IBGE deverá abrir 240 mil vagas temporárias para o Censo 2020

Cerca de 400 vagas devem abrir já em 2019, para servidores que irão atuar na preparação da operação censitária. IBGE aguarda apenas a aprovação do Ministério do Planejamento para lançar a seleção.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

Está confirmado: o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deverá abrir inscrições para a contratação de cerca de 240 mil servidores temporários para atuar no Censo Demográfico de 2020. A informação é do próprio órgão que respondeu por e-mail a questionamentos feitos pelo Ache Concursos.

IBGE deverá abrir 240 mil vagas temporárias para o Censo 2020De acordo com a Coordenação de Comunicação Social do órgão, ainda não há previsão de início das contratações, pois, para isso, o IBGE precisa da aprovação do Ministério do Planejamento. A expectativa, no entanto, é de que cerca de 400 vagas sejam abertas já em 2019, para servidores que irão atuar na preparação da operação censitária.

Já a seleção para as demais vagas deve acontecer apenas no início de 2020 e serão voltadas para quem vai atuar diretamente na coleta de dados. Isso inclui os cerca de 203 mil recenseadores que serão necessários para a tarefa.

Concurso público

Sobre o concurso público, o IBGE também não possui prazos, uma vez que aguarda a autorização do Ministério do Planejamento, mas confirma que atualmente está sendo solicitada a abertura de 1.800 vagas em diversos cargos dentro do quadro geral de pessoal. Existe a expectativa de que esse certame seja aprovado e aberto ainda em 2019, em função do grande déficit de servidores. No entanto, com a contratação de servidores temporários, esse tão esperado processo seletivo poderá ficar para mais adiante.

Última seleção para temporários

O último certame para cargos temporários promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ocorreu em 2017, quando aconteceu o processo de contagem de população (realizado sempre entre um censo e outro) e o Censo Agropecuário. Na oportunidade foram abertos dois editais. Em um deles foram ofertadas um total de 26 mil vagas divididas entre os cargos de Analista, Agente Censitário e Recenseador. O segundo edital abriu outras 24,9 mil vagas para os cargos de Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor e Recenseador.

No caso do primeiro edital, os salários oferecidos variaram entre R$ 1.500,00 e R$ 4.000,00 e o prazo de duração dos contratos foi de 13 meses a 7 meses. A prova objetiva teve caráter classificatório e eliminatório, contou com 50 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma, e no total, ela teve 4 horas de duração.

Já no segundo edital, os salários ofertados foram de R$ 1,9 mil para Agente Censitário Municipal; R$ 1,6 mil para Agente Censitário Supervisor e retribuição mensal por produção para os Recenseadores. A prova, também foi objetiva e contou com 50 questões contendo 5 alternativas cada uma.

O Censo

O censo ou recenseamento demográfico é um estudo estatístico referente a uma população que possibilita o recolhimento de várias informações, tais como o número de homens, mulheres, crianças e idosos, onde e como vivem as pessoas. Esse estudo é realizado, normalmente, de dez em dez anos, na maioria dos países. No Brasil, o último Censo foi realizado em 2010. O IBGE é o responsável operação censitária desde 1936, quando o instituto foi criado.

Avalie esta notícia

Nota:

(5.0/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar