23/03/2021
22/04/2021
23/05/2021
R$ 1.450,72
A divulgar

Anexos

A Prefeitura de Doutor Maurício Cardoso, no estado do Rio Grande do Sul, informa que realizará processo seletivo simplificado para formar um cadastro de reserva no cargo de Agente Comunitário de Saúde para atuação na Unidade de Saúde da Família na área 01 - ESF 01, Microáreas 03, 12 e 10, área 02 - ESF 02, Microáreas 07, 14, 05, 08 e 13 e na área 03 - ESF 03, Microáreas 04, 09, 11 e 02.

A função de Agente de Saúde exige escolaridade de ensino médio completo, concluir, com aproveitamento, curso de formação inicial de Agentes Comunitários de Saúde a ser ministrado pela Prefeitura aos candidatos convocados. O candidato deve ainda residir na área da comunidade em que for atuar. O salário do cargo e de R$ 1.450,72, por carga horária de 40 horas semanais de trabalho.

Inscrições processo seletivo Doutor Maurício Cardoso-RS

As inscrições podem ser feitas até as 12h do dia 22 de abril de 2021, pela internet, por meio do endereço eletrônico www.objetivas.com.br. O valor da taxa de inscrição será de R$ 90,00.

O processo seletivo constará de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório com 40 questões sobre língua portuguesa, matemática, legislação, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. A prova objetiva será realizada no dia 23 de maio.

A confirmação da data e outras informações, como local, horário e as regras específicas em relação à apresentação dos candidatos serão divulgadas no dia 12 de maio, através do edital de convocação, restando os candidatos, desde logo, cientes quanto à obrigatoriedade de cumprirem com tais regras, sob pena de eliminação sumária do certame.

Atribuições do Agente Comunitário de Saúde

  • Realização de cadastramento das famílias;
  • Participação na realização do diagnóstico demográfico e do perfil econômico da comunidade, na descrição do perfil do meio ambiente da área de abrangência, na realização do levantamento das condições de saneamento básico e realização do mapeamento de sua área de abrangência;
  • Realização do acompanhamento das microáreas de risco;
  • Realização da programação de visitas domiciliares, elevando a sua frequência nos domicílios que apresentam situação que requeiram atenção especial;
  • Atualização de fichas de cadastramento dos componentes das famílias;
  • Execução da vigilância de crianças menores de 1 ano consideradas em situação de risco;
  • Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças de 0 a 5 anos;
  • Promoção da imunização de rotina às crianças e gestantes, encaminhando-as ao serviço de referência ou criando alternativas de facilitação de acesso, entre outras.

O processo seletivo público terá validade por dois anos a partir da data de homologação final, prorrogáveis por mais dois anos, a critério do ente público.

Anexos