Questões filtradas por: cargo de professor - língua portuguesa

Quer testar seus conhecimentos de maneira rápida, fácil e eficiente? Responda aqui milhares de questões grátis de concursos anteriores. Você pode filtrar as questões por cargo, órgão, matéria e banca de acordo com o seu objetivo. Prepare-se para os concursos públicos.
001 Matéria: Pedagogia Órgão: Prefeitura de Angra dos Reis - RJ Ano: 2011

As Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental destacam que é preciso reverter o quadro de discriminação e exclusão existente no interior das escolas, perpetrado pelo racismo, sexismo e preconceitos originados por situações socioeconômicas, regionais, culturais e étnicas.

Sendo assim, ao definir suas propostas pedagógicas, as escolas deverão explicitar, dentre outros aspectos:

002 Matéria: Português Órgão: SEDUC-AM Ano: 2014

Analise o fragmento a seguir.

"Vivemos numa época de tamanha pobreza verbal na expressão das ideias que, de vez em quando, entra em circulação uma palavra com a mais ampla gama de acepções: serve para tudo. Certa época andou na moda o verbo colocar, que virou pau para toda obra. Nunca tantos colocaram tanto por tão pouco. Havia sempre alguém colocando alguma coisa, sem esclarecer que coisa era essa, nem onde estava sendo colocada. Na verdade, o que se fazia era expor, propor, explicar, explanar, argumentar - verbos esquecidos, nessa onde indigente de colocações".

(Fernando Sabino, Jornal da família, 11 de setembro de 1988)

Segundo Fernando Sabino, a razão de surgirem casos como o do vocábulo colocar se deve

003 Matéria: Temas Educacionais Pedagógicos Órgão: Prefeitura de Congonhas - MG Ano: 2010

Os PCN’s foram criados para auxiliar os docentes na reflexão e discussão da prática pedagógica cotidiana que deverão transformar continuamente, atendendo as particularidades de cada região e escola. São possibilidades de ação, EXCETO:

004 Matéria: Português Órgão: SEDUC-RJ Ano: 2013

A função da língua escrita, segundo Alencar, seria a de:

005 Matéria: Pedagogia Órgão: SEDUC-AM Ano: 2014

Com relação às ações realizadas na educação brasileira no período de 1964 a 1985, analise as afirmativas a seguir.

I. Expansão do número de vagas do ensino fundamental, eliminando o analfabetismo e atingindo a universalização.

II. Investimentos na diminuição dos índices de analfabetismo de adultos, especialmente com a implementação do Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL).

III. Institucionalização do ensino profissionalizante no 2° grau somente para as escolas públicas.

Assinale:

006 Matéria: Português Órgão: SEDUC-RJ Ano: 2013

Muitas palavras em língua portuguesa admitem dupla grafia. A alternativa que apresenta um vocábulo inexistente é:

007 Matéria: Pedagogia Órgão: IF-SC Ano: 2014

Segundo os autores Santos e Weber (2013), qual o significado do termo “ubiquidade”? Assinale a resposta CORRETA.

008 Matéria: Interpretação de Textos Órgão: SEDU-ES Ano: 2008

Defendo o ponto de vista de que o ensino de língua
portuguesa deveria centrar-se em três práticas: leitura de textos,
produção de textos e análise lingüística. Essas práticas, integradas
no processo de ensino-aprendizagem, têm dois objetivos
interligados: a) tentar ultrapassar, apesar dos limites da escola, a
artificialidade que se institui na sala de aula quanto ao uso da
linguagem; b) possibilitar, pelo uso não-artificial da linguagem,
o domínio efetivo da língua padrão em suas modalidades oral e
escrita.

Uma coisa é saber a língua, isto é, dominar as
habilidades de uso da língua em situações concretas de interação,
entendendo e produzindo enunciados adequados aos diversos
contextos, percebendo as dificuldades entre uma forma de
expressão e outra. Outra coisa é saber analisar uma língua,
dominando conceitos e metalinguagens, a partir dos quais se fala
sobre a língua, se apresentam suas características estruturais e de
uso.

João Wanderley Geraldi, O texto na sala de
aula
. São Paulo: Ática, 1997, p.88 e 89.

Com base no texto acima e em conhecimentos acerca da
metodologia do ensino de língua portuguesa, julgue os próximos
itens.

Para que o aluno domine a língua padrão, o professor deve usar em suas aulas exclusivamente textos de gêneros literários retirados de livros clássicos.

009 Matéria: Interpretação de Textos Órgão: Prefeitura de Belo Horizonte - MG Ano: 2011

Imagem 040.jpg

Estado de Minas: “Na sua opinião, a língua portuguesa
faz jus à fama de difícil ou há equívocos no ensino do
português?

M.A.P: Nenhuma língua é fácil, mas o estudo delas pode
ser muito interessante. O que acontece é o que o ensino
do português – principalmente de gramática- é feito de
equívocos. Estudar a estrutura de uma língua é uma
atividade científca, assim como estudar o sistema solar
ou o funcionamento dos seres vivos. Assim, depende
de observação, de construção de hipóteses, de crítica.
E tem a ver com o estudo da linguagem, que é o mais
importante de todos os fenômenos sociais. Como se vê, o
estudo do português (e me refro sempre principalmente
à gramática) tem tudo para ser, senão fácil, muito
interessante. No entanto, o ensino de português (com
algumas exceções) se concentra na memorização do que
está nas gramáticas, além de uma multidão de regrinhas
e proibições com o objetivo de levar os alunos a conhecer
o “português correto”.

O ensino da língua portuguesa, no aspecto gramatical, na visão do professor Perini signifca:

010 Matéria: Pedagogia Órgão: SEDU-ES Ano: 2008

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), aprovado em 2007, instituído por lei de natureza contábil, substituiu o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Fundamental (FUNDEF). A respeito desse assunto, julgue o próximo item.

O FUNDEB, que entrou em vigor no ano de 2007, é um fundo nacional que visa distribuir igualmente os recursos destinados a todos os níveis de educação do país.

Siga nossas redes sociais