05/10/2020
07/10/2020
R$ 4.254,48
1

Anexos

No estado do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Crissiumal abriu processo seletivo simples que vai preencher uma vaga no cargo de Psicólogo para lotação na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social - SADS. A função exige nível superior e habilitação na área. O salário é de R$ 4.254,48, por carga horária semanal de 40 horas.

As inscrições devem ser realizadas de 05 a 07 de outubro de 2020, no horário das 7h às 13h no Departamento Pessoal da Prefeitura Municipal de Crissiumal, localizada na Avenida Presidente Castelo Branco n.º 424, Centro, Crissiumal-RS. A inscrição será gratuita.

No ato da inscrição o candidato obrigatoriamente deverá apresentar cumulativamente, os seguintes documentos:

  • Registro Geral - RG;
  • Cadastro de Pessoa Física - CPF;
  • Diploma de Graduação, Certificado e/ou Atestado de Conclusão do Curso Superior, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Títulos.

Provas

O processo seletivo terá avaliação de títulos e experiência profissional. Os títulos deverão ser entregues no ato da inscrição em cópias numeradas sequencialmente e colocados em um envelope aberto, para autenticação da comissão. O resultado final da seleção será divulgado na data provável de 15 de outubro e publicado nos murais da Prefeitura Municipal de Crissiumal, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e no site www.crissiumal-rs.com.br.

São atribuições do cargo

  1. Acolhida, oferta de informações e realização de encaminhamentos às famílias usuárias do CRAS;
  2. Planejamento e implementação do PAIF, de acordo com as características do território de abrangência do CRAS;
  3. Mediação de grupos de famílias dos PAIF;
  4. Realização de atendimento particularizados e visitas domiciliares às famílias referenciadas ao CRAS;
  5. Desenvolvimento de atividades coletivas e comunitárias no território;
  6. Acompanhamento de famílias encaminhadas pelos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos ofertados no território ou no CRAS;
  7. Realização da busca ativa no território de abrangência do CRAS e desenvolvimento de projetos que visam prevenir aumento de incidência de situações de risco;
  8. Acompanhamento das famílias em descumprimento de condicionalidades;
  9. Alimentação de sistema de informação, registro das ações desenvolvidas e planejamento do trabalho de forma coletiva;
  10. Articulação de ações que potencializem as boas experiências no território de abrangência;
  11. Realização de encaminhamento, com acompanhamento, para a rede socioassistencial;
  12. Realização de encaminhamentos para serviços setoriais;
  13. Participação das reuniões preparatórias ao planejamento municipal ou do DF;
  14. Participação de reuniões sistemáticas no CRAS, para planejamento das ações semanais a serem desenvolvidas, definição de fluxos, instituição de rotina de atendimento e acolhimento dos usuários;
  15. Organização dos encaminhamentos, fluxos de informações com outros setores, procedimentos, estratégias de resposta às demandas e de fortalecimento das potencialidades do território.

A contratação será por prazo de até seis meses, podendo ser prorrogada a critério da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Anexos