24/11/2020
25/11/2020
R$ 1.482,95
25

Anexos

No estado da Paraíba, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) lançou edital de nº 29/2020 com abertura de um novo processo seletivo simplificado que servirá para preencher 25 vagas, além de formar um cadastro de reserva no cargo de Agente Socioeducativo para lotação na Unidade do Lar do Garoto, na cidade de Lagoa Seca.

A função exige ensino médio completo, ter experiência profissional em instituições que desenvolvem ações ou programas de atendimento socioeducativo e residir ou comprometer-se a residir na região administrativa onde atuará. O salário será de R$ 1.482,95 por regime de plantão de 12h.

O contrato de trabalho terá validade de dois meses, podendo ser prorrogado por igual período a contar da data da assinatura do contrato individual, a critério da necessidade da Administração Pública.

Inscrições para Agente já abertas

Os candidatos devem se inscrever das 0h do dia 24 de novembro até as 23h59min do dia 25 de novembro de 2020, via internet por meio do portal da Cidadania, no endereço eletrônico https://portaldacidadania.pb.gov.br/ConcursoSelecao/Governo/Concurso/ListaConcurso. No momento da inscrição o candidato deve anexar toda a documentação comprobatória exigida em edital, no formato PDF:

Documentos Pessoais

  • Documento de identificação (RG/CNH/Identidade Profissional) frente e verso;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Carteira de Reservista (Candidatos do sexo masculino), frente e verso;
  • Título de Eleitor com os comprovantes do último Processo Eleitoral ou Certidão de quitação eleitoral;

Documentos e Títulos

  • Certificado de conclusão do Ensino Médio ou Curso Profissionalizante de Ensino Médio, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Diploma de Graduação, frente e verso, reconhecido pelo MEC ou Certidão de Conclusão do Curso (até 180 dias da conclusão);
  • Diploma ou Certidão de Conclusão do curso: Doutorado, Mestrado; Especialização ou Residência nas áreas de conhecimento necessária para a atuação na função para efeitos de pontuação (com reconhecimento do Mec);
  • Cursos específicos na área - inserir apenas certificados que possam pontuar nesta seleção de acordo com o anexo I;
  • Comprovação de Experiência Profissional.

Provas

A seleção será feita por meio de avaliação de títulos (doutorado na área, mestrado na área, especialização lato sensu na área, com duração mínima de 360 horas, participação em projeto de extensão na área, experiência profissional na área, participação em organizações não governamentais sem vínculo empregatício na área socioeducativa e cursos com carga horária mínima de 40 horas na área socioeducativa).

Atribuições do cargo

  1. Intervir pedagogicamente, de forma direta ou indireta, nos processos socioeducativos dos adolescentes, por meio do diálogo, orientações técnicas e administrativas;
  2. Executar atividades relacionadas à guarda, vigilância, acompanhamento, escolta e segurança dos jovens e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas;
  3. Auxiliar no desenvolvimento de atividades pedagógicas direcionadas aos jovens e adolescentes internos;
  4. Participar de comissões e reuniões técnicas, administrativas e interdisciplinares, quando chamado, e participar da elaboração, execução e avaliação do Plano Individual de Atendimento (PIA);
  5. Registrar as irregularidades e fatos importantes para o atendimento técnico, ocorridos na admissão e desligamento dos adolescentes, além das movimentações internas e externas, durante o cumprimento da medida socioeducativa;
  6. Realizar e controlar a movimentação interna de adolescentes, acompanhando os atendimentos técnicos, os horários de lazer, cultura, esporte, as atividades escolares e cursos profissionalizantes;
  7. Atuar como um canal de comunicação entre os adolescentes e os diversos setores de atendimento e vistoria nos seus pertences durante a técnico da unidade;
  8. Realizar a identificação e revista no adolescente admissão e desligamento da unidade de internação e nas movimentações internas e externas;
  9. Vistoriar periodicamente os alojamentos, realizar a identificação e revista de visitantes, bem como a vistoria em seus pertences;
  10. Registrar e acompanhar a entrada e saída de visitantes, bem como as ocorrências de irregularidades durante a visitação, entre outras.

Anexos