06/11/2020
09/11/2020
R$ 1.427,61
1

Anexos

O município de Alfenas, no estado de Minas Gerais, informa ao público em geral que realizará um processo seletivo simplificado para preencher uma vaga e ainda formar um cadastro de reserva no cargo de Agente Comunitário de Saúde.

A função de Agente de Saúde exige escolaridade de ensino fundamental completo, idade mínima de 18 anos e o candidato deve ainda residir nos bairros de Mandassaia, Cascalho ou Muzambo. O salário do cargo é de R$ 1.427,61, por carga horária de 40 horas semanais de trabalho.

A contratação dos aprovados no processo seletivo será na forma de contrato de prestação de serviços, pela carga horária total, pelo período de seis meses, o qual poderá ser prorrogado pelo mesmo prazo.

Como participar

As inscrições podem ser feita entre os dias 06 e 09 de novembro de 2020, das 08 às 16 horas, na Secretaria Municipal de Saúde, Praça Dr. Emílio da Silveira, 68, Centro, Alfenas-MG.

Os candidatos deverão apresentar a seguinte documentação (original e cópia):

  • Ficha de inscrição preenchida e assinada (Anexo IV do edital);
  • RG e CPF;
  • Currículo;
  • Documentação comprobatória do currículo.

Provas

Os candidatos serão selecionados por meio de análise curricular (prova de títulos) e de entrevista. O resultado final será divulgado às 15h do dia 12 de novembro por meio do endereço eletrônico www.alfenas.mg.gov.br e no mural de avisos da Prefeitura, na Praça Fausto Monteiro, 347, Centro, Alfenas-MG.

Atribuições do cargo

  • Cadastramento das famílias, participando do diagnóstico demográfico e definição do perfil socioeconômico da comunidade, da descrição do perfil do meio ambiente da área de abrangência, na realização do levantamento das condições de saneamento básico e realização do mapeamento da sua área de abrangência;
  • Realização do acompanhamento das microáreas de risco;
  • Promover ações de educação para a saúde individual e coletiva;
  • Programação das visitas domiciliares, elevando sua frequência nos domicílios que apresentam situações que requeiram atenção especial;
  • Atualização das fichas de cadastramento, dos componentes das famílias, execução da vigilância de crianças menores de um ano, consideradas em situações de riscos, e acompanhamento e desenvolvimento de crianças de zero a cinco anos;
  • Promoção da imunização de rotina as crianças e gestantes, encaminhando-as ao serviço de referência ou criando alternativas de facilitação de acesso, promoção do aleitamento materno exclusivo, entre outros.

Anexos