A Caixa Econômica Federal divulgou um vídeo tutorial explicando como atualizar o cadastro do Auxílio Emergencial. Se você ainda não sabe, o banco abriu um prazo para todos que possuem conta digital no aplicativo Caixa Tem realizarem a atualização cadastral. O processo visa evitar fraudes nas transições bancárias, principalmente agora que serão liberadas novas parcelas do Auxílio.

O calendário foi estabelecido de acordo com o mês de nascimento dos correntistas. As atualizações no aplicativo foram liberados no dia 14 de março para nascidos em janeiro e seguirão até 31 de março quando será a vez dos aniversariantes de dezembro atualizarem os dados.

  • A partir de 14 de março (domingo): podem atualizar o cadastro os nascidos em janeiro
  • A partir de 16 de março (terça-feira): podem atualizar os nascidos em fevereiro;
  • A partir de 18 de março (quinta-feira): podem atualizar o cadastro os nascidos em março;
  • A partir de 20 de março (sábado): devem fazer os nascidos em abril;
  • A partir de 22 de março (segunda-feira): podem atualizar o cadastro os nascidos em maio;
  • A partir de 23 de março (terça-feira): podem atualizar os nascidos em junho;
  • A partir de 24 de março (quarta-feira): podem atualizar os nascidos em julho;
  • A partir de 25 de março (quinta-feira): podem atualizar o cadastro os nascidos em agosto;
  • A partir de 26 de março (sexta-feira): podem atualizar o cadastro os nascidos em setembro;
  • A partir de 29 de março (segunda-feira): podem atualizar os nascidos em outubro;
  • A partir de 30 de março (terça-feira): podem atualizar os nascidos em novembro;
  • A partir de 31 de março (quarta-feira): podem atualizar o cadastro os nascidos em dezembro.

A Caixa salienta que mesmo quem não fizer a atualização dos dados agora não deixará de receber as parcelas do Auxílio Emergencial. Contudo, ao longo dos meses a condição pode se tornar obrigatória para receber o benefício.

Vídeo ensina como atualizar cadastro no Caixa Tem

O vídeo publicado no canal oficial da Caixa ilustra o passo a passo de como atualizar os dados no aplicativo. Abaixo você confere também a descrição de todos os passos para renovar o cadastro no Caixa Tem.

O aplicativo Caixa Tem pode ser baixado de graça na loja de aplicativos do seu celular. Para fazer o download para Android clique [aqui] e para iPhone [aqui].

Caixa divulgou calendário para atualização de cadastro no Caixa Tem. Fonte: Divulgação.
Caixa divulgou calendário para atualização de cadastro no Caixa Tem. Fonte: Divulgação.

Passo a passo para atualizar Caixa Tem

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem e escolha a opção Atualize seu cadastro;
  2. Leia os Termos e Condições, Política de Privacidade e Contrato de serviços. Selecione Li e concordo e clique em QUERO SER UM CLIENTE TOP;
  3. Confira se os seus dados de endereço continuam corretos ou faça a correção, se necessário;
  4. Complemente as informações solicitadas e aperte em Próximo;
  5. Responda se você é brasileiro ou não e clique em Próximo;
  6. O aplicativo vai perguntar se a maior parte da sua renda vem do trabalho informal, autônomo ou se você recebe somente benefício do governo;
  7. Na próxima tela, preencha o valor da sua renda mensal e na tela seguinte informe a quanto tempo possui essa renda;
  8. Selecione a sua profissão e clique em Próximo;
  9. Responda se você possui patrimômio e informe o valor aproximado, caso possua;
  10. Confira se os dados informados estão corretos e clique em Próximo;
  11. Agora, o Caixa Tem vai solicitar que você tira uma foto do seu documento e uma sua ao lado do documento para comprovar a autenticidade do cadastro;
  12. Clique em Tirar foto e registre o seu documento RG ou CPF;
  13. Na próxima etapa, você vai tirar uma foto sua segurando o mesmo documento ao lado do seu rosto;
  14. Clique em Entendi e o seu cadastro será enviado para análise de dados. Uma notificação aparecerá no seu app Caixa Tem assim que a análise estiver concluída.

Confira o tutorial em vídeo lançado pela Caixa:

Auxílio Emergencial volta em abril

Foi confirmado pelo ministro da Economia Paulo Guedes quando irão começar as novas parcelas do Auxílio Emergencial. Inicialmente previsto para ter início no mês de março, os pagamentos acabaram atrasando por conta da lenta tramitação da PEC Emergencial na Câmara dos Deputados e agora têm previsão de iniciar somente em abril. "Nossa expectativa, se fosse aprovado mais rápido (a PEC), mais rápido sai o dinheiro. Se isso tudo acontecesse em dezembro, a gente pagava em janeiro. Acontecendo agora, queremos pagar ainda em março e, possivelmente, sai em abril, mas é o pagamento já relativo ao mês de março", afirmou Guedes.

A PEC Emergencial foi promulgada na segunda-feira, 15/03, pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Na noite da quinta-feira, 18, o presidente Jair Bolsonaro assinou a medida provisória com as regras do Auxílio Emergencial em 2021 e afirmou que o crédito para informais e inscritos no Cadastro Único inicia na primeira semana de abril.

Já para o público do Bolsa Família, o governo deve depositar os valores de acordo com o calendário do programa, que vai de 16 a 30 de abril, visto que os pagamentos de março iniciaram no dia 18 e não houve tempo para a Caixa reprocessar os novos pagamentos com o adicional do auxílio em tão pouco tempo.