Prefeitura de Alagoinhas-BA cancela concurso público após denúncias

Concurso para a Prefeitura de Alagoinhas foi cancelado nesta quarta-feira, 8, após recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por denúncia de irregularidades.

Por Carolina Appel
Abertura inscrições 20/02/2019 Data da prova 14/04/2019 Total de vagas 92
Encerra inscrições 14/03/2019 Gabaritos em 14/04/2019 Salários até R$ 2.715,63

A Prefeitura de Alagoinhas-BA comunicou o cancelamento do concurso público municipal de 2019, nesta quarta-feira, 8, após recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). A anulação decorre de diversas denúncias de irregularidades na aplicação das provas, realizadas em 14 de abril. No dia 15, um dia após a realização do exame, o Ministério Público instaurou um procedimento administrativo para apurar as acusações.

A ação administrativa foi movida pelo Ministério Público da Bahia, após receber a denúncia de participantes do concurso sobre as irregularidades. No dia 15 de abril, candidatos prestaram depoimento na 2ª Promotoria de Justiça de Alagoinhas e apontaram evidências para comprovar as irregularidades. Entre elas, fotos que circulavam na internet com a prova e o gabarito, demonstrando que participantes portavam celulares durante o exame.

O Ministério Público informou, por meio de nota, que diversas irregularidades foram apresentadas. Confira:

• Abertura dos envelopes das provas sem testemunhas que pudessem garantir que os mesmos estivessem lacrados;
• Atraso no início da prova na Faculdade Santo Antônio, devido à falta de sala de aula;
• Ausência de checagem do documento de identificação do candidato;
• Ausência temporária de fiscais nas salas de aula, deixando os candidatos sozinhos, entre outras.
• Falta de recolhimento adequado pelos fiscais dos celulares dos candidatos, que foram colocados em sacos plásticos de verduras e frutas usados em supermercados e que ficavam com os próprios candidatos, supostamente fechados com nó, possibilitando assim o uso do aparelho para fotografar a prova;
• Vazamentos das questões da prova aplicada no turno matutino por meio de fotografias nas redes sociais;

Petição virtual pelo cancelamento

Na noite de 14 de abril, logo após a realização das provas, uma petição virtual foi criada pedindo o cancelamento do concurso público. O responsável pela criação da petição foi Orlando Sales, 26 anos, que prestou a prova para a Prefeitura de Alagoinhas. Ele e outras dezenas de candidatos criaram, também, um grupo no WhatsApp para denunciar as irregularidade testemunhadas durante o exame.

Grupo de candidatos comemorou o cancelamento do concurso de Lagoinhas-BA Foto: Reprodução FacebookGrupo comemorou o cancelamento do concurso de Alagoinhas-BA Foto: Reprodução Facebook

Concurso previa mais de 500 vagas

O concurso para a Prefeitura Municipal de Alagoinhas foi organizado pelo Instituto de Educação e Desenvolvimento Social Nosso Rumo e previa o preenchimento de 505 vagas de nível médio e superior em diversas áreas. Dessas, 92 seriam para contratação imediata, 05 para PCD e 408 para composição de cadastro reserva. Os salários oferecidos variavam de R$ 1.198,47 e R$ 2.715,63, além de benefícios adicionais para os cargos com jornadas de 40 horas semanais.

Até o momento, nem a Prefeitura de Alagoinhas, nem a banca Nosso Rumo informou se realizará uma nova prova, bem como se ressarcirá o investimento feito pelos candidatos na incrição do concurso. A taxa de inscrição custava R$ 44,00 para cargos de nível fundamental e R$ 58,00 para os de nível superior.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso Prefeitura de Alagoinhas BA 2019 - Edital e InscriçãoNível: Médio, Superior14/03/201992R$ 2.715,63
Concurso PM-SP 2019 para Soldados abrirá 5.400 vagasNível: Médio13/06/20192.700R$ 3.164,58
Concurso SEE-PB 2019 para professores terá edital em abrilNível: Superior06/06/20191.000R$ 2.110,12
Concurso DP-DF: Inscrições para Defensores são adiadasNível: Superior29/05/201912R$ 24.668,75
Comentários
    Siga nossas redes sociais