Cebraspe sai do ar e inscrições no concurso da PF devem ser prorrogadas mais uma vez

Com retificação de edital publicada, a Polícia Federal (PF) reabriu parcialmente o prazo de inscrições e adiou as provas do seu concurso público. O certame tem 500 vagas em cargos com salários que chegam a R$ 22 mil.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

A Polícia Federal (PF) reabriu para alguns cargos o prazo de inscrições de seu concurso público. A reabertura acontece para candididatos com deficiência que queiram disputar o cargo de Perito Criminal Federal nas áreas de Engenharia Agronômica, Farmácia, Geologia, Química, Engenharia Florestal e Medicina. Já as provas objetivas foram remarcadas agora para o dia 16 de setembro.

Os interessados em se inscrever para o cargo de Perito têm até as 18 horas desta segunda-feira, 13 de agosto, para formalizarem a solicitação. No entanto, o site do Cespe/Cebraspe para tal fim - www.cespe.unb.br/concursos/pf_18 está indiponível durante toda a tarde desta segunda-feira, o que prejudica mais uma vez o cronograma. O Cebraspe ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, nem se as inscrições serão prorrogadas mais uma vez.

Polícia Federal altera edital; Cespe deve prorrogar inscrições por problemas no siteAlém das vagas para Perito, o concurso tem chances para as funções de Delegado, Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal. Os salários oferecidos variam entre R$ 11.983,26 e R$ 22.672,48.

Agora remarcadas para o dia 16 de setembro, as provas objetiva e discursiva serão aplicadas nas 26 capitais estaduais e ainda no Distrito Federal.

Serão 120 questões abordando conteúdos como Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática, Contabilidade Geral, Arquivologia, Biologia, Física, Química, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Previdenciário e Direito Financeiro e Tributário, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Internacional Público e Cooperação Internacional, variando de acordo com a função em disputa.

Para o cargo de Delegado de Polícia Federal a prova discursiva exigirá conhecimentos das áreas de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal e Direito Processual Penal. Para o cargo de Perito Criminal Federal a etapa será de redação de texto dissertativo a respeito de temas relacionados aos conhecimentos específicos para cada cargo. Já para Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal essa fase será de texto dissertativo com base em tema formulado pela banca examinadora. 

Outras etapas de avaliação dos inscritos serão exame de aptidão física, de caráter eliminatório; prova oral, somente Delegado; prova prática de digitação somente para Escrivão; avaliação médica; avaliação psicológica; avaliação de títulos, somente para as funções de Delegado e de Perito; e curso de formação profissional.

A validade do certame será de 30 dias, com possibilidade de uma prorrogação pelo mesmo período. O prazo é contado a partir da homolohação de resultado. Veja o edital de abertura do concurso da PF e suas alterações.

Cargos e atribuições

A função de Perito tem 60 vagas com salário inicial de R$ 22.672,48. A profissão é dividida por áreas de atuação e tem vagas para Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Comunicação, Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação, Informática, Engenharia Agronômica, Geologia, Engenharia Química, Química Industrial, Química, Engenharia Civil, Engenharia Florestal ou Medicina. Os profissionais devem instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Para Delegado são 150 vagas com salário inicial de R$ 22.672,48, as exigências incluem bacharelado em Direito e pelo menos três anos de atividade jurídica ou policial. As atividades do cargo incluem instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

No cargo de Escrivão são 80 vagas com salário de R$ 11.983,26. É pedida escolaridade superior em qualquer área de fomação. As atribuições da função incluem dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa e executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Para Papiloscopista são 30 vagas com salário de R$ 11.983,26. É exigida a graduação em qualquer área de fomação. Dentre as atividades do profissional estão executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os trabalhos papiloscópicos de coleta, análise, classificação, subclassificação, pesquisa, arquivamento e perícias, bem como assistir à autoridade policial e desenvolver estudos na área de papiloscopia, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Avalie esta notícia

Nota:

(5.0/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar