A Caixa Econômica Federal informou na última segunda-feira, 30 de novembro, que cerca de R$ 7,9 bilhões liberados pelo saque emergencial do FGTS retornarão para as contas dos trabalhadores que não movimentaram os valores até o momento. De acordo com o banco, o processo de estorno do FGTS emergencial pode levar até sete dias corridos, ou seja, deve ocorrer até a próxima segunda-feira (7).

O banco informa também que os trabalhadores que ainda não retiraram os recursos mas desejam fazê-lo devem solicitar o saque pelo aplicativo do FGTS entre os dias 7 e 31 de dezembro de 2020. O saldo então será liberado novamente na conta poupança digital da Caixa e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Veja mais detalhes sobre o estorno do FGTS.

A Caixa liberou no dia 14 de novembro, a última rodada de saques e transferências do FGTS Emergencial para milhões de brasileiros. Quem pôde movimentar a partir de então o valor de até R$ 1.045,00, conforme o saldo em conta, foram os nascidos em novembro e dezembro, visto que o calendário definido pelo banco segue a ordem do mês de aniversário dos beneficiários.

Até o dia 30 de novembro o saque em espécie nos caixas eletrônicos estava liberado para todos os trabalhadores nascidos de janeiro a dezembro. Lembrando que por definição da Caixa e do Ministério da Cidadania o crédito esteve disponível, em primeiro momento, apenas em conta poupança digital criada pela Caixa de forma gratuita com acesso por meio do aplicativo Caixa Tem. Para realizar o saque em espécie o trabalhador teve que aguardar a data prevista no calendário para o saque e transferência (veja abaixo).

Segundo Pedro Guimarães, presidente da Caixa, os valores foram creditados em várias datas, conforme o mês de nascimento e os saques e transferências liberados sempre aos sábados. Na poupança digital da Caixa o trabalhador pode utilizar o dinheiro do FGTS para pagar de boletos e contas ou para utilizar via cartão de débito virtual, além de pagamentos via QR code para compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos. As funções são realizadas por meio do aplicativo CAIXA Tem (baixe para Android e iOS). Veja o calendário:

Calendário FGTS Emergencial 2020

Todos os créditos em conta foram feitos pela Caixa até o dia 21 de setembro e os saques serão liberados até o dia 14 de novembro. Veja o calendário:

4,9 milhões recebem o FGTS emergencial nesta segunda-feira. Reprodução: Caixa.
4,9 milhões receberam o FGTS emergencial a cada segunda-feira. Reprodução: Caixa.

Como transferir o FGTS Emergencial para outra conta

A estratégia de liberar dois calendários, um para crédito conta digital e outro para saque, foi utilizada pela Caixa também nos pagamentos do auxílio emergencial com objetivo de evitar aglomerações nas agências. Entretanto, alguns beneficiários descobriram formas de transferir e até mesmo sacar o valor da poupança digital antes do dia marcado no calendário.

Uma das técnicas realizadas pelos internautas é uma forma simples de ter acesso ao dinheiro, basta ter uma conta em banco digital para segui-la. Para aqueles que precisam utilizar o dinheiro para outras atividades que o aplicativo Caixa Tem não permite ou apenas transferir para uma conta pessoal essa dica é uma boa alternativa.

- Veja neste post como antecipar o saque do seu FGTS pelo aplicativo Caixa Tem

Uma outra forma de sacar o seu FGTS Emergencial é utilizando o Cartão de Débito Virtual que pode ser gerado no Caixa Tem e criando uma conta no PicPay, Mercado Pago ou PagBank. Para isso o trabalhador deve usar a opção de adicionar dinheiro na carteira digital de uma das fintechs citadas e realizar a transferência do FGTS usando os dados do cartão de débito do Caixa Tem.

- Confira o passo a passo de como transferir o FGTS para PicPay e Mercado Pago

Como sacar o FGTS Emergencial no caixa eletrônico?

Assim que chegar a data permitida para o saque, e se o dinheiro ainda não foi transferido automaticamente pela Caixa, o usuário encontrará no aplicativo Caixa Tem a opção Saque sem cartão. Então, siga o passo a passo:

  1. Clique nesta opção e uma nova tela será aberta. Aperte em Gerar código para saque.
  2. O aplicativo irá informar então que o beneficiário deve estar em frente a um caixa eletrônico, atendente lotérico ou correspondente Caixa Aqui antes de continuar. Isso porque o código que irá ser gerado tem validade de uma hora e caso não finalize o saque dentro desse tempo o processo terá que ser realizado novamente do início.
  3. Se você já está no local em que irá realizar o saque em dinheiro aperte na opção Gerar Código.
  4. Pronto! O código autorizador de saque será gerado e basta digitá-lo no caixa eletrônico ao fazer a operação.
  5. No visor do caixa eletrônico terá a opção Saque FGTS Emergencial. Em seguida, deverá ser preenchido o número do CPF do beneficiário. Digite e tecle na opção Continuar.
  6. O caixa eletrônico irá então solicitar o código de seis números gerado no aplicativo. Digite e tecle Continuar.
  7. Na tela irá surgir diversas opções de valores para saque. O beneficiário poderá sacar o valor inteiro, os valores sugeridos em tela ou então digitar manualmente o crédito desejado e o saque será realizado.

Como consultar o saldo do FGTS?

A Caixa disponibilizou o site oficial - www.fgts.caixa.gov.br para consulta do saldo das contas, atualizado. Ali, o cidadão poderá ver o valor disponível e também ver a data em que terá o valor creditado na sua conta. Há ainda os canais de atendimento pelo Disque 111, opção 2, que informará pelo telefone as mesmas informações de valor na conta e data de liberação dos R$ 1.045.

Outro meio de consulta é pelo aplicativo Caixa App FGTS (disponível para Android e iOS).

Outra informação importante repassada pela Caixa é que o cidadão que não queira receber os valores, poderá optar por manter o saldo da sua conta inalterada por meio do App FGTS da Caixa solicitando o DESFAZIMENTO da transferência dos recursos pelo menos 10 dias antes da data estipulada para crédito dos valores.

A CAIXA disponibiliza ainda os seguintes serviços para ajudar quem ainda tem dúvidas sobre o Saque Emergencial FGTS:

  • Site - fgts.caixa.gov.br
    - Consultar o valor do saque;
    - Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
    - Informar que não deseja receber o valor do saque;
    - Solicitar o desfazimento do crédito feito na poupança social digital.
  • Central de Atendimento CAIXA 111, opção 2:
    - Consultar o valor do saque;
    - Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário.
    Internet Banking CAIXA:
    - Consultar o valor do saque;
    - Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
    - Informar que não deseja receber o valor do saque;
    - Solicitar o desfazimento do crédito feito na poupança social digital.
  • App FGTS
    - Consultar o valor do saque;
    - Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
    - Informar que não deseja receber o valor do saque;
    - Solicitar o desfazimento do crédito efetuado na poupança social digital;