Concurso PM-AL 2018: Governador autoriza edital para Soldado Combatente

O novo concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado de Alagoas (PM-AL) abrirá vagas para Soldado Combatente. O Cespe/Cebraspe será a responsável pela coordenação.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

A Polícia Militar do Estado de Alagoas (PM-AL) e o Corpo de Bombeiros Militar do estado (CBM-AL) anunciaram o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/Cebraspe) como banca organizadora de seu novo concurso público. O concurso terá vagas para Soldado Combatente nas duas corporações.

O anúncio foi feito por meio de dispensa de licitação publicada no Diário Oficial do Estado de Alagoas no dia 8 de maio. A contratação da realizadora será feita por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag). Com a banca definida, os editais de abertura devem ser publicados nos próximos meses.

PMAL e Bombeiros-AL terão concurso para Soldado CombatenteOs Soldados Combatentes passam por curso de formação antes do ingresso na corporação, tendo como atribuições exercer atividade estudantil, em regime de internato ou semi-internato, em dedicação integral e exclusiva, exercendo as demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, conforme o regulamento de cada centro de formação e aperfeiçoamento, manual do aluno e diretrizes de ensino.

Soldado PM

A exigência para concorrer ao cargo é ter escolaridade média completa, estatura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, idade entre 18 e 30 anos e carteira de habilitação de categoria mínima 'B'. A remuneração é de R$ 1.367,15 para Aluno Soldado e de R$ 3.522,88 após a formação no curso de formação de Praças.

Com a conclusão do concurso, o Soldado PM irá atuar com atribuições e deveres, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes, participando e promovendo a segurança pública através de execuções em ações e operações policiais militares. Dentre as atividades do profissional estão: executar o policiamento ostensivo fardado, reservado e velado; assessorar os comandantes de guarnição; executar o serviço de sentinela das guardas de quartel, em estabelecimentos prisionais e nas assessorias militares; participar de ações e operações policiais; auxiliar e secretariar no desenvolvimento de processos e procedimentos administrativos da Polícia Militar; comandar guarnição de policiamento ostensivo fardado, reservado ou velado, na ausência de oficial ou graduado para tal, obedecida a antiguidade hierárquica; auxiliar a parte administrativa das unidades operacionais; executar o serviço de motorista de viaturas operacionais e administrativas e de patrulheiro; pautar suas ações em preceitos éticos, técnicos e legais, previstos em leis e regulamentos da Polícia Militar de Alagoas.

Os Soldados irão trabalhar em contato cotidiano com o público, em equipe, sob supervisão, em ambiente de trabalho que pode ser fechado, a céu aberto ou em veículos, em horários diversos; atuar em condições de pressão e de risco de morte em sua rotina de trabalho; conduzir e operar viaturas; realizar atividades de segurança contra incêndio e pânico; realizar serviços de limpeza e manutenção de dependências viaturas, materiais e equipamentos; realizar serviços administrativos, tais como auxiliar de serviços gerais; auxiliar de tesouraria e finanças; auxiliar de aprovisionamento; auxiliar de almoxarifado; auxiliar de serviço de manutenção; auxiliar de arquivo; auxiliar de serviço de inteligência; digitador; armeiro; auxiliar de relações públicas; e outros serviços inerentes à atividade administrativa que sejam determinados pelos superiores hierárquicos; cumprir todas as leis, decretos, normas e regulamentos aplicados à PM-AL.

Já os Soldados Bombeiros irão realizar serviços de prevenção e extinção de incêndios; busca e salvamento (aéreo, terrestre, aquático e em altura); executar ações de atendimento pré-hospitalar e socorros de urgência; conduzir e operar viaturas; realizar atividades de segurança contra incêndio e pânico; executar atividades de defesa civil; executar as ações de segurança pública no âmbito das atividades de bombeiro militar; realizar pesquisas técnico-científicas, com vistas à obtenção e ao desenvolvimento de produtos e processos voltados para a atividade bombeiro militar; promover e participar de campanhas educativas direcionadas à comunidade em sua área de atuação; fiscalizar, na área de sua competência, o cumprimento da legislação referente à prevenção contra incêndio e pânico e outras atividades determinadas pelas autoridades competentes; realizar serviços de limpeza e manutenção de dependências, viaturas, materiais e equipamentos; realizar serviços administrativos, tais como auxiliar de serviços gerais; auxiliar de tesouraria e finanças; auxiliar de aprovisionamento; auxiliar de almoxarifado; auxiliar de serviço de manutenção; auxiliar de arquivo; auxiliar de serviço de inteligência; digitador; armeiro; auxiliar de relações públicas; e outros serviços inerentes à atividade administrativa que sejam determinados pelos superiores hierárquico.

A PM-AL tem como missão promover a paz social no Estado de Alagoas, respeitando a dignidade da pessoa humana, através de ações proativas e reativas do policiamento ostensivo em suas diversas modalidades. Objetiva assegurar a satisfação da sociedade em relação ao serviço prestado de segurança pública ostensiva, por meio da garantia da qualidade e da melhoria contínua dos processos administrativos e operacionais, com enfoque no respeito humano e em busca da paz social.

Já o CBM-AL tem como missão desenvolver atividades de proteção a vida, bens e ao meio ambiente em benefício da sociedade alagoana, por meio de ações de prevenção, combate e investigação de incêndios, busca e salvamento, atendimento pré-hospitalar e defesa civil.

Últimos

A PM-AL realizou concurso para Soldado Combatente em 2017, com 57.382 inscrições registradas. Foram abertas 1.000 vagas, também sob coordenação do Cespe/Cebraspe. As exigências foram de escolaridade média completa, estatura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, idade entre 18 e 30 anos e carteira de habilitação de categoria mínima B. O edital ofereceu remuneração de R$ 1.367,15 para Aluno Soldado e de R$ 3.522.88 após a formação no curso de formação de Praças.

O concurso do Corpo de Bombeiros teve 140 vagas para Soldado, com 8.109 candidatos. A remuneração do aluno foi de R$ 1.410.22, passando a R$ 3.633,85 após a conclusão do curso. Veja o edital.

Os candidatos a Soldados PM foram avaliados em etapas de prova objetiva, teste de aptidão física, avaliação de saúde física e mental e investigação social. Já para Soldado CBM foram executadas etapas de provas objetivas, prova discursiva, avaliação médica das condições de saúde física e mental, teste de aptidão física e comprovação documental e investigação social. Para Soldado PM foram exigidos conhecimentos de língua portuguesa, noções de informática, atualidades, legislação pertinente ao Policial Militar de Alagoas, Noções de Direitos Humanos, Noções de Processo Penal, Noções de Direito Constitucional, Matemática e Ciências Sociais; já para Soldado CMB foram aplicadas questões de Língua Portuguesa, Matemática, Língua Estrangeira (Português e Espanhol), Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Ética, Cidadania e Direitos Humanos, Atualidades, Legislação Pertinente ao CBM-AL, Física, Química e Biologia.

A homologação do resultado dos dois certames aconteceu em 4 de maio de 2018 e sua validade inicial é de um ano, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.4/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar