Concurso da PRF para Agente Administrativo é prorrogado até 2018

Concurso realizado pela Polícia Rodoviária Federal na carreira administrativa tem validade estendida por mais 2 anos. A seleção ofertou 216 vagas para o cargo de Agente Administrativo que tem salário inicial de R$ 3.812,77.

Por: Adriano G. Maas
0
0 share
0 tweets
0 share

Está prorrogado o período de vigência do concurso da PRF para Agente Administrativo. Por meio da Portaria Nº 242, publicada no dia 29 de junho pelo Diário Oficial da União, a Polícia Rodoviária Federal prorroga até julho de 2018 o prazo de validade da seleção que teve 216 vagas abertas no cargo de Nível Intermediário de Agente Administrativo do Plano Especial de Cargos do Departamento da PRF. Veja a prorrogação.

Concurso da Polícia Rodoviária Federal vale mais 2 anos para Agente AdministrativoO concurso realizado foi autorizado pela Portaria nº 557, de 27 de dezembro de 2013, e teve edital lançado no dia 07 de abril de 2014.

A portaria informa que a prorrogação se deu tendo em vista a existência de candidatos aprovados no Cadastro de Reserva e que o processo nº 08650.002306/2014-61 em andamento no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão solicita autorização para nomeação de mais 44 aprovados excedentes deste concurso. A validade da seleção contará agora por mais 2 anos, a partir de 04 de julho de 2016.

O concurso realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o cargo teve coordenação da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) e registrou 259.136 inscritos para lotação em todo o país. Veja a concorrência.

A carreira de Agente Administrativo exige nível médio completo e tem atribuições envolvidas na execução de atividades administrativas de nível intermediário, relativas às competências legais da PRF, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da instituição.

O salário inicial do cargo é fixado em R$ 3.812,77, composto de R$ 2.043,17 de vencimento básico acrescido do valor da Gratificação de Desempenho de Atividade de Apoio Técnico-Administrativo à Polícia Rodoviária Federal/GDATPRF que vai de R$ 1.769,60 (80 pontos) a R$ 2.212,00 (100 pontos), ou seja, a remuneração varia de R$ 3.812,77 a R$ 4.255,17, dependendo da avaliação de desempenho do servidor. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

As provas aplicadas para seleção dos mais de 250 mil candidatos interessados tiveram 60 questões sobre conhecimentos básicos e específicos, sendo 12 delas sobre Língua Portuguesa, 6 de Ética e Conduta Pública e 6 de Raciocínio Lógico, envolvendo os cohecimentos básicos; e 6 sobre Noções de Direito Constitucional, 6 de Noções de Direito Administrativo, 6 de Noções de Administração, 6 sobre Noções de Arquivologia, 6 de Noções de Informática e 6 questões de Legislação Relativa à PRF, estas de Conhecimentos Específicos. O candidato deveria ter, pelo menos, 30% dos pontos da Prova Objetiva para não ser eliminado.

Das 216 vagas abertas na seleção, 7 eram para lotação em Goiás, 9 em Mato Grosso, 15 para Mato Grosso do Sul, 17 para Minas Gerais, 1 vaga para o Rio de Janeiro, 10 vagas para lotação em São Paulo, 18 no Paraná, 19 em Santa Catarina, 25 no Rio Grande do Sul, 18 na Bahia, 12 para Pernambuco, 3 no Espírito Santo, 3 em Alagoas, 4 na Paraíba, 3 no Rio Grande do Norte, 3 no Ceará, 10 para o Piauí, 5 no Maranhão, 6 no Pará, 4 em Sergipe, 3 em Rondônia/Acre, 8 vagas para o Distrito Federal, 4 no Tocantíns, 3 no Amazonas, 3 no Amapá e 3 vagas para o estado de Roraima. O concurso reservou também 5% das vagas para candidatos portadores de deficiência. Veja todas as publicações do concurso.

O cargo de Agente Administrativo não possui plano de carreira, segundo consta na página da PRF.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.0/5.0)
Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
JUNTE-SE À DISCUSSÃO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar
  • Tonho Santana Tonho Santana Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 5 meses
    Muito bom
    0 Responder
  • Allan Santos Allan Santos Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 2 meses
    a prorrogação deste exclui a possibilidade de um novo concurso no final de 2017?
    0 Responder