O Governo Federal já divulgou os novos calendários das parcelas 6, 7, 8 e 9 do auxílio emergencial. A Caixa começa a pagar nesta segunda-feira de 19 de outubro a 7ª parcela do benefício de R$ 300 ou R$ 600. Num primeiro momento recebem a sétima parcela os beneficiários do programa Bolsa Família, enquanto inscritos pelo app e site que receberam a primeira parcela em abril receberão a parcela 7 a partir do dia 30 de outubro, os nascidos em janeiro.

Para o Bolsa Família o pagamento segue o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) e as mães chefes de família recebem o dobro, R$ 600. Já para os demais inscritos pelo app e site da Caixa o pagamento da parcela 7 envolve o ciclo 4, conforme o mês de nascimento e a data de recebimento da primeira parcela.

Até agora, a Caixa já liberou R$ 227 bilhões aos 67,7 milhões de beneficiários aprovados no auxílio. A duração do benefício vai até dezembro e, segundo a equipe econômica do governo, não será prorrogado.

Calendário da 7ª parcela do auxílio para os dois grupos

Após a prorrogação do Auxílio Emergencial com um valor reduzido (R$ 300), a 7ª parcela do benefício deixou de ser paga para quase 3 milhões de pessoas do Bolsa Família - passou de 19,2 para 16,3 milhões - visto que era mais vantajoso voltar a receber o valor do Bolsa Família.

Confira os dias previstos para depósito dos valores para quem é do Bolsa Família:

Calendário da 7ª parcela - Bolsa Família
Data NIS terminado em Quantidade de pessoas aptas
segunda-feira, 19 de outubro de 2020 1 1,6 milhão
terça-feira, 20 de outubro de 2020 2 1,6 milhão
quarta-feira, 21 de outubro de 2020 3 1,6 milhão
quinta-feira, 22 de outubro de 2020 4 1,6 milhão
sexta-feira, 23 de outubro de 2020 5 1,6 milhão
segunda-feira, 26 de outubro de 2020 6 1,6 milhão
terça-feira, 27 de outubro de 2020 7 1,6 milhão
quarta-feira, 28 de outubro de 2020 8 1,6 milhão
quinta-feira, 29 de outubro de 2020 9 1,6 milhão
sexta-feira, 30 de outubro de 2020 0 1,6 milhão

Já para os inscritos pelo aplicativo e site da Caixa, a sétima parcela obedece o mês de nascimento do beneficiário, sendo:

Calendário da 7ª parcela:

Ciclo 4
Mês de nascimento Crédito em conta Saque e transferência
Janeiro 30 de outubro 07 de novembro
Fevereiro 04 de novembro 07 de novembro
Março 05 de novembro 14 de novembro
Abril 06 de novembro 21 de novembro
Maio 08 de novembro 21 de novembro
Junho 11 de novembro 24 de novembro
Julho 12 de novembro 26 de novembro
Agosto 13 de novembro 28 de novembro
Setembro 15 de novembro 28 de novembro
Outubro 16 de novembro 01 de dezembro
Novembro 18 de novembro 05 de dezembro
Dezembro 20 de novembro 05 de dezembro

Prazo para sacar auxílio é de 90 dias

Se você está recebendo as parcelas do auxílio, o governo divulgou que o saque do valor é permitido somente em até 90 dias depois da liberação do crédito na conta poupança digital. Se, ao fim deste prazo, o valor não tiver sido movimentado, ele será devolvido aos cofres da União.

O prazo para saques do auxílio emergencial consta do Decreto nº 10.316, que regulamentou o auxílio emergencial e outros benefícios do governo federal. No entanto, os inscritos no Bolsa Família têm um prazo maior. Para estes são 270 dias (9 meses) para sacar o benefício. A extensão do prazo foi oficializada na Portaria nº 444, publicada no Diário Oficial da União no dia 24 de julho.

A devolução de uma parcela para a União não interfere no pagamento das parcelas seguintes, de acordo com a Caixa Econômica Federal. Caso o beneficiário perca o prazo de uma parcela, continuará a receber as demais parcelas normalmente. O auxílio emergencial prevê o pagamento de cinco parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) e o pagamento de metade desse valor em parcelas adicionais até dezembro.