23/09/2019
06/11/2019
08/12/2019
R$ 2.750,00
38

Anexos

Foram realizadas no último domingo, 08 de dezembro, as provas objetivas do concurso da Procuradoria Geral do Município de Nova Iguaçu no estado do Rio de Janeiro. A avaliação teve três horas de duração para os cargos do período matutino e de quatro horas para os cargos do período vespertino. Estas, foram compostas de 60 a 80 questões, de acordo com o cargo.

Para os cargos de Analista de Procuradoria, Analista Contábil, Analista de Tecnologia da informação e Analista de Administração será considerado aprovado o candidato que obtiver no mínimo 50% de acertos em cada disciplina da prova objetiva. Já para os cargos de Técnico de Procuradoria e Técnico Programador de Computação será considerado aprovado o candidato que obtiver no mínimo 40% de acertos em cada disciplina da prova objetiva.

Foram 12.743 candidatos inscritos que disputam 38 vagas, distribuídos nos cargos de Analista Contábil, Analista de Tecnologia da Informação, Analista de Administração, Analista de Procuradoria, Técnico Programador de Computação e Técnico de Procuradoria. O salário dos cargos varia entre R$ 1.650,00 e R$ 2.750,00, por jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Gabaritos

Os gabaritos poderão ser consultado no endereço eletrônico da organizadora do concurso, o Instituto Universal de Desenvolvimento Social - IUDS. O edital não informa a data e horário de divulgação das respostas. Acompanhe pelo site da organizadora.

Provimento dos cargos

A posse e o exercício far-se-ão na forma estabelecida na Legislação que disciplina o Regime Jurídico dos Servidores Públicos da Prefeitura Municipal de Nova Iguaçu. A nomeação dos candidatos obedecerá à ordem de classificação, devendo iniciar-se pela lista de pontuação geral, seguida da lista reservada aos portadores de Deficiência, observando-se a partir de então sucessiva alternância entre ambas, até o esgotamento das vagas reservadas.

A lotação se dará conforme convier à municipalidade, de acordo com o plano de lotação, a juízo da administração municipal. A lotação e a fixação do horário de trabalho serão estabelecidas pela Prefeitura em escalas que atendam as necessidades dos serviços públicos.

O prazo de validade do concurso público será de dois anos, a contar da data de homologação, prorrogável por igual período, a juízo da Administração Municipal.

Anexos