Tabela de salários dos militares das Forças Armadas em 2017

Sabe quanto ganha um Aprendiz, Cadete, Aspirante, Sargento, Capitão ou Tenente da Marinha, Exército e Aeronáutica? Veja a tabela de remuneração dos militares que atuam na carreira das Forças Armadas:

Por: Juliana Xavier
0
0 share
0 tweets
0 share

Por meio do Diário Oficial da União do dia 28 de julho de 2016, o Presidente da República, Michel Temer, sancionou a Lei Nº 13.321 que altera o soldo e o escalonamento vertical dos militares das Forças Armadas, constantes na Lei no 11.784, de 22 de setembro de 2008.

As informações referentes à remuneração dos militares das Forças Armadas atraem dúvidas e questionamentos e, segundo o site do Ministério da Defesa, o Portal da Transparência da Controladoria Geral da União deve divulgar essas informações. Dúvida recorrente de nossos leitores, os salários de ingresso nos postos das Forças Armadas não são informados pelos editais de abertura dos concursos. Sabendo disso, o Ache Concursos foi atrás destas informações e divulga aqui a tabela de soldos dos militares desde a entrância inicial, até os altos escalões.

Conforme o Ministério da Defesa, a remuneração dos militares é composta pelo soldo (parcela relativa ao posto e graduação) e por adicionais e gratificações, que variam de acordo com a habilitação obtida ao longo da carreira, o exercício de atividades especiais e outras situações.

Em 2016, houve reajuste médio de 27,9% para os servidores - terá pagamento escalonado até 2019 - com índices variando entre 24,39% e 48,91%, conforme a carreira. Segundo o documento, houve aumento de 5% a partir de janeiro de 2017 e o restante ocorrerá nos inícios dos anos de 2018 e 2019.

Remunerações

Os salários dos militares das Forças Armadas se dão de acordo com o posto assumido e somam os seguintes valores (atualizados em janeiro de 2017):

Na classe dos Praças Especiais, tem-se os Aspirantes e Cadetes, Alunos do Centro de Formação de Oficiais da Aeronáutica, Aluno de Órgão de Formação de Oficiais da Reserva recebem salário inicial de R$ 1.054,00. Aspirante e Cadete (último ano) e Aluno do Instituto Militar de Engenharia (último ano) recebem remuneração de R$ 1.298,00. Já o Guarda-Marinha e Aspirante a Oficial têm vencimentos na ordem de R$ 6.268,00.

Em relação aos Sargentos e Cabos, os proventos somam R$ 3.325,00 para classe inicial de 3º Sargento, passando para R$ 4.060,00 de 2º Sargento e para R$ 4.695,00 alcançando o grau de 1º Sargento. O Cabo na classe não engajado percebe R$ 818,00 e o Cabo engajado e Taifeiro Mor, R$ 2.243,00.

Na classe de Oficiais Subalternos, os Segundo-Tenentes possuem salário de R$ 6.673,00 e o Primeiro-Tenente R$ 7.350,00.

Quanto aos Oficiais Intermediários, os salários são de R$ 7.861,00 para Capitão-Tenente e Capitão.

Os Oficiais Superiores recebem R$ 9.860,00 para Capitão de Corveta e Major; R$ 10.044,00 para Capitão de Fragata e Tenente-Coronel; e R$ 10.229,00 para Capitão de Mar e Guerra e Coronel.

O maior posto fica com os Oficiais Generais, que possuem as seguintes remunerações: Contra-Almirante, General de Brigada e Brigadeiro: R$ 11.196,00; Vice-Almirante, General de Divisão e Major-Brigadeiro: R$ 11.574,00; Almirante de Esquadra, General de Exército e Tenente-Brigadeiro: R$ 12.076,00; e Almirante, Marechal e Marechal do Ar que recebem R$ 12.578,00.

Lembrando, a remuneração dos militares é composta pelo soldo (veja a tabela completa abaixo), mais gratificações, que podem ser de:

- Adicional militar - Parcela mensal inerente a cada círculo hierárquico da carreira militar. Quanto mais elevado o círculo hierárquico do militar, maior será o valor do adicional.

- Adicional de habilitação - Parcela mensal inerente aos cursos realizados com aproveitamento.

- Adicional de compensação orgânica - Parcela mensal devida para a compensação de desgaste orgânico resultante do desempenho continuado de atividades especiais (paraquedista, submarinista ou piloto de avião militar, por exemplo), que submete o militar a situações de extremo perigo ou intenso esforço físico;

- Adicional de permanência - Parcela mensal devida ao militar que permanecer em serviço após haver completado o tempo mínimo requerido para a transferência para a inatividade remunerada. Essa parcela busca estimular a permanência do militar, pelo menos, até os 32 anos de serviço (2 anos a mais do tempo exigido para a inatividade);

- Gratificação de localidade especial - Parcela mensal devida ao militar, quando o mesmo está servindo em regiões inóspitas (infraestrutura precária e isoladas, que submetem o militar e sua família a privações básicas). Para estimular a atração e a permanência do militar nessas localidades, é assegurado o pagamento de uma gratificação, pelo período em que o militar nelas permanecer;

- Gratificação de representação: devida aos Oficiais Generais e aos demais oficiais em cargo de comando, direção e chefia de organização militar; ou parcela eventual - devida ao militar pela participação em viagem de representação, instrução, emprego operacional ou por estar às ordens de autoridade estrangeira no País, conforme regulamentação.

Forças Armadas terão reajuste nos vencimentos

Marinha do Brasil

Ingressar na Marinha está entre os sonhos de milhares de jovens brasileiros. O órgão oferece muitas oportunidades de ingresso na carreira Militar tanto para candidatos com nível superior em cursos de qualquer área quanto para jovens que finalizaram o ensino fundamental ou médio (Aprendizes Marinheiros), tendo concursos realizados todos os anos. As seleções acontecem para o Quadro Técnico do Corpo Auxiliar, Quadro Complementar de Oficiais, Corpo de Fuzileiros Navais, Escola Naval, Colégio Naval e Corpo de Saúde, entre outros. As inscrições em cada seleção são recebidas nos sites www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br.

Aeronáutica

A Aeronáutica tem a missão manter a soberania do espaço aéreo nacional com vistas à defesa da pátria. O ingresso na carreira pública da Aeronáutica se dá por meio de três grupos: aviação, intendência (apoio logístico) e infantaria (combate direto). Quem tem nível médio e técnico pode ingressar na FAB por meio dos concursos para o corpo de graduados e se tornar militar de carreira. Já aqueles que têm nível superior podem fazer concursos para oficiais temporários ou de carreira.

Em 2016, a Aeronáutica promoveu dois concursos públicos para provimento de vagas para o Exame de Admissão (Modalidade B) ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica - Turma 2 do ano de 2017 (EA CFS-B 2/2017) nas especialidades de Aeronavegantes, Não-Aeronavegantes e Controle de Tráfego Aéreo. As inscrições nos concursos da Aeronáutica podem ser feitas nos sites www.fab.mil.br ou www.eear.aer.mil.br.

Exército Brasileiro

O Exército Brasileiro tem a missão de contribuir para a garantia da soberania nacional, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, salvaguardando os interesses nacionais e cooperando com o desenvolvimento nacional e o bem-estar social. Homens e mulheres que pretendam seguir carreira no Exército têm algumas opções, de acordo com idade e nível de escolaridade, como nos serviços e carreiras militares e nas Escolas de Formação de Oficiais e Sargentos.

Os concursos públicos que selecionam candidatos para a carreira militar nas Forças Armadas possuem grande procura e concorrência. Os processos seletivos de cada órgão possuem suas peculiaridades e homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar desde os postos originais até iniciar a carreira através de níveis escolares fundamental, médio ou superior, mediante aprovação em concurso, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

Acompanhe todos concursos públicos abertos pelas Forças Armadas aqui no Ache Concursos.

*Com informações do Ministério da Defesa

Avalie esta notícia

Nota:

(3.8/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
JUNTE-SE À DISCUSSÃO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar
  • Marcelo Vieira Marcelo Vieira Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 1 ano
    Gostaria de saber mais informações pois em todos os sites jornais, revista etc, não mencionam os descontos em cima desse soldo, pela minha visão fica valores estratosférico e na realidade não e assim vamos fazer uma suposição vamos pegar um cargo que ganhe 5 000 mil e pouco ainda tem desconto como pensão 7,5%, saúde da forca,3,5% imposto de renda se nao estou enganado e 15% fora que o INSS que 11% 37%total de desconto se fomos pegar o exemplo de um soldo de 5 000 vai ter um desconto 1 850 reais todo mês o soldo ja reduz para 3150,00 muitos brasileiros olham para essa tabela como eu olhava e ficava admirado com os valores, só fiz esse comentário pois olhando para essa tabela muitos olharam e vão dizer que salários altos e um absurdo.Estou desempregado por causa dessa crise, mesmo apesar da minha indignação vou tentar a prova de sargento do exercito para tentar ajudar minha família.
    0 Responder
  • Renan Vieira Renan Vieira Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 10 meses
    Soldo, valor imexível do seu salário, nenhum tipo de desconto pode mexer nesse valor, mas acontece que você ganha mais, como passagem, se for sargento com família, alimentação, auxilio escola e etc. Então se ele descontar será desses valores a mais, do soldo eles não podem, você tem que receber esse valor base.
    0 Responder
  • Lucas Henrique Lucas Henrique Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 6 meses
    Essas faixas de preço estão completamente erradas, meu pai é um sub-tenente é ganha mais que um marechal.. como assim?
    0 Responder
  • Juan Juan Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 6 meses
    serio? de qual força ele é?
    0 Responder
  • Viniciuscostabr20 Viniciuscostabr20 Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 4 meses
    deve ser PM, por acumulo de cargos
    0 Responder
  • Elias Breno Elias Breno Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 2 meses
    Estranho que a matéria especifica com detalhe todas as graduações apenas uma deixa de esclarecer a de Soldados entendo isso como preconceito a esta classe, pois bem vou fazer este trabalho por eles a Classe de Soldados especializados tem uma remuneração bruta de R$ 2987.32 hoje, mas com todos os descontos essa remuneração atraente vai para R$ 1450,12, isto não ocorre apenas na graduação de Soldados e sim em todas, vendo esta tabela linda com salários tão altos chega a ser tentador a querer ser militar, mas as coisas não são bem assim, infelizmente vivemos em democracia de impostos muito altos no Brasil, precisamos de mudanças já ou continuaremos a encher os bolsos desses políticos corruptos que tomaram de conta do nosso pais!! #ACORDABRASIL nós infelizmente estamos pagando a conta de toda essa corrupção, que esta instaurada em nosso pais. Temos tanta riqueza que deveríamos ser uma das maiores economias do mundo, Brasil chega a ser identificado por estrangeiros como um Camaro conduzido por Macacos infelizmente essa e nossa realidade !!
    0 Responder
  • Bruno Foca Bruno Foca Nível 1 Perg. 0 Resp. 1
    Há 2 semanas (EDITADO)
    Soldado tanto engajado quando especializado estão discriminados ali, não tem especificação maior pois para adentrar a carreira basta ser selecionado ou voluntário no ingresso enquanto as demais tem algum processo seletivo de entrada.
    E para todas as graduações o que importa é o valor do soldo já que no final todo resto tem desconto e não dá quase em nada.
    0 Responder