21/08/2020
02/09/2020
11/10/2020
R$ 8.300,00
350
13/10/2020

Anexos

O Ministério da Economia divulgou nesta quinta-feira (1) pelo Diário Oficial da União, a confirmação da data de realização das provas do processo seletivo aberto para a contratação, por tempo determinado, de profissionais de Tecnologia da Informação.

As provas objetivas terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas no próximo final de semana do dia 11 de outubro, às 14 horas (Brasília/DF). Os locais poderão ser consultados pelo site - http://www.cebraspe.org.br/concursos/me_20_pss, a partir do dia 5 de outubro de 2020 - veja a convocação.

Além disso, o Cebraspe informou que será obrigatório o uso de máscara e ter ainda máscaras reservas que possibilite a troca a cada duas horas. Além disso, será feita a verificação da temperatura corporal para acesso ao local da prova e deverá ser respeitado o distanciamento adequado, conforme demarcação do piso com fita adesiva nos locais de circulação.

Caso a temperatura corporal do candidato esteja acima de 37,5 graus, este não será desclassificado, mas o Cebraspe terá uma sala especial juntamente com outros candidatos que se encontrarem na mesma situação para aplicação das provas.

Ministério da Economia vai preencher 350 vagas na área de TI

O Ministério da Economia divulgou no Diário Oficial da União de 21 de agosto, o edital de nº 07/2020 com abertura de 350 vagas. As contratações serão de profissionais da área de Tecnologia da Informação em atividades técnicas de complexidade gerencial, de Tecnologia da Informação e de Engenharia Sênior, para a execução de projetos relacionados à Estratégia de Governo Digital. A transformação digital, tão falada no executivo, fez necessária a nova contratação de servidores com alto grau de instrução.

A seleção terá as provas coordenadas pelo renomado Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), e o edital reserva ainda 21 vagas para os candidatos portadores de deficiência e 70 vagas ficam para os candidatos negros, conforme leis federais - veja o edital.

Dentre os cargos abertos, há vagas para:

- Especialista em Análise de Processos de Negócios (50 vagas) - Exige curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas) e experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área.

- Especialista em Ciência de Dados (50 vagas) - Pede curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas), além de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área;

- Especialista em Desenvolvimento de Software (50) - Diploma de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas), mais experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área;

- Especialista em Experiência do Usuário (UX) (50) - curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas) e experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área;

- Especialista Gestão de Projetos (50) - Diploma de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas), acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área;

- Especialista em Infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) (50) - Curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas), acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área;

- Especialista em Segurança da Informação e Proteção de Dados (50) - Diploma de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas) e experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área.

O salário oferecido pelo Ministério aos novos contratados é de R$ 8.300,00, por jornada de trabalho de 40 horas semanais, podendo ser dispensado o controle de assiduidade mediante a implementação de programa de gestão, na forma do § 6º do art. 6º do Decreto nº 1.590, de 10 de agosto de 1995, a critério do Ministério da Economia.

Inscrições de agosto a setembro

As inscrições foram das 10h do dia 21 de agosto até as 18h do dia 02 de setembro de 2020 somente via internet, no endereço eletrônico da banca organizadora - www.cebraspe.org.br/concursos/me_20_pss. Foi cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 60,00.

Provas em outubro

O processo seletivo terá as seguintes etapas de avaliação:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório com 120 questões de conhecimentos gerais (50) e específicos (70);
  • Prova de títulos, de caráter classificatório.

As provas serão realizadas na data prevista de 11 de outubro de 2020 nos municípios de Brasília/DF, Belém/PA, Florianópolis/SC, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP, sendo os locais e horários divulgados no dia 30 de setembro.

As provas objetivas terão questões do tipo Certo e Errado, sobre língua portuguesa, língua inglesa, raciocínio lógico e conhecimentos específicos; já os gabaritos sairão a partir das 19 horas do dia 13 de outubro.

As datas e os períodos estabelecidos no cronograma são passíveis de alteração, conforme necessidade e conveniência do Ministério da Economia e do Cebraspe. Caso haja alteração, esta será previamente comunicada por meio de edital.

A validade do processo seletivo esgotar-se-á após dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Anexos