01/02/2021
12/02/2021
21/03/2021
R$ 8.300,00
40
23/03/2021

Anexos

Está aberto o processo seletivo simplificado da Agência Nacional de Mineração. A ANM divulgou por meio do Diário Oficial da União de 27 de janeiro, o edital nº 01/2021 com as normas de realização de um novo certame para admissão de 40 servidores e formação de cadastro de reserva no cargo de Técnico em Segurança de Barragens, sendo 18 para lotação em Belo Horizonte-MG, 8 para Belém-PA, 2 vagas para Cuiabá-MT, 2 para São Paulo-SP e outras 10 vagas para lotação no Distrito Federal-DF.

Das 40 vagas, 29 serão para ampla concorrência, 3 para pessoas com deficiência e 8 ficam para os candidatos negros. Veja o edital completo no quadro anexo.

O cargo exige graduação em Geologia, Engenharia Geológica, Engenharia de Minas, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental ou em Engenharia Florestal, além de experiência profissional superior a cinco anos na área de formação ou título de mestrado ou doutorado na área de formação. O salário será de R$ 8.300,00, por regime de trabalho de 35 horas por semana.

O processo seletivo será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE). Veja o edital no quadro anexo.

Inscrição para Técnico em Segurança de Barragens da ANM

As inscrições na seleção poderão ser feitas via internet, por meio do endereço eletrônico www.cebraspe.org.br/concursos/anm_21_pss, das 10h do dia 01 de fevereiro até as 18h do dia 12 de fevereiro de 2021, horário oficial de Brasília-DF. A taxa de inscrição está fixada em R$ 102,00.

Os inscritos passarão por três etapas de avaliação, envolvendo:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de títulos, de caráter classificatório

As provas objetivas valerão 100 pontos e terão duração de 5 horas, sendo aplicadas nas cidades de Belém-PA, Belo Horizonte-MG, Cuiabá-MT, São Paulo-SP e no Distrito Federal na data prevista de 21 de março de 2021. Os locais e horários serão divulgados até o dia 12 de março por meio do cartão de confirmação de inscrição.

A prova objetiva terá 100 questões, com 40 de conhecimentos básicos sobre:

  • Língua portuguesa
  • Língua inglesa
  • Noções de direito constitucional
  • Noções de direito administrativo
  • Ética no serviço público

E ainda 60 questões de conhecimentos específicos nas áreas de:

  • Mecânica dos solos aplicada
  • Geologia de engenharia aplicada
  • Hidrologia e hidráulica de barragens
  • Investigação geológico-geotécnica
  • Ruptura hipotética de barragens
  • Estruturas de disposição de rejeitos
  • Modelagem numérica em barragens
  • Instrumentação
  • Geofísica aplicada a barragens
  • Legislação e normas sobre barragens

Da prova discursiva

A prova discursiva valerá 20 pontos e consistirá de um parecer geral de até 60 linhas, a respeito de temas relacionados aos conhecimentos específicos. O texto definitivo da prova discursiva deverá ser manuscrito, em letra legível.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados no endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/anm_21_pss, a partir das 19 horas do dia 23 de março.

Dos títulos

A prova de títulos valerá 20 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos enviados seja superior a esse valor. Os critérios de pontuação serão os seguintes:

  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado: 4,80 pontos;
  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado: 2,40 pontos;
  • Certificado de curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360h: 2,40 pontos;
  • Exercício de atividade autônoma ou profissional de nível superior na Administração Pública ou na iniciativa privada: 10,40 pontos.

São atribuições dos Técnicos em Segurança de Barragens

  • A fiscalização de segurança de barragens de mineração em todo território nacional, abrangendo seus aspectos de projeto, construção, manutenção, operação e gerenciamento de riscos, compreendendo: verificação das características hidráulicas, estruturais da barragem de mineração, assim como das características físicas, químicas e mineralógicas dos constituintes no reservatório;
  • A verificação referente à geotecnia, incluindo geologia regional e local, sismicidade natural e induzida, dados geológicos e geotécnicos da base/fundação da estrutura;
  • A verificação concernente a parâmetros de fundação (dreno de fundo, geologia do substrato e condições de permeabilidade);
  • A verificação das informações de estabilidade, parâmetros geotécnicos e metodologia utilizadas para obtenção do Fator de Segurança, em consonância com o que prevê a Norma ABNT NBR 13.028/2017;
  • A verificação dos dados referentes a operacionalidade dos instrumentos de inspeção e monitoramento, confrontando o levantamento de dados referentes a coerência dos níveis de controle da instrumentação(carta de risco) e os respectivos cenários para fatores de segurança;
  • A verificação dos cenários de falha e modelagem da brecha de falha da barragem (vertimento máximo, galgamento, ruptura da barragem em volume mais provável);
  • A verificação das informações dos registros de monitoramento e instrumentação;
  • A verificação de dados e informações referentes a manuais, planos de operação, inspeção e monitoramento da estrutura de barragem, entre outros.

O prazo de validade do processo seletivo será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Anexos