19/05/2020
29/05/2020
R$ 3.055,69
1.394

Anexos

O Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgou o resultado da etapa de prova de títulos da seleção aberta pelo Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN-PR). A relação dos candidatos aprovados nesta primeira fase foi dividida por cada região administrativa. O prazo de inscrição e submissão dos títulos foi de 19 a 29 de maio. Confira os resultados:

Guarda Temporário Prisional - Cascavel
Guarda Temporário Prisional - Cruzeiro do Oeste
Guarda Temporário Prisional - Curitiba
Guarda Temporário Prisional - Foz do Iguaçu
Guarda Temporário Prisional - Francisco Beltrão
Guarda Temporário Prisional - Guarapuava
Guarda Temporário Prisional - Londrina
Guarda Temporário Prisional - Maringá
Guarda Temporário Prisional - Ponta Grossa

São 227 vagas para mulheres e 1.167 para homens no cargo de Guarda Temporário Prisional para atuação em uma das nove regionais localizadas nos municípios de Cascavel, Cruzeiro do Oeste, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Ponta Grossa. Não haverá escolha de vagas por parte do candidato, ficando a critério da conveniência e interesse da Administração a lotação nas unidades regionais.

O cargo exige apenas ensino médio completo e idade de 18 a 59 anos. O salário inicial do cargo é de R$ 3.055,69, composto de R$ 1.447,65 referente ao salário-base, e de R$ 1.608,04 referente à gratificação intramuros (GRAIM).

O contrato terá prazo de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, por necessidade da Administração Pública. Veja o edital no fim da matéria.

Como se Inscrever no concurso DEPEN-PR

Os candidatos puderam se inscrever a partir das 12h do dia 19 de maio até as 12h do dia 29 de maio de 2020, mediante o preenchimento do formulário de inscrição no endereço eletrônico do NC/UFPR - www.nc.ufpr.br. Houve cobrança de taxa de inscrição no valor de R$ 75,00.

A seleção será composta pelas seguintes etapas de avaliação:

  • Prova de títulos, de caráter classificatório.
  • Exame de investigação de conduta, de caráter eliminatório.

Os títulos deverão ser inseridos corretamente, correspondendo à formação ou experiência profissional. Para fins de experiência profissional, será aceita apenas a atuação na qual a função exercida, em área de segurança, conste com uma das seguintes expressões:

  • Agente de Cadeia Pública;
  • Agente de Controle;
  • Agente de Disciplina;
  • Agente de Monitoramento,
  • Agente de Segurança Penitenciária;
  • Agente de Segurança;
  • Agente Penitenciário;
  • Agente Prisional;
  • Assistente de Segurança;
  • Auxiliar de Segurança;
  • Auxiliar de Serviço de Segurança;
  • Carcereiro;
  • Chaveiro-Carcereiro;
  • Educador Social;
  • Encarregado de Portaria e Segurança;
  • Encarregado de Segurança;
  • Encarregado de Vigilância;
  • Fiscal de Segurança;
  • Fiscal de Vigilância Bancária;
  • Fiscal de Vigilância;
  • Guarda de Banco (organizações particulares de segurança),
  • Guarda de Presídio;
  • Guarda de Segurança;
  • Guarda de Vigilância;
  • Guarda Municipal;
  • Guarda Penitenciário;
  • Guarda Valores;
  • Guarda Vigia;
  • Guarda-Civil;
  • Inspetor de Presídio;
  • Inspetor de Vigilância;
  • Inspetor Penitenciário;
  • Soldado (Carreira Militar das Forças Armadas da União);
  • Vigia;
  • Vigilante Bancário;
  • Vigilante

Só serão aceitas as certidões originais de tempo de serviço prestado à administração Direta, Autarquia e Fundações Públicas emitidas por órgãos oficiais de Gerência de Gestão de Pessoas ou Gerência de Recursos Humanos ou órgão equivalente.

O resultado final do certame será divulgado por meio de edital específico, publicado no endereço eletrônico www.nc.ufpr.br e do Diário Oficial do Estado do Paraná no dia 10 julho de 2020.

Das atribuições dos Guardas Temporários

  • Vigiar, revistar e controlar áreas internas, áreas intramuros, alambrados e portarias dos estabelecimentos penais e setores de carceragem temporária, apreendendo objetos suspeitos ou não permitidos;
  • Vigiar, fiscalizar, revistar, cadastrar e conduzir sujeito submetido à privação de liberdade, bem como desenvolver atividades relacionadas àqueles que se encontrem sob medida alternativa à prisão, como monitoração eletrônica;
  • Revistar, orientar e acompanhar visitantes em estabelecimentos penais e setores de carceragem temporária;
  • Desenvolver atividades relacionadas à custódia de presos condenados e provisórios, bem como submetidos a medidas de segurança, consistentes no atendimento das necessidades básicas, como entrega de alimentação, abertura e fechamento de portas, entre outros, a critério da unidade de Recursos Humanos;
  • Proceder a revistas e inspeções no interior de celas, estabelecimentos penais e setores de carceragem temporária;
  • Acompanhar os presos em deslocamento externo mediante atuação conjunta com servidor efetivo integrante das Forças de Segurança Pública;
  • Exercer as atribuições necessárias para o cumprimento do disposto na Lei de Execuções Penais, bem como aquelas atividades relacionadas à custódia de presos no sistema penitenciário e nos setores de carceragem temporária.

O prazo de validade do processo seletivo será de dois anos, contados da homologação do resultado final publicada no Diário Oficial do Estado do Paraná, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Anexos