Governo autoriza 1.481 vagas no IBAMA

O Ibama tem autorização para contratar temporariamente até 1.481 Brigadistas, Chefes de Brigada, Chefes de Esquadrão e Supervisores de Brigada.

Por Ana Carolina Lopes dos Santos
Abertura inscrições 23/06/2020 Total de vagas 844
Encerra inscrições 07/07/2020 Salários até R$ 5.225,00

O Ministério de Economia autorizou novas contratações de profissionais para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Uma nova seleção será realizada a partir de junho de 2020, com edital já nos próximos dias.

A notícia foi confirmada pelo Diário Oficial da União desta quinta-feira, 4, pela Portaria Interministerial nº 13.378 de 2 de junho, assinada pelo Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Spencer Uebel; e pelo Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

De acordo com a Portaria, os novos contratados irão atuar no combate a emergências ambientais. Veja o quantitativo autorizado:

Governo autoriza 1.481 vagas no IBAMA - Reprodução: Dirio Oficial
Governo autoriza 1.481 vagas no IBAMA - Reprodução: Diário Oficial

Das vagas

O Ibama tem autorização para contratar até 1.481 profissionais para atuarem em funções de Brigada, sendo que as vagas foram distribuídas da seguinte forma:

Brigada normal (1.160 vagas):

  • Brigadista (925);
  • Chefe de Esquadrão (168);
  • Chefe de Brigada (67).

Brigada Especializada (281 vagas):

  • Brigadista (235);
  • Chefe de Esquadrão (35);
  • Chefe de Brigada (11).

Supervisor de Brigada (40):

  • Estadual (35);
  • Federal (5).

Os aprovados na futura seleção serão convocados conforme a necessidade do Ibama. Os contratos terão validade inicial de seis meses, mas poderão ser prorrogados por até 2 anos, caso isso seja necessário para a recuperação da situação de emergência ambiental.

As remunerações não foram explicitadas na Portaria, mas a informação é de que o Ibama definirá os ganhos dos novos profissionais com base na Lei nº 8.745, de 1993; que trata da "contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público".

Prevfogo foi autorizada a contratar Brigadistas também em 2019

Em 2019 foi declarada situação de emergência nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima e Tocantins; isso pela Portaria de nº 153/2019 do Ministério do Meio Ambiente.

Dessa forma, houve a necessidade de estruturar o pessoal para combater os incêndios. Então, a Portaria de nº 3.020/2019 autorizou o Prevfogo (Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais) a contratar Brigadas Federais compostas por um Brigadista Chefe de Brigada, dois Brigadistas Chefes de Esquadrão e dez Brigadistas para atuarem em tais regiões, somando mais de 1.300 vagas.

Os interessados em atuar no Ibama na carreira de Brigadista devem acompanhar as futuras decisões sobre a seleção, pois as demais informações (como a forma de contratação e as remunerações e etc.) deverão ser publicadas entre as próximas semanas.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais