Estudo para concursos: Quantas questões devo resolver por dia?

A metodologia de estudos de cada concurseiro é muito particular e personalizada. Contudo, resolver um número mínimo de questões diárias podem te ajudar. Veja.

Por Mateus Nunes de Paula

Essa é uma pergunta bem comum e recorrente que os concurseiros fazem. Nesse caso, será que existe uma quantidade certa de questões a serem resolvidas por dia para facilitar a aprovação?

Bom, sabemos que um dos pontos primordiais para se obter a aprovação é estudar com qualidade. Nada adianta estudar 10 horas por dia, resolver mil questões sem ter uma estratégia bem definida de estudos.

Primeiramente, tente avaliar como as questões estão se encaixando na sua rotina de estudos. Você utiliza questões para fazer uma revisão? Resolve questões após cada tópico estudado? Estuda somente por meio de questões? Ou resolve questões só após ver todo o conteúdo?

A quantidade de questões a serem resolvidas por dia vai depender da sua estratégia de estudos. O ideal, para não perder o ritmo, seria resolver pelo menos 20 questões diárias, conforme o tempo disponível, para que você não esqueça do que foi estudado. Veja, esse é o mínimo aceitável para que você greve o conteúdo e ative a sua memória! Não precisa necessariamente fazer apenas as 20 questões, tente sempre fazer acima do padrão mínimo. Digamos que hoje tenha estudado sobre atos administrativos, amanhã resolva algumas questões sobre esse assunto para reforçar aquilo que já foi visto.

Aí muitos vão pensar: "Ah, mas isso é muito pouco para resolver num dia". Tudo bem, parece pouco, mas existem concurseiros que trabalham o dia inteiro, tem filhos e outros compromissos diários que não pode ser deixados de lado (veja como estudar somente aos fins de semana). Se você tem tempo livre, obviamente resolverá muito mais questões em um dia. É exatamente por isso que esse número é adaptável às condições de cada um.

Outra coisa interessante nisso é que de tanto fazer questões você já fica mais atendo para o que está sendo cobrado naquele assunto, quais as pegadinhas, o que a banca considera ou não em determinado tema e diversos outros fatores que podem ser levados em conta quando se resolve questões.

Outro aspecto que vamos reforçar é o cronograma de estudos. Não deixe de se organizar! Inclua estrategicamente na sua rotina de estudos a quantidade mínima de questões. Essa quantidade deve ser estipulada de acordo com o ritmo e as possibilidades de cada um. Há diversos perfis e tipos de concurseiros, desde aqueles que trabalham, estudam e acompanham aulas de graduações e ainda estudam para concursos, quanto aqueles que dedicam seu tempo integralmente ao estudo.

Desta forma, vamos dividir o artigo em dois tópicos, um dedicado aos concurseiros que possuem tempo disponível para estudar e para aqueles que não possuem tanto tempo disponível. Para esta definição, consideraremos de 2 a 6 horas diárias quem tem tempo disponível e menos de 2 horas diárias para quem tem outras atividades, como trabalho.

Para aqueles que não possuem tempo para estudar

A rotina de questões e de estudos são particularidades que devem ser levadas em consideração e planejadas conforme a capacidade de cada concurseiro e o método de estudos que melhor atende e prepara cada um.

Contudo, para aqueles com menos de 2 horas diárias, a resolução de questões pode ser uma boa alternativa, até mesmo um atalho para render mais.

Facilmente, por mais complicado e corrido que seja o dia, é possível realizar, ao menos, 10 questões diárias. Existem diversos aplicativos de celulares, desde os gratuitos até os mais completos, que oferecem questões de concursos anteriores. Não bastasse isso, há sites especializados que oferecem questões, há outros que oferecem provas anteriores...Enfim, a falta de tempo não deve ser uma desculpa para não realizar questões.

A menos que você tenha 15 minutos de almoço na empresa onde você trabalhe, é possível realizar no horário do meio dia, pelo menos 3 ou 4 questões. Ainda, no transporte coletivo de ida ou volta para casa ou a caminho da faculdade também é possível realizar algumas questões. Por fim, se você não desfrutar destes intervalos de tempo você poderá encontrar tempos entre atividades que lhe permitirão a realização de algumas questões, seja entre intervalos de aulas da faculdade, ou minutos antes de sair ou chegar em casa. Se você deseja realmente passar em um concurso público você encontrará tempo para realizar, ao menos, 10 questões diárias.

Para aqueles que possuem tempo para estudar

Assim como para aqueles com pouco tempo, o planejamento e a metodologia de estudos deve atender as melhores condições e melhores resultados de cada concurseiro. Contudo, se você dispõe de mais de 2 horas diárias para estudar, não custa nada direcionar alguns minutos de seu tempo com a realização de algumas questões de provas anteriores.

Para cada novo tópico estudado, ao menos para as matérias mais comuns de caírem em concursos, não é nem um pouco difícil, encontrarmos questões acerca do tema. Desta forma, como forma de fixação do conteúdo estudado, 20 questões diárias são consideradas um número mínimo para fixar a parcela do conteúdo estudado. Do mesmo modo, 20 questões diárias são boas para manter determinados conteúdos frescos, a título de revisão.

Por último, se você possui mais de 6 horas diárias para estudar e não se enquadra em nenhuma das modalidades acima, é seu dever, realizar, ao menos, 30 questões diárias. Se você dispõe de mais de 6 horas consegue aprender conteúdos novos, diariamente. Para aqueles que já estão a alguns a algum tempo nessa condição, certamente passam o dia revisando parte da matéria já vista. Desta forma, independentemente de sua metodologia de estudos, a resolução de questões será importante tanto para manter o conteúdo fresco quanto para revisar aqueles conteúdos já vistos em meses, semanas ou meses. Para tanto, o número mínimo de 30 questões diárias, certamente lhe ajudará na sua preparação.

Boa sorte e sucesso!

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso Crefono-5 tem edital publicado com 165 vagasNível: Médio, Superior09/12/2019165R$ 3.816,00
Concurso EBSERH Nacional 2019: Sai edital com 1.660 vagasNível: Médio, Técnico, Superior10/12/20191.660R$ 10.350,46
Marinha do Brasil abre mais de 500 vagas no SMV para Praças em 2020Nível: Fundamental, Médio, Técnico15/12/2019552
Concurso MPT 2019: Edital para Procurador é divulgadoNível: Superior26/12/20194R$ 28.947,55
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Minha foto
    Siga nossas redes sociais