Sabe como ingressar no Cadastro Único 2024? O Cadúnico é uma ferramenta que permite que o governo identifique as famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza no país.

Por meio dele, é possível reunir informações como situação de trabalho e renda, nível de escolaridade, moradia, entre outros. Esses dados são importantes para que o governo consiga selecionar e incluir os brasileiros em programas sociais.

Entre os benefícios sociais que exigem o CadÚnico estão o Bolsa Família (que substituiu o Auxílio Brasil), Tarifa Social de Energia Elétrica, Programa Minha Casa Minha Vida, Auxílio Gás, isenção de taxa em concursos públicos, entre outros.

Segundo dados do MDS, mais de 41 milhões de famílias estão cadastradas no Cadúnico, sendo 21 milhões em situação de pobreza e recebendo o Bolsa Família.

Cadúnico e Bolsa Família

O CadÚnico é a principal forma de ingressar no Bolsa Família (Auxílio Brasil), programa de transferência de renda do governo federal. O Auxílio Brasil vigorou entre novembro de 2021 e fevereiro de 2023, voltando a se chamar Bolsa Família no ano passado.

Outro benefício lançado para quem está no CadÚnico é o Auxílio Gás do Governo Federal. A cada dois meses a União paga o equivalente a 100% do preço do GLP de 13Kg para 5,5 milhões de pessoas.

Para receber o Vale Gás o responsável deve estar obrigatoriamente com o Cadastro Único atualizado. Os pagamentos são feitos por meio do Caixa Tem.

Como consultar o Cadastro Único pelo CPF em 2024?

Para saber se você está inscrito no CadÚnico a consulta pode ser feita pelo site do Cadastro Único na Dataprev - https://cadunico.dataprev.gov.br/.

O portal oferece a consulta do Cadúnico pelo CPF, consulta simples e consulta completa aos dados. O usuário deve acessar com o login Gov.BR.

A consulta pode ser feita também pelo aplicativo do Cadúnico ou por telefone ligando para 0800 707 2003. A ligação é gratuita e deve ser feita de um telefone fixo das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 16h durante os finais de semana e feriados.

Aplicativo do Cadastro Único (Cadúnico) tem consulta pelo CPF
Aplicativo do Cadastro Único (Cadúnico) tem consulta pelo CPF

Aplicativo CadÚnico - o download do aplicativo é gratuito nas plataformas Google Play e também para iOS na App Store e por ele é possível consultar o Número de Identificação Social (NIS), informações sobre a família e emitir um comprovante de cadastramento.

Emissão de comprovante do CadÚnico - Caso o cidadão precise emitir o comprovante de cadastramento no CadÚnico este pode ser feito pela internet, no site Consulta Cidadão Cadastro Único, pelo celular baixando o aplicativo CadÚnico ou de forma presencial no posto de cadastramento, CRAS ou prefeitura.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Podem se inscrever no cadastro, quem comprovar:

  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 706,00); ou
  • Ter renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$ 4.236,00); ou
  • possuir renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Como fazer o cadastro no CadÚnico?

Para se inscrever no CadÚnico é necessário que um membro da família, com idade mínima de 16 anos e de preferência mulher, seja o responsável por prestar as informações de todos os membros da família para o entrevistador.

Essa pessoa será o Responsável pela Unidade Familiar (RF) e é ela que ficará com a tarefa de atualizar as informações no cadastro sempre que houver mudanças na família.

O Responsável Familiar deve procurar o setor responsável pelo Cadastro Único ou pelo Bolsa Família na cidade em que mora, serviço prestado pelas prefeituras. Em algumas localidades o cadastramento é feito também no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua casa.

Documentos obrigatórios

Para o Responsável pela Unidade Familiar (RF): CPF ou Título de Eleitor;

Para os demais membros da família: um destes documentos: certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, carteira de identidade (RG), carteira de trabalho ou Título de Eleitor.

Para famílias indígenas e quilombolas: O RF da família indígena pode apresentar o CPF, o título de eleitor, mas também o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) ou outros documentos de identificação, como certidão de casamento, RG e carteira de trabalho;

O RF da família quilombola pode apresentar o CPF, o título de eleitor ou outros documentos de identificação como certidão de nascimento, certidão de casamento, RG ou carteira de trabalho.

Documentos não obrigatórios, mas que facilitam o cadastro:

- Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz;
- Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver o comprovante, o RF deve informar o nome da escola de cada criança ou jovem;
- Carteira de trabalho (caso tenha).

Quem mora sozinho pode se inscrever no Cadastro Único?

Sim. É permitido também o cadastro das famílias unipessoais (pessoas que moram sozinhas) e de pessoas que vivem em situação de rua (sozinhas ou com família).

Todos os procedimentos de inscrição devem ser feitos no site do Ministério do Desenvolvimento Social - http://mds.gov.br/assuntos/cadastro-unico.

Como atualizar o Cadastro Único online?

É muito importante que a pessoa Responsável pela Unidade Familiar mantenha o cadastro atualizado para que a família continue recebendo os benefícios. Sempre que houver alguma mudança é necessário que esta seja informada, como nos seguintes casos:

  • nascimento ou morte de alguém na família;
  • saída de um integrante para outra casa;
  • mudança de endereço;
  • entrada das crianças na escola ou transferência de escola;
  • aumento ou diminuição da renda, entre outros.

Atenção: Mesmo sem mudança na família, o cadastro deve ser atualizado a cada dois anos, obrigatoriamente.

A entrevista do Cadastro Único dura cerca de 1 hora e é um serviço gratuito. Já o agendamento do cadastramento é organizado por cada município de acordo com um calendário próprio. Assim, o tempo de espera até o atendimento presencial vai variar de cidade para cidade.

O que é NIS CadÚnico?

O Número de Identificação Social (NIS) é o número de inscrição do cidadão no Cadastro Único. NIS e PIS são o mesmo número, o que difere é a base de dados em que o número foi cadastrado. O número do Programa de Integração Social (PIS) é criado ao obter o primeiro emprego.

Programas que utilizam o CadÚnico

- Programa Bolsa Família
- Benefício de Prestação Continuada
- Tarifa Social de Energia Elétrica
- Minha Casa Minha Vida
- Programa Pé-de-Meia
- ENEM
- Carteira do Idoso
- Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda
- Telefone Popular
- Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos
- Programas Cisternas
- Água para Todos
- Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)
- Bolsa Estiagem
- Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais/ Assistência Técnica e Extensão Rural
- Programa Nacional de Reforma Agrária
- Programa Nacional de Crédito Fundiário
- Crédito Instalação
- Carta Social
- Serviços Assistenciais
- Programa Brasil Alfabetizado
- Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti)
- Identidade Jovem (ID Jovem)