28/07/2022
03/08/2022
R$ 4.000,00
15.015

Iniciando agora em agosto as pesquisas do Censo 2022, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE abriu mais um processo seletivo que visa contratação emergencial de trabalhadores temporários para o Censo Demográfico de 2022 que ocorrerá em todo o país.

As 15.075 vagas abertas para novos Recenseadores, função que exige apenas nível fundamental completo para concorrer, ainda aceitam inscrições. A previsão de duração dos contratos é de até três meses, podendo haver prorrogação.

A nova seleção foi aberta tendo em vista as localidades que não tiveram o quadro formado. Assim, novos candidatos poderão agora preencher estas vagas.

A remuneração será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. A jornada de trabalho recomendável para a função é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

Como a remuneração é por produção, o Recenseador pode atuar em jornada de até 50h semanais, aumentando assim seus rendimentos.

Inscrições IBGE Recenseador

As inscrições para a nova seleção são gratuitas e de forma presencial. O prazo vai até esta quarta-feira, 03 de agosto de 2022, após retificação que prorrogou o prazo. Para realizar a inscrição, o candidato deverá entregar o formulário de inscrição preenchido no local de inscrição de sua cidade, disponível na página do IBGE.

As localidades com vaga aberta e os postos de inscrição para entrega do formulário podem ser conferidos no anexo do edital - veja aqui o anexo.

O concurso será composto apenas por Análise de Títulos, de caráter classificatório e valerá até 10 pontos. Contam pontos a escolaridade do candidato. Veja no edital de abertura mais informações.

O que é necessário para ser um Recenseador

  • Capacidade auditiva e de comunicação verbal para realizar entrevistas e coletar dados fazendo uso de dispositivo móvel de coleta;
  • Ter acuidade visual para leitura e preenchimento dos questionários e formulários impressos e/ou em meio eletrônico;
  • Ter acuidade visual para interpretar mapas e croquis de setores censitários e identificar no campo os pontos que constituem os limites dos setores;
  • Capacidade de locomoção para execução de trabalhos de campo, nas zonas urbana e rural, em áreas de terreno íngreme, localidades de difícil acesso e áreas de ocupação irregular, bem como para acesso em prédios e residências com escadarias e sem rampas de acesso ou elevadores, caminhos e estradas não pavimentadas;
  • Capacidade motora para manusear o dispositivo móvel de coleta durante a realização de entrevista, que pode ocorrer em condições precárias e preencher os questionários e formulários, registrando números, palavras e marcas, com a precisão exigida pelo dispositivo móvel de coleta; e,
  • Agilidade para cumprir as tarefas determinadas, nos prazos exigidos, em conformidade com o cronograma da operação censitária e de acordo com o padrão de qualidade requerido.

Atribuições de um recenseador

  • Cumprir as orientações recebidas por meio do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta; apresentar-se ao informante com o uniforme e o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá;
  • Assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho;
  • Coletar, presencialmente e/ou por telefone, as informações do Censo Demográfico 2022 em todos os domicílios do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo para comparecer ao Posto de Coleta, conforme determinação do Agente Censitário Municipal ou do Agente Censitário Supervisor;
  • Manter o sigilo dos dados emitidos pelo informante; consultar relatórios diversos de acompanhamento de coleta no dispositivo móvel e sanar as eventuais pendências apontadas;
  • Zelar pelo bom uso de todos os materiais e equipamentos recebidos;
  • Devolver, ao fim do contrato, todos os materiais recebidos, garantindo que sejam devolvidos nas mesmas condições em que foram recebidos;
  • Entregar ao Agente Censitário Municipal ou ao Agente Censitário Supervisor o computador de mão com as entrevistas realizadas e outras informações coletadas, de acordo com as instruções recebidas;
  • Manter o supervisor informado sobre a coleta de dados no setor censitário, quando impossibilitado de comparecer ao Posto de Coleta;
  • Manter produção e padrão de qualidade adequados, cumprindo os índices de produtividade mensais estabelecidos pela Unidade Estadual;
  • Participar de treinamentos; preservar o sigilo das informações;
  • Reconhecer os limites e a área do setor censitário que lhe for designado, acompanhado pelo Agente Censitário Municipal ou pelo Agente Censitário Supervisor quando necessário, registrando as falhas e/ou inconsistências porventura encontradas na descrição dos limites;
  • Respeitar todo arcabouço legal e ético inerente à função, bem como denunciar todo e qualquer tipo de fraude;
  • Retornar aos domicílios recenseados para complementar as informações e/ou corrigir as falhas apontadas pela supervisão;
  • Manter-se atualizado acerca dos conceitos e procedimentos definidos para a coleta de dados;
  • Transmitir regularmente os dados das entrevistas coletadas e manter a versão de software atualizada no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas;
  • Seguir as medidas protocolares de prevenção e proteção à saúde determinadas pelo IBGE;
  • Utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs) distribuídos pelo IBGE e executar outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas por seus superiores hierárquicos.