01/02/2021
12/02/2021
21/03/2021
R$ 8.300,00
40
23/03/2021

Anexos

A Agência Nacional de Mineração (ANM) já definiu a banca organizadora que fará seu próximo concurso público. Por meio do Diário Oficial da União de 22 de janeiro, saiu o extrato de contrato com a organizadora da seleção. O Cebraspe - Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos fará o processo seletivo simplificado para a seleção que terá 40 vagas - veja o contrato.

O documento de autorização da seleção saiu no Diário Oficial da União de 24 de novembro, e será para ingresso no cargo de Técnico em Segurança de Barragens.

A Portaria interministerial nº 23.478 é assinada pelo Secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do ministério da economia, Caio Mario Paes de Andrade. Os profissionais serão contratados para atuar no Setor de Segurança de Barragens de Mineração da ANM e a seleção se dará por meio de processo seletivo simplificado, a ser aberto em breve.

O prazo para a publicação do edital da seleção dos novos servidores é de até 6 meses, contado a partir da publicação da portaria, mas deve sair bem antes, tendo em vista a urgência dos novos profissionais. Os contratos terão duração de até 4 anos, segundo o governo.

Os requisitos para ingresso no cargo ainda não foram divulgados oficialmente, mas tendo em vista a atividade de complexidade gerencial, deverá ser nível superior na área de engenharia e ainda acréscimo de tempo de experiência na área. O salário deve ser de R$ 8.300,00, como em outras seleções realizadas pelo governo federal recentemente, como no próprio Ministério da Economia.

Pedido de concurso ANM

A agência nacional de mineração confirmou que há também um pedido em andamento para abertura de concurso público, este ainda sem o aval do governo. O pedido em tramitação tem pedido de 598 vagas e vem sendo renovado desde 2018, segundo o documento recebido pelo Ministério da Economia. Veja o protocolo abaixo:

Protocolo com pedido de concurso da ANM

Vagas pedidas

Foram solicitadas para o concurso 598 vagas, distribuídas da seguinte forma:

  • Especialista em Recursos Minerais: 135 vagas
  • Técnico em Atividades de Mineração: 424 vagas
  • Analista Administrativo: 118 vagas
  • Técnico Administrativo: 55 vagas

Ainda assim as vagas que foram pedidas estão bem abaixo do número de vagas disponíveis na ANM, pois conforme dados do SIAPE são 1.241 cargos vagos.

Salários na ANM

Conforme informações extraídas da tabela de cargos e salários do órgão, as remunerações iniciais atuais com recebimento integral das Gratificações da ANM são de:

  • Especialista em Recursos Minerais: R$ 12.797,61 - nível superior
  • Técnico em Atividades de Mineração: R$ 5.177,17 - nível médio/técnico
  • Analista Administrativo: R$ 9.233,61 - nível superior
  • Técnico Administrativo: R$ 3.555,17 - nível médio

ANM quer novo concurso; órgão tem 1,2 mil cargos vagos

ÚLTIMO CONCURSO

O último concurso do órgão ocorreu em 2010, sob responsabilidade do Instituto Movens. Foram ofertadas, na época, 256 vagas para diversas áreas nos cargos de Analista Administrativo, Especialista em Recursos Minerais e Técnico Administrativo. Veja as vagas e áreas contepladas na última seleção:

Áreas do cargo de Analista Administrativo:

  • Administração;
  • Biblioteconomia;
  • Contabilidade;
  • Direito;
  • Gestão de Pessoas e
  • Manutenção Predial.

Áreas no cargo de Especialista em Recursos Minerais:

  • Auditoria Externa;
  • Desenvolvimento e Economia Mineral;
  • Engenharia de Minas;
  • Geologia;
  • Geologia e Mineração;
  • Química
  • Tecnologia da Informação.

Áreas no cargo de Técnico Administrativo:

  • Administrativo;
  • Contabilidade;
  • Agrimensura e Topografia;
  • Geologia e Mineração e
  • Manutenção de Banco de Dados.

Provas

A avaliação dos candidatos teve etapas de prova objetiva e discursiva. As discursivas foram apenas para nível superior. Já a prova objetiva teve 20 questões de conhecimentos básicos e 20 questões de conhecimentos específicos. Veja na imagem abaixo:

Questões por cargo do último concurso da ANM

O que é e o que faz a ANM

A ANM é o extinto Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). Foi criada pela Lei 13.575 de 2017, mas foi instalada pelo decreto 9.587 somente em 2018. É uma autarquia federal sob regime especial e dotada de personalidade jurídica de direito público com autonomia patrimonial, administrativa e financeira. Sua sede fica em Brasília e possui circunscrição em todo o território nacional.

A ANM tem por finalidade promover o planejamento e o fomento da exploração mineral e do aproveitamento dos recursos minerais e superintender as pesquisas geológicas, minerais e de tecnologia mineral, bem como assegurar, controlar e fiscalizar o exercício das atividades de mineração em todo o território nacional, na forma do que dispõem o Código de Mineração, o Código de Águas Minerais, os respectivos regulamentos e a legislação que os complementa.

O recente desastre na barragem de Brumadinho/MG enfatizou a necessidade de pessoal na ANM. O órgão é responsável pela fiscalização da segurança das barragens pelo país.

Anexos