DNIT encaminha solicitação para realizar concurso em 2017

De acordo com o Serviço de Informação do Ministério do Planejamento, o pedido de um novo concurso do DNIT já foi formalizado, entretanto, ainda não há a previsão de quando um novo certame poderá ser realizado.

Por:
0
31 share
1 tweets
6 share

O Ache Concursos entrou em contato com o Serviço de Informações ao Cidadão do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão para pedir informações sobre o andamento da solicitação do próximo concurso do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT, órgão vinculado ao Ministério de Transportes. Desde 2014 o órgão aguarda pelo aval do ministério para selecionar novos servidores, mas tem esbarrado na suspensão de novos concursos, anunciada pelo governo federal em 2016.

Segundo a nota recebida por nossa equipe "a demanda de autorização de concurso público enviada para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte - DNIT foi formalizada, [e em seguida] devolvida ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil - MT em 28.06.2016, mas em decorrência de diretrizes governamentais, as autorizações de concursos públicos para 2016 e 2017 estão suspensas, bem como as demandas de provimento de cargos que excedam os quantitativos fixados em edital".

DNIT encaminha solicitação para realizar concurso em 2017Conforme consta na tramitação da solicitação enviada pelo DNIT ao Planejamento, o órgão solicitou a abertura de 1.131 vagas, que deverão ser distribuídas entre as funções de Analista e Técnico, uma vez que a validade do último certame expirou em 23 de maio de 2015. As últimas convocações já foram feitas, conforme documento divulgado no Diário Oficial da União do dia 20 de maio.

Prepare-se: Apostila de estudo para concurso do DNIT

Sobre o último concurso

O último concurso do órgão aconteceu entre 2012 e 2013 e foi coordenado pela Escola de Administração Fazendária (ESAF). O seletivo destinou-se à seleção de 1.200 candidatos para cargos de nível médio e superior, com salários entre R$ 2.507,30 e R$ 7.815,81, onde foram mais de 110 mil inscritos, gerando uma concorrência média de 98 candidatos por vaga. As vagas foram distribuídas entre várias regiões do país - veja o edital.

Para candidatos de nível superior, as vagas no DNIT foram para Analista em Infraestrutura de Transportes nas seguintes especialidades: Ambiental, Geoprocessamento e Engenharia Civil. A remuneração na época era de R$ 7.815,81. Ainda para nível superior, ofertou-se vagas também para Analista Administrativo nas áreas Contábil, Tecnologia da Informação e Administrativa com vencimentos de R$ 5.408,21.

Os candidatos de nível médio com curso técnico em qualquer área puderam concorrer ao cargo de Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes nas especialidades de Laboratório e Topografia, que tem salário de R$ 3.545,88. Quem possuía formação de nível médio completo pode tentar vagas de Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes na especialidade de Estradas, que tem salário inicial de R$ 3.545,88; e Técnico Administrativo, que tem remuneração de R$ 2.507,30, segundo o edital daquele ano.

O concurso foi composto por duas provas objetivas e uma prova discursiva para todos os cargos, que discorreram sobre os conteúdos de língua portuguesa, raciocínio lógico-quantitativo, direito constitucional, administrativo, financeiro e conhecimentos de economia brasileira contemporânea, além de conhecimentos específicos de acordo com cada cargo. O prazo de validade do concurso foi de 1 ano, sendo prorrogado uma vez, por igual período.

Confira os concursos previstos para 2016 e 2017

Os candidatos que possuem interesse em prestar o próximo concurso do DNIT já podem começar a se preparar, mesmo que o edital não tenha sido lançado ainda. Caso a banca se mantenha, o que vai ser definido quando da autorização do certame, estudar por meio de provas e simulados da ESAF e dos concursos anteriores do órgão é uma maneira de adquirir um bom preparo para o próximo seletivo. Esta parte prática, de provas e simulados, não só auxilia o candidato em seu conhecimento, como também o permite conhecer o estilo da banca de compor as questões da banca, além de verificar se a mesma se utiliza de macetes e pegadinhas.

Além disso, o candidato já pode começar a investir seus estudos na língua portuguesa, que é a disciplina mais pedida em concursos e a que mais reprova por falta de conhecimento e habilidade dos candidatos.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.7/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar