Concurso INMETRO 2019: órgão pede nova autorização para 400 vagas

Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia tem alto déficit de servidores e busca novo edital em 2019. Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) vai tentar junto ao Planejamento a liberação da autorização.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

É aguardado um grande concurso público com expectativa de 400 vagas no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia em 2019 (concurso INMETRO). O órgão espera ter autorização concedida pelo novo governo no início do próximo ano para abertura de um novo certame, buscando amenizar o alto déficit de pessoal em todas as carreiras.

INMETRO pede nova autorização para 400 vagasO presidente do órgão, Professor Azevedo, ressaltou o "esvaziamento" do INMETRO por aposentadorias. "Hoje, 250 servidores já estão aptos a se aposentar, recebendo o abono permanência. Nos próximos anos, mais estarão na mesma situação", disse. Lembrou que o INMETRO é um órgão superavitário, que gera receita para o governo e que há necessidades de mais servidores neste momento para atenderem as demanda crescentes do governo, no que tange a questões envolvendo qualidade e metrologia. Finalizou ressaltando a complexidade das funções exercidas pelos servidores e que leva tempo para que um servidor possa atuar em sua plenitude no desempenho de suas funções. Desta forma, a troca de experiências com servidores mais antigos é fundamental.

O representante do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), ao qual o INMETRO é vinculado, reforçou o pleito dizendo que o ministério também esta preocupado com estas questões, tanto que expediu o aviso ministerial 083/2017 solicitando o ingresso de novos servidores e um novo concurso público.

De acordo com o presidente do Sindicato nacional dos Servidores do Inmetro (Asmetro), Sérgio Ballerini, da atual carência de pessoal, mais de 70% encontram-se no estado do Rio de Janeiro, onde está localizada a sede do órgão. O pedido para autorização que tramita no Ministério do Planejamento encontra-se em análise na Secretaria Executiva da pasta, ainda sem data para definição.

O órgão ainda não informou o quantitativo de vagas a serem ofertadas, mas solicitou 435, mesmo número pedido em 2017 e negado mais tarde, em maio do ano passado. As 435 novas vagas seriam distribuídas entre as carreiras de:

- Assistente em metrologia e qualidade: 131 vagas;

- Técnico em metrologia e qualidade: 91 vagas;

- Analista em metrologia e qualidade: 61 vagas;

- Pesquisador-tecnologista em metrologia e qualidade: 139 vagas;

- Especialista em metrologia e qualidade: 13 vagas.

As carreiras de assistente e técnico exigem ensino médio completo e/ou curso técnico. Já os cargos de analista e pesquisador pedem formação superior e de Especialista requer doutorado há pelo menos dez anos.

Os salários iniciais oferecidos correspondem ao valor de R$ 4.432,82 para técnico, R$ 4.716,42 para assistente, R$ 8.884,88 para analista e pesquisador e a R$ 17.885,54 para especialista, já somando o auxílio-alimentação de R$ 458,00 pago pelo governo federal.

Último concurso

O último concurso do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) foi realizado em 2014 sob responsabilidade da banca Idecan. Na ocasião foram ofertadas 78 vagas, sendo 56 para o estado do Rio de Janeiro, 12 para o Goiás e 12 para o Rio Grande do Sul.

As vagas envolveram cargos de técnico, assistente, pesquisador e analista. A remuneração para os cargos de nível médio e médio/técnico eram de R$ 2.168,07 e para nível superior de R$ 4.065,64.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas de conhecimentos básicos e específicos, avaliação de títulos e curso de formaçãor - veja mais sobre as provas da última seleção nos editais do concurso INMETRO 2014.

Avalie esta notícia

Nota:

(5.0/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar