileia;
  • Economia Internacional

Conhecimentos Específicos

Auditor Fiscal da Receita Estadual

  • Administração Geral;
  • Administração Orçamentária e Financeira e Patrimonial;
  • Auditoria Fiscal;
  • Contabilidade Geral;
  • Contabilidade de Custos;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Tributário;
  • Direito Civil;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Estatística;
  • Legislação Tributária o Estado o Ceará;
  • Orçamento Público.

Auditor Fiscal Contábil-Financeiro

  • Administração Geral;
  • Administração Orçamentária e Financeira e Patrimonial;
  • Contabilidade Geral;
  • Contabilidade de Custos;
  • Contabilidade Pública;
  • Economia;
  • Economia Internacional;
  • Licitação e Gestão de Contratos;
  • Estatística;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Tributário;
  • Orçamento Público.

Auditor Fiscal Jurídico

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Econômico;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Financeiro;
  • Direito Tributário;
  • Legislação Tributária do Estado do Ceará.

Auditor Fiscal de Tecnologia da Informação

  • Análise, Desenho e Automação De Processos;
  • Arquitetura de Desenvolvimento De Software;
  • Big Data & Analytics;
  • Business Intelligence;
  • Devops;
  • Desenvolvimento e Gestão Ágil de Projetos/Demandas;
  • Estatística;
  • Gestão de Contratos;
  • Gestão de Produto;
  • Inteligência Artificial;
  • Internet das Coisas;
  • Nuvem Computacional;
  • Orientações a Serviço;
  • Virtualização de Servidores;
  • Segurança da Informação, Segurança de Datacenter, Segurança de Dispositivos, Disponibilidade;
  • Sistemas Distribuídos;
  • Rede de Computadores;
  • Língua Inglesa;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo.

As provas objetivas valerão 160 pontos e serão do tipo Certo e Errado, onde cada acerto soma um ponto e cada erro desconta um ponto na nota final. Caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E) não há soma nem desconto de pontos.

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso o candidato que se enquadrar em, pelo menos, um dos itens a seguir:

  1. Obtiver nota inferior a 12,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  2. Obtiver nota inferior a 30,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  3. Obtiver nota inferior a 48,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Da prova discursiva

A prova discursiva valerá 10 pontos e consistirá de duas questões, valendo 2,50 pontos cada, a serem respondidas em até 20 linhas cada, e um estudo de caso, valendo 5,00 pontos, com até 45 linhas, acerca dos objetos de avaliação constantes dos conhecimentos específicos para cada cargo

Os textos definitivos da prova discursiva deverão ser manuscritos, em letra legível, com caneta esferográfica de tinta preta.

Títulos

Já a avaliação de títulos terá a seguinte pontuação:

  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado: 2,40 pontos;
  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado: 1,20 ponto;
  • Certificado de curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360 h/a: 1,20 ponto;
  • Aprovação em concurso público na Administração Pública ou em processo seletivo, na iniciativa privada: até 0,40 ponto;
  • Exercício de atividade autônoma ou profissional de nível superior na Administração Pública ou na iniciativa privada: 0,60 ponto por ano completo, sem sobreposição de tempo, até 4,80 pontos.

O concurso valerá por um ano para o chamamento dos aprovados, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Pública. Veja o edital completo da seleção:

Anexos