Concurso SEE-SP 2018/2019: Educação de São Paulo terá 15.500 vagas para Professores e Supervisores

Governo de São Paulo anunciou que pretende promover novos concursos públicos com 15 mil vagas para Professores do ensino básico e 372 vagas para Supervisor de Ensino, além da seleção de 167 Oficiais Administrativos.

Por:
0
0 share
0 tweets
0 share

O Governo Estadual de São Paulo pretende realizar novos concursos nos próximos meses para admissão de 15 mil servidores no cargo de Professor de ensino básico para os níveis fundamental e médio. Além disso, 372 vagas serão ofertadas para Supervisor de Ensino e 167 vagas para Oficial Administrativo, com lotações previstas em todo o estado. O anúncio dos novos certames foi feito no Diário Oficial do Poder Executivo do estado de 05 de julho e pode ser conferido aqui no site - veja o anúncio dos novos concursos da SEE-SP.

Além dos novos concursos, o governo anunciou que vai nomear 249 Analistas de Tecnologia e 350 Agentes de Organização Escolar. Os novos editais da SEE-SP ainda não têm data definida para publicação.

Educação de São Paulo terá novos concursos com mais de 15 mil vagasCargos

Os salários iniciais na docência da SEE-SP são de R$ 2.459,71 para Professores de Educação Básica I (Fundamental I) e de R$ 2.585,00 para os Professores de Educação Básica II. O requisito é ter nível superior (licenciatura) na área de atuação.

O professor de Ensino Fundamental Anos Iniciais deve atender os processos de desenvolvimento e aprendizagem dos alunos considerando as dimensões cognitivas, afetivas e sociais; selecionar e utilizar diferentes recursos didáticos, ajustando-os às necessidades de aprendizagem dos estudantes; gerenciar a classe, organizando o tempo, o espaço e o agrupamento dos estudantes, de modo a potencializar as aprendizagens; avaliar a aprendizagem dos estudantes através de estratégias diversificadas e utilizar a análise dos resultados para reorganizar as propostas de trabalho; analisar e utilizar o resultado de avaliações externas e de estudos acadêmicos, entre outros.

Já o Professor PEB II, nos ensinos fundamental e médio atende o processo de sociabilidade e de ensino e aprendizagem na escola e nas suas relações com o contexto no qual se inserem as instituições de ensino e atuar sobre ele; reconhecer a importância de participação coletiva e cooperativa na elaboração, gestão, desenvolvimento e avaliação da Proposta Pedagógica e curricular da escola, identificando formas positivas de atuação em diferentes contextos da prática profissional, além da sala de aula; compreender a natureza dos fatores socioeconômicos que afetam o desempenho do aluno na escola e identificar ações para trabalhar com esses impactos externos; compreender o significado e a importância do currículo para garantir que todos os alunos façam um percurso básico comum e aprendam as competências e habilidades que têm o direito de aprender; entre outros.

Prepare-se: Resolva questões anteriores de provas da SEE-SP

Supervisor e Oficial Administrativo

Segundo o Portal da Transparência do estado, o cargo de Supervisor de Ensino tem salários a partir de R$ 4.948,17. Esse profissional atua de modo a assessorar, acompanhar, orientar, avaliar e controlar os processos educacionais implementados nas diferentes instâncias do sistema identificando os aspectos a serem aperfeiçoados ou revistos na implementação das políticas educacionais, bem como das diretrizes e procedimentos delas decorrentes, propondo alternativas para superação dos aspectos a serem aperfeiçoados ou revistos, o orientando os estabelecimentos de ensino quanto ao cumprimento das normas legais estabelecidas e das determinações emanadas das autoridades superiores, o representando, aos órgãos competentes, quando constatar indícios de irregularidades; assessorando ou participando, quando necessário, de comissões de apuração preliminar ou sindicâncias, com suporte técnico de assessoria jurídica, a fim de apurar possíveis ilícitos administrativos; entre outros.

Já o Oficial Administrativo tem remuneração a partir de R$ 1.450,87 e tarefas de apoio administrativo; o controle de registro de papeis de interesse da área de atuação; o atendimento ao público externo e interno; a redação de correspondências; o preenchimento de formulários e fichas de registro; o arquivo de processos, leis, publicações, atos normativos e demais documentos; a elaboração de relações e demonstrativos; entre outros.

Cargo de Agente Escolar da SEE-SP tem inscrições abertas

Está em andamento também o concurso para Agente de Organização Escolar da SEE-SP, com 1.495 vagas. O prazo de inscrições fica aberto até a próxima terça-feira, 10 de julho, e as provas acontecerão em 26 de agosto. O cargo pede ensino médio completo, idade mínima de 18 anos e aptidão física e mental para o exercício da função. O salário base da carreira é de R$ 1.005,79, mais abono complementar no valor de R$ 136,85, totalizando vencimentos de R$ 1.142,64, por jornada de trabalho de 40 horas por semana. As provas terão questões de língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, conhecimentos específicos e informática - Saiba mais.

O último concurso para Professores do estado teve 5.734 vagas e foi aberto em 2014. Os candidatos foram selecionados por meio de prova objetiva com com 80 questões de língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, conhecimentos específicos e informática. 

O certame que aprovou os candidatos para Analista de Tecnologia também aconteceu em 2014. Foram 400 vagas na área de Tecnologia da Informação, com exigência de diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de informática ou tecnologia da informação; o concurso teve ainda 200 vagas para área de Obras.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.8/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar