Vale a pena deixar o emprego para estudar para concursos?

Devo ou não abrir mão de meu emprego atual para me dedicar integralmente na preparação para concursos? Vamos te mostrar os dois lados dessa dúvida que assola muitas pessoas.

Por Mateus Nunes de Paula

Uma questão que uma hora ou outra acomete quem vem se preparando para concursos e tem um emprego fixo é: vale mesmo a pena largar o trabalho para estudar para concursos? Embora, em tese, abandonar o emprego para estudar aumente o seu tempo para se dedicar aos estudos, isso nem sempre é uma garantia de aprovação e tal decisão deve ser estritamente pessoal, levando alguns aspectos em conta. Vejamos...

Alguns concurseiros dependem diretamente dos rendimentos do seu emprego para a manutenção familiar, para o pagamento das contas e o auxílio direto em casa. Outros pontos que devem ser analisados são: o quanto você recebe pelo seu trabalho e pelas horas dedicadas a ele, seria fácil ou difícil uma futura recolocação no mercado de trabalho caso você mudasse de ideia? qual a opinião e apoio de sua família para tal decisão?

Antes de abandonar o seu emprego, faça uma prévia experiência, use suas férias do trabalho para estudar e veja o quanto você irá render, o tempo que irá conseguir estudar diariamente, o seu progresso com os estudos e a evolução que você notará com a realização de provas ou simulados.

Se levando em conta todos estes fatores você acreditar que vale sim a pena abrir mão do seu emprego formal para se dedicar aos estudos com uma prévia experiência positiva, siga o próximo tópico e faça um planejamento antes de abrir mão de vez de seu atual trabalho. Agora, caso tenha analisado todos os pontos acima e decida que não vale a pena abrir mão para estudar e que tocar as atividades em paralelo, tudo bem: isso pode ser uma barreira, mas não é um impedimento para a sua aprovação!

Concursos cada vez mais concorridos exigem dedicação mxima
Concursos cada vez mais concorridos exigem dedicação máxima

Faça um planejamento econômico

É muito importante se preparar financeiramente para tal. Tente fazer economias e juntar algum dinheiro para se preparar para os longos meses de estudos que virão. Embora você abandone o emprego, as contas e os boletos continuarão chegando. Por mais que você tenha algum certo amparo de seus pais ou outros familiares, saiba que as coisas não serão mais como antigamente e que mais cedo ou mais tarde o dinheiro, fruto do seu trabalho ou emprego, fará falta, seja para o sustento de sua família, para diversão ou até mesmo para sua preparação com a compra de materiais de estudo. Por isso, planeje muito bem essa questão financeira antes de se dedicar integralmente aos estudos.

Tempo para aprovação pode demorar

Muitas vezes, mas muitas vezes mesmo, demora muito mais do que se imagina até passar em um  bom concurso. Não é pessimismo meu caro, é realismo. Com o tempo aprendemos que o tempo que se leva para passar em concursos, na maioria das vezes, não depende apenas de nós mesmos: isso porque após a tão almejada aprovação temos ainda o prazo para a nomeação (pode ser de imediato ou levar vários anos entre homologações e prorrogações). Embora, se aprovado dentro do número de vagas a sua vaga já esteja assegurada, os órgãos públicos costumam demorar alguns meses ou até anos para as nomeações, ainda mais em períodos de crise orçamentária, como ocorre atualmente. Se estivermos falando de concursos municipais, esse prazo pode se estender por 4 anos, já que costumam prorrogar os prazos de validade.

Portanto, esteja preparado para demorar muito mais tempo do que se planejava. Salvo se você já estuda há 2 ou 3 anos ou esteja se preparando para prestar algum concurso municipal, saiba que dificilmente passará com menos de 6 meses de estudo.

Ainda, entenda que você não conseguirá estudar 8 ou 9 horas por dia logo na primeira semana após abandonar o emprego. Geralmente leva algumas semanas ou até meses para conseguir estudar mais do que 6 horas diárias. As primeiras semanas seriam o tempo de adaptação e organização da "nova vida".

Ao abandonar o emprego, você terá bastante tempo para estudar, mas ao decorrer dos meses esse tempo deixa de ser um aliado nos estudos para se tornar uma preocupação, sem contar que a pressão pela aprovação começa a ficar cada vez maior. Ou seja, o que antes era uma solução passa a ser a preocupação e um motivo de ansiedade e estresse. Trabalhe seu emocional para não ficar frustrado ou arrependido.

E se eu não abandonar o emprego para estudar?

Por outro lado, se você não quiser ou puder abandonar o emprego, não significa que não será aprovado. Contudo, será necessário mais objetividade, foco e um bom organograma de estudos, claro com um tempo maior para atingir a sua aprovação. Não abrir mão do seu emprego não é necessariamente ou um empecilho para sua aprovação. Você terá menos tempo para estudar, mas isso não lhe impede de fazer um bom cronograma para aproveitar melhor os seus horários disponíveis para estudo. Não há uma quantidade mínima de horas para serem estudadas por dia, mas com 2 a 3 horas de estudos diários já é possível uma aprovação a longo prazo, caso estude com qualidade.

Conheço histórias de servidores com ótimos cargos públicos (Procurador da Fazenda Nacional, Policiais Federais, Magistrados, ...) que mesmo não abrindo mão de seus empregos conseguiram ser aprovados em grandes concursos. Contudo, saiba que sua dedicação e empenho deverão ser ainda mais intensos caso queira o tão sonhado cargo público.

Afinal, vale a pena abandonar o emprego para estudar para concurso?

DEPENDE...a decisão de abandonar o emprego para estudar para concursos é uma decisão totalmente pessoal.

Independentemente da situação econômica saiba que caso você abandone o seu emprego para estudar, alguns luxos, facilidades, comodidades ou até mesmo necessidades serão cortadas. Você terá que abrir mão de alguns confortos ou até mesmo coisas necessárias em troca de seus estudos. Terá que economizar muito mais!

Como esta é uma decisão pessoal que dependente da situação econômica, familiar e emocional de cada um, antes de tomar a decisão analise bem os pontos que mencionamos e tenha certeza de que a sua decisão vai lhe garantir o melhor para o seu futuro. Mas, independentemente de sua escolha, saiba que o único requisito para ser aprovado em um concurso é sua DEDICAÇÃO, EMPENHO e VONTADE de vencer, independentemente da sua situação atual.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso EBSERH: Sai edital e inscrições estão abertas para 6 mil vagas temporáriasNível: Técnico, Superior06/04/20206.381R$ 10.350,45
Concurso Marinha 2020: Sai edital no Colégio NavalNível: Fundamental16/04/2020143
Concurso Aeronáutica 2020 - Cadetes do ArNível: Fundamental21/04/2020180R$ 7.315,00
Concurso Marinha 2020 - Sargentos MúsicosNível: Médio29/04/202040R$ 3.825,00
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Minha foto
    Siga nossas redes sociais