Em breve
Em breve
R$ 8.357,07
7.575

Um novo concurso público no INSS vem sendo muito aguardado para 2022. Após ser adiado constantemente em razão de diversas mudanças que estão acontecendo internamente na autarquia, como também pela questão orçamentária alegada pelo Ministério da Economia e agora pela pandemia do novo coronavírus, em 2022 acabam os 8 mil contratos temporários abertos no ano passado.

Com isso, a força de trabalho do INSS terá grande deficiência em todas as partes do país. Assim, a Diretoria de Gestão de Pessoas do INSS, por meio de seu presidente, Leonaro Guimarães, juntamente com a Coordenação de desenvolvimento de Carreiras enviou ao Ministério da Economia um novo pedido de concurso por meio do Processo nº 35014.125955/2021-37, fazendo um aditamento de informações à Nota Técnico Nº 19/2021.

No pedido, há a solicitação de abertura de 7.575 vagas para cargos de Técnico e Analista. Veja abaixo o pedido de vagas solicitadas:

Pedido de vagas para novo concurso no INSS - Fonte: SEI/INSS
Pedido de vagas para novo concurso no INSS - Fonte: SEI/INSS

Como pode-se ver no pedido, um Técnico do Seguro Social recebe atualmente R$ 5.447,78 e um Analista tem iniciais de R$ 8.357,07. O cargo de técnico pede atualmente nível médio, mas isso pode mudar - veja mais abaixo. Já os Analistas devem comprovar ter nível superior.

Outra informação relevante no pedido traz o atual quadro do INSS e o número de cargos vagos no órgão. Conforme o quadro abaixo, de 2017 pra cá o INSS perdeu quase 40% do total de sua força de trabalho. Atualmente, são 23.667 cargos vagos nas carreiras de Técnico e Analista, demonstrando que um novo concurso é urgente.

Cargos vagos no INSS em 2021
Cargos vagos no INSS em 2021

Em nota, o INSS disse que "após concluir o dimensionamento e planejamento de recursos humanos de médio e longo prazo, preparamos uma programação de concursos a partir de 2022, quando acabam os contratos dos temporários".

- Veja o pedido do concurso feito pelo INSS ao Ministério da Economia

INSS teve último concurso em 2015

O último concurso INSS foi realizado entre 2015 e 2016 e teve mais de 1 milhão de inscritos, mas não teve prazo de validade prorrogado. Desde então, o órgão diz que faltam servidores para dar conta da demanda de novos pedidos.

Em virtude das mudanças feitas pelo governo, que envolvem transferir uma série de serviços para plataformas digitais, incertezas quanto ao quadro de servidores efetivos do INSS foram criadas. Com isso, um grupo de trabalho elaborou uma proposta de reestruturação nas carreiras, de forma independente, que inclui contratações a cada dois anos e mudanças na estrutura dos cargos. O projeto tem apoio de entidades que representam a categoria, como a Associação Nacional dos Membros da Carreira do Seguro Social - ANACSS.

A proposta é realizar novos concursos públicos para o INSS a cada dois anos. As vagas que seriam solicitadas estão baseadas em um dimensionamento da força de trabalho e nas limitações orçamentárias. "A profissionalização da gestão pública demanda uma nova política de recrutamento e seleção, em que a Administração realize concursos públicos periódicos e previsíveis, ainda que com a oferta de menor quantitativo de vagas, comparando-se historicamente com edições anteriores, em função, por exemplo, das limitações orçamentárias. É o que acontece, de forma análoga, com os concursos das carreiras diplomáticas, das carreiras militares e da carreira de policial federal" afirma o projeto apoiado pelas entidades.

Mudança de escolaridade para Técnico do INSS

Outra mudança estudada é referente ao requisito do cargo de Técnico do Seguro Social. Atualmente o cargo exige nível médio, mas com as alterações passaria a exigir nível superior. Uma das justificativas é que a mudança nos requisitos de ingresso ao cargo seria um reconhecimento aos altos níveis de complexidade e responsabilidade das atribuições da função.

A proposta afirma ainda que este tema é resultante de debates no âmbito da autarquia há mais de dez anos. Atualmente, cerca de 70% dos titulares ativos de cargos de nível intermediário no INSS, como técnico, já possuem formação de nível superior. Não haveriam alterações na natureza do cargo, apenas alteração do requisito de ingresso, a fim de adaptar o novo servidor à evolução do perfil profissional. Ainda, haveria curso de formação incluído no concurso como forma de adaptar o novo servidor ao trabalho. Vale reforçar que esse projeto não é oficial e não possui vínculo com a instituição e demais órgãos superiores até agora.

Confira abaixo como foi o último concurso promovido pelo INSS no final de 2015 e o edital divulgado com todas as informações sobre requisitos, salários e o que foi cobrado na prova:

Total de Vagas

950

Início inscrições

04/01/2016

Fim Inscrições

22/02/2016

Salários até

R$ 7.496,09