UFAPE abre concurso para Professor Adjunto e Assistente

Universidade Federal do Agreste de Pernambuco divulga edital para quatro vagas em cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior. Os salários serão de até R$ 9.616,18, acrescido de auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

Por Clécio
Abertura inscrições 28/01/2020 Data da prova 08/06/2020 Total de vagas 4
Encerra inscrições 29/02/2020 Gabaritos em 09/06/2020 Salários até R$ 9.616,18

A UFAPE - Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, localizada na Avenida Bom Pastor, s/n, Boa Vista, em Garanhuns-PE, tem edital lançado (01/2020), para preencher quatro vagas em cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior nas classes Adjunto e Assistente.

As vagas são para as áreas de Projeto e Análise de Algoritmos; Métodos formais; Paradigmas de Linguagens de Programação; Algoritmos e Estrutura de Dados I e II; Introdução à Programação; e áreas afins (1), Letras/Libras Libras-Linguagem e Surdez; Língua Brasileira de Sinais (Libras L); Língua Brasileira de Sinais (Libras); Língua Brasileira de Sinais (Libras I) (1), Administração Rural; Introdução à Economia e Economia Agrícola (1) e Geografia/Fundamentos e Metodologia no Ensino de Geografia (1).

As funções exigem graduação, mais título de mestre para Professor Assistente e doutorado para Professor Adjunto. Os salários serão de R$ 6.708,96 e R$ 9.616,18, mais benefícios.

Inscrição concurso UFAPE

As inscrições estarão abertas entre os dias 28 de janeiro e 29 de fevereiro de 2020, pela internet, por meio do endereço eletrônico www.concurso.ufrpe.br. A taxa de inscrição custa R$ 130,00 para Professor Assistente e de R$ 190,00 para Professor Adjunto.

Provas

O concurso terá provas escrita, prova didática, defesa do plano e avaliação de títulos. As provas escritas serão realizadas no dia 08 de junho, nos locais e horários divulgados no dia 01 de junho. Já os gabaritos preliminares serão liberados a partir das 14h do dia 09 de junho pelo site www.concurso.ufrpe.br.

História da UFAPE

  • A Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE) tem sua origem no ano de 2018, a partir da Lei Nº 13.651, de 11 de abril de 2018, através do desmembramento da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)/Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG); Unidade esta que foi criada no ano de 2005, por meio de programa de expansão universitária.
  • Desta forma, a UFAPE vem a assumir toda a estrutura física, patrimonial e de pessoal da até então UAG/UFRPE.
  • Em 27 de dezembro de 2018, teve início a vigência do Termo de Colaboração Técnica, celebrado entre o Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Secretaria de Educação Superior, e a UFRPE, para a implantação da UFAPE, com vigência de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado, mediante celebração de Termo Aditivo, por acordo dos partícipes.
  • Em 1º de janeiro de 2019, por meio do Decreto Nº 9.660, o Poder Executivo vinculou a UFAPE como entidade da administração pública federal.
  • No dia 24 de janeiro de 2019, no auditório da Sala dos Conselhos Superiores da UFRPE, no Campus Recife/Dois Irmãos, foram iniciados os trabalhos das equipes técnicas envolvidas no processo de transição que deverá culminar com a completa autonomia desta nova Universidade Federal.
  • No dia 30 de janeiro de 2019, a Reitoria da UFRPE publicou a Portaria Nº 132/2019-GR, que instituiu a comissão de transição para a implantação da UFAPE; comissão que é composta tanto por servidores da Sede/UFRPE quanto por servidores da UAG/UFRPE (UFAPE).
  • Em solenidade realizada no MEC, em Brasília-DF, no dia 12 de dezembro de 2019, o prof. Dr. Airon Aparecido Silva de Melo, até então Diretor Geral e Acadêmico da UAG/UFRPE, toma posse como o primeiro Reitor da UFAPE.

Fonte UFAPE.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Concursos na sua cidade
Últimas notícias
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais