07/05/2018
11/05/2018
22/09/2019
R$ 5.741,58
114
25/09/2019

Anexos

Saíram os gabaritos! O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná divulgou as respostas das provas objetivas do grande concurso para o cargo de Técnico Judiciário. A seleção foi aberta em 2017 e desde então passou por várias suspensões até, finalmente, ter a etapa aplicada. O concurso registrou por volta de 150 mil candidatos inscritos que disputam 114 vagas imediatas, gerando uma concorrência média de 1.312 candidatos por vaga.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) coordenou a etapa da seleção, após a reabertura ocorrida em julho deste ano. As provas foram regionalizadas e aplicadas em 9 regiões do estado.

A prova objetiva teve 60 questões do tipo múltipla escolha sobre os seguintes conteúdos:

  • Língua portuguesa - 20 questões;
  • Matemática - 15 questões;
  • Noções de direito e legislação - 15 questões;
  • Informática -: 5 questões;
  • Atualidades - 5 questões

A prova vale 60 pontos e será aprovado na etapa objetiva o candidato que obtiver nota igual ou superior a 36 pontos. Houve também aplicação de uma redação - prova discursiva, que valerá 40 pontos e consistiu de uma redação de até 30 linhas. A prova discursiva versou sobre o tema "A importância da cultura para a formação integral do ser humano"

Gabarito TJPR

Os gabaritos das provas foram divulgados na manhã desta quarta-feira, 25 de setembro, por meio do site da organizadora e do Diário Oficial do TJPR - veja os gabaritos TJPR.

As respostas e demais documentos do concurso podem ser consultados também pelo endereço eletrônico do Cebraspe - https://www.cebraspe.org.br/. A consulta dos gabaritos pode ser feita também de maneira individual, por meio do CPF e da senha de acesso do candidato no portal do Cebraspe.

O prazo para interpor recursos contra os gabaritos preliminares e questões da prova objetiva vai das 10 horas do dia 26 às 18 horas do dia 27 de setembro.

O edital informa ainda que serão corrigidas apenas as redações dos 1.140 melhores classificados na prova objetiva. Os demais já estarão eliminados do concurso.

Resultados em outubro

O edital de divulgação dos gabaritos informou também que o padrão definitivo de resposta da parte discursiva da prova de conhecimentos, o resultado final na parte objetiva e o resultado provisório na parte discursiva sairão no dia 30 de outubro de 2019.

Prova era prevista para agosto

Em reunião realizada com o Sindicato dos servidores do TJPR (Sindijus-PR), o presidente do Tribunal, Adalberto Jorge Xisto Pereira, havia previsto que a prova do concurso ocorreria ainda no mês de agosto.

Sobre o preenchimento das 114 vagas do edital de reabertura do concurso, publicado em 2018, Xisto Pereira informou que talvez sejam necessárias contratações além deste número. Ainda assim, conforme o orçamento do Tribunal. "Sabemos que há necessidade, mas quero que entendam a minha precaução, não posso contratar mais servidores sem ter uma previsão segura de gastos", destacou o presidente.

Concurso TJPR foi aberto em 2017

O concurso do TJPR para técnicos foi aberto em 2017 e não teve provas marcadas no decorrer do ano. A seleção então foi reaberta em 2018 - veja o edital do concurso - e ampliou o número de vagas inicialmente previstas de 100 para 114 vagas no cargo de Técnico Judiciário de 1º Grau de jurisdição. Mesmo com a reabertura, as provas não foram marcadas e a seleção se arrastou por mais um ano, tendo agora então as avaliações realizadas. A contratação da organizadora do concurso (CEBRASPE) foi efetuada sem a exigência de licitação, por meio de dispensa. O valor do contrato é de R$ 4,7 milhões.

O prazo de validade do concurso para aproveitamento dos aprovados será de 2 anos, contado da data de publicação da homologação do concurso no Diário da Justiça eletrônico, prorrogável ainda por igual período, a critério da Administração do Tribunal.

Comissionados

Uma reportagem veiculada em setembro de 2018 pelo jornal Paraná Portal apontou que 90% dos cargos em comissão não estão sendo ocupados por servidores concursados, e sim terceirizados e estagiários. Ou seja, dos 3.196 cargos comissionados existentes, apenas 252 são ocupados por servidores efetivos. O percentual permitido, porém, é de no máximo 50%, e, por isso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) até já autuou o TJ-PR , pedindo uma adequação. Assim, este novo concurso deve convocar bem além das 114 vagas previstas inicialmente.

Anexos